domingo, 7 de novembro de 2010

Capitulo 50

Finalmente o 50..... :) Espero comentarios muito fixes, como sempre! :)
Beijos Love U All!

**********************************************************
-Haaaaaaaa – Gritou Sónia ao acordar sobresaltada.
-Hey que se passa… Tá tudo bem! – Disse Daniela ao correr para o quarto da amiga, ao acender a luz, e ao sentar-se ao seu lado na cama.
-Fogo nem sabes o que estava a sonhar! – Dizia Sónia abraçada a Dani.
-Então? Era alguma coisa relacionada com a familia, ou com os amigos ou isso?
-Mais ou menos… - Sónia fechou os olhos e relembrou o sonho, abri-os logo - … Não pode ser… Que pesadelo! – Disse colocando as mãos na cabeça.
-Calma… Era só um sonho!
-Fogo… Sabes a Ash? Uma das minhas grandes amigas?
-Sim, a miúda que anda sempre a pintar o cabelo?
-Ya, essa mesma! Estava a sonhar com ela…
-Que eu saiba ela é gira, não um pesadelo! – Disse Daniela rir.
-Pois… Mas estava a sonhar que um dos nossos a tentava atacar!
-Fogo, e quem era ele?
-Não sei… Posso jurar que era o Damon… Mas isso é impossivel!
-Não é não… Sabes como ele é…
-Não é isso. Tipo o Emmett deve-lhe ter dado uma granda sova!
-Então, porque?
-Porque ele “raptou” a Inês enquanto ela estava a caçar…
-Raptou?
-Sim, ela foi sozinha feita parva para o meio do bosque e pronto… Depois “ligou-me” toda estranha a dizer para chamar o Emmett…
-Mas já te disse, ele é capaz de tudo! A esta hora livrou-se do Emmett e já está a tentar dar a Ash como doida!
*************************************
-Ai que susto… Seu estúpido! – Disse Ash dando um leve soco no rapaz que estava á sua frente.
-Pensei que poderia fazer uma entrada em grande estilo para este novo ano! – Disse ele a rir.
-Fogo, mas para a proxima não te contracto menino Robert! – Robert Pattinson, sim o “namorado” de Ashley e de Inês estava de volta. – Tive tantas saudades tuas durante as férias!
-Eu também! – Ash não resistiu e deu-lhe um grande beijo ao que Rob respondeu apenas com um abraço. – Só quero que não tenhas muitas esperanças em nós este ano!
-Então porque? Que se passa?
-Eu vou para Londres!
-Londres? Quando?
-Daqui a uma semana…
-Mas porque? Passa-se alguma coisa de grave com a tua familia? – Robert assim que ouviu a palavra familia congelou completamente.
-Não é nada disso… Apenas tenho saudades daquilo de lá! Por isso decidi voltar este ano! – Será que é mesmo só por isso?
***********************************
-Inês estás doida? – “Gritou” Alice assim que viu a rapariga entrar na mansão – Porque foste sozinha? Se querias ir caçar tinhas ido connosco!
-Calma Alice, estou bem ok?
-Não, nada ok… Ele poderia ter-te feito mal!
-Não, não podia! Eu sei proteger-me! Vou mas é para o colegio!
-Os teus pais não se podem despedir porque receberam um telefonema de trabalho e tiveram de ir!
-Sim, eu sei… Eles ligaram-me antes de sair de casa! Agora adeus! – Inês subiu as escadas a correr e foi para o quarto onde tirou as malas e desceu de novo, pronta para ir finalmente para o colegio. – Até ao proximo fim-de-semana! – Disse ao bater com a porta.
-Espera… Eu levo-te! – Insistiu Alice ao ir buscar o carro e ao estacionar ao lado dela abrindo a porta. Inês entrou mas não disse nada…
***********************************
O dia passou rápido, e em Londres era agora hora de acordar. Sónia acordou com Daniela a destapá-la.
-Temos de ir acabar a tua matricula lá no colegio! – Dizia Daniela, quase mais feliz do que Sónia.
-Sim, já vou! – E voltou-se a tapar.
-Não é “já vou”, é agora! – Disse saindo.
-Hummm… Bom dia! – Disse Silvia ao sair do seu quarto já com um fato de treino vestido.
-Bom dia alegria! Já vais correr?
-Tem de ser… Se quero continuar a ser a lider de claque! – Desceram as escadas sempre a falar e foram para a cozinha onde Silvia apenas pegou numa maçã e começou a encaminhar-se para sair.
-Desculpa meter-me na tua vida mas… Só vais comer isso? – Perguntou Daniela completamente surpresa.
-Sim, para mim chega! E tenho de manter este lindo corpinho! – Respondeu Sílvia a rir e depois ao sair e começar a correr.
-É mesmo estranha! – Disse Daniela enquanto olhava para o rélogio de novo – E TU DESPACHA-TE! OU NÃO QUERES CONCLUIR AQUILO HOJE? – Gritou a pensar que Sónia ainda dormia.
-ESTOU A descer as escadas! – Disse enquanto chegava perto dela. – Tenho aqui tudo! Podemos ir?
-Não… - Daniela foi á dispenssa e tirou uma garrafa vermelha de dentro de uma caixa que passava perfeitamente despercebida por o meio de tantas outras coisas que haviam por lá. – E isto? Não te faz falta?
Os olhos de Sónia assim que viram a garrafa ficaram um pouco vermelhos:
-Nem me lembrava! – Disse ao agarrar e destapar rápidamente a garrafa e ao cheirar o “sumo” maravilhoso que lá estava.
-Bem vi que estavas com fome! Nem te iria deixar sair daqui assim, não pareces ser obsecada pelo teu peso e pelo teu corpo assim como a Sílvia.
-Então? Porque dizes isso? – Perguntou Sónia no intrevalo da sua bebida.
-Tipo, saiu daqui apenas com uma maçã nem comeu nada na mesa, e foi feita maluca correr.
-Mas ela não tem aulas?
-Não sei… Acho que só começam amanhã!
-Hummm, é como as minhas! Mas então vamos lá ou não?
-Claro que sim… - Daniela e Sónia lá foram então para o colégio.
**********************************
-Já dizias obrigado, não? – Disse Alice assim que Inês tirou as malas e começou a caminhar para a entrada.
-Obrigado! – Respondeu Inês sem se quer virar para trás para olhar para Alice.
-Estas miúdas… Se não fossem irmãs diria que eram as almas gémeas uma da outra, mas na versão da amizade. – Dizia Alice enquanto arrancava e ia para casa.
Inês passou pelos tipicos sitios para ir para o seu quarto e da irmã. Assim que lá entrou:
-Boa… - Disse ela ao rever uns peluches e umas coisas que a irmã lá tinha deixado a pensar que não iria mudar de escola. - …Tenho tantas saudades tuas… Nem sabes! – Agarrou-se a um peluche que estava na cama que era de Sónia e deitou-se lá. Por momentos começou a reviver tudo e todas as memórias começaram a passar pela sua mente.
-Eu também tenho saudades tuas miúda! – Ouviu ela na sua mente. Era Sónia que se tinha apercebido que a irmã precisava de ouvir algo assim.
*********************************
-Bem então amanhã já vou puder vir ás aulas?
-Sim… As apresentações serão amanhã de tarde… Por volta das 3!
-Hum… ok, obrigado!
-De nada… Espero que goste de andar aqui!
-Claro que sim… - Sónia e Daniela sairam e decidiram ir ao shopping mais proxima que havia por ali.
-Ai ai como amo Londres! – Dizia Sónia enquanto olhava para as montras gigantes só com Ténis á sua frente. – Não achas?
Quando olhou para trás apercebeu-se que Dani estava com um monte de pessoas á sua volta, provavelmente seriam mais uns quantos fãs com outros quantos fotografos e jornalistas!
-Dani vou aquela loja…
-Sónia… Sónia… Espera por mim! – Ouviu ela.
-Não, fica com os fãs! É a tua vida… E volto já!
-Daniela, Daniela… Está em Londres por causa de um namorado?
-Não, nada disso… Apenas vim para cá com uma prima! Que por acaso estava aqui, mas se assustou convosco! – Respondeu Dani a um fotógrafo.
**************************************
Silvia andava a correr, até que:
-Olha olha… Se não é a minha querida maninha! – Ouviu ela. A voz fê-la parar e virou-se para trás a sorrir.
-Que fazes por estes lados Natalia? – Perguntou – Não deverias de estar em Paris com um dos teus namorados? Ou então a fazer a vida negra a uma das tuas muitas “inimigas-amigas”?
-Ahahaha deixa-ma lá rir… Estou a ver que a minha querida mana está com mais piadas! – Natalia agarrou nos braços de Sílvia forçando a dor – Vê lá se não queres que te faça a vida negra a ti!
-Larga-me estás a magoar-me! – Pediu Sílvia, e assim Natalia o fez – Sempre que decides voltar fazes-me a vida o triplo de negra, já estou habituada!
-Ahahaha… E se começar por uma das coisas que mais amas?
-O Paulo?! Deixa-o estar longe das nossas brigas!
-Não quero esse parvo para nada… Fica com o estúpido maluquinho da guitarra, já que parecem perfeitos um para o outro!
-Então que vais querer desta vez?
-Amanhã irás perceber… Adeuzinho! – Natalia entrou no seu carro, era novo de certeza! Um alta carro, cor metalizada, brilhava mais do que um diamante assim como ela gostava. E saiu dali a alta velocidade. Sílvia abanou a cabeça e continou a corrida, mas desta vez para casa.
******************************************
Zac estava a ver um filme, algo muito habitual nele, mas só quando está com a Sónia… E querem saber qual é o nome do filme? “Como despachar um Encalhado!”
-Fogo… Por momentos consigo colocar-me a mim e á Sónia no lugar dos protagonistas… - Dizia Zac enquanto mandava uma pipoca ao ar e a apanhava com a boca.
-E deixa-me adivinhar… A Vanessa é o “encalhado”? – Zac assim que ouviu isto deixou cair as pipocas todas no chão, e deu um granda salto.
-Fogo miúda… Para a proxima avisa quando entrares! – Disse Zac ao sentar-se de novo. Demi riu-se e sentou-se a seu lado.
-Desculpa lá! Disto e daquilo de há pouco!
-É na boa… Já nem me lembrava! – Tentou Zac mentir.
-Ainda bem… - Ficaram em silencio até que – E então, posso assistir a um dos filmes mais “antigos” que conheço?
-Olha não digas mal dos meus filmes favoritos…vê lá se não queres o…
-Não Zac, não… Deixa lá estar este que está muito bem!
Ficaram a ver o filme e na brincadeira durante mais uns longos tempos, Demi e Zac até se davam bem!
****************************************
Abriu a porta de casa e quando a fechou encostou-se a ela e douxou-se cair a sonhar enquanto estava encostada a ela.
-Porque voltas sempre quando estou feliz?

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Capitulo 49

-Sim, nós os dois dormimos juntos! – Disse ela finalmente.
Zac levantou-se rapidamente:
-Porque me obrigaste a fazer isto contigo? Eu não queria!
– Disse ele irritado.
-Isso é totalmente mentira… Nós fomos sair, e bebemos uns copos a mais… Depois tu começaste a beijar-me e deixei-me levar, acabando por acordar num quarto de hotel! – Vanessa num resumo tinha relembrado a noite que tinha passado com o se ex, ou será o seu novo namorado?
-Mas… Nós namoramos?
-Sim Zac! Tu pediste-me em namoro ontem á noite!
– Disse ela totalmente feliz.
-Mas eu não quero… Eu namoro com a miúda dos meus sonhos, e tu não tens nada a ver comigo!
-Não foi isso que disseste ontem á noite, e durante aqueles anos todos que nós namorámos!
-Dizes bem… Namorámos! Passado… Então se começámos a namorar ontem, quero acabar tudo!


-Ok… Eu também não te queria se não gostas de mim!
-Então fixe… Adeus!
– Zac saiu e Vanessa ficou a olhá-lo.
-Ainda vais voltar a ser meu, podes ter a certeza disso!
– Disse ela com um olhar muito malefego.



*****************************************
-Deixa-a ir Damon! – Ouviu-se vindo de dentro da floresta.
-Ora ora se não é o meu velho conhecido Emmett! Então tudo bem?
– Disse Damon ao levantar-se e ir estender a mão para Emmett ao tentar cumprimentá-lo.
-Sai daqui… Desaparece… E cheiras a alcool!
-Fogo meu, tu também! Primeiro foi ela a dizer-me isso, agora tu! Sim, bebi e depois? Meu diverte-te, é disso que precisas!
– Damon colocou um braço sobre os ombros de Emmett ao que ele o tirou logo – Então e ainda andas com a gaja loira?
-Não tens nada a ver com isso… Vá Inês anda daí!
– Disse Emmett e foi até á árvore onde Inês estava. Ela desceu num salto, não como os de Sónia e de Alice aqueles que elas dão tipo fada, mas sim num salto muito mais atletico. E Emmett ajudou-a a ficar em pé.
-Adeus Damon!
– Disseram em coro.
-Hey, não vão já! Agora que isto ia começar a ser divertido!
– Damon correu até eles, metendo-se em frente á passagem deles, e não os deixando passar.
-Damon chega… Vai-te embora! Desaparece daqui…
- Disse Emmett ao meter-se em frente a Inês num gesto de a tentar proteger.
-E se não o fizer?
-Sou obrigado a usar a força…
- Virou-se de novo para Inês -
… Vai já para o colegio, depois levarte-ei as tuas malas!
-Claro… E obrigado!
– Inês começou a correr, na velocidade maxima dos vampiros. E rapidamente se deixou de ver, deixando apenas um vento gelado nas folhas e em tudo á sua volta.
-Agora nós!
– Emmett “arregassou” as mangas da camisa e esfregou as mãos – Vais finalmente perceber que não és bem-vindo aqui! – Disse a sorrir, o que fez Damon rir!
************************************
Zac On
Não, não, isto não pode estar a acontecer! Isto é impossivel… Não posso ter traido a Sónia, a miúda que amo, logo á primeira oportunidade, assim que ela me virou costas! Isto não pode ter acontecido! É um sonho e vou acordar dentro de poucos segundos…
“When I see your face
There's not a thing that I would change
Cause you're amazing
Just the way you are
And when you smile,
The whole world stops and stares for awhile
Cause girl you're amazing
Just the way you are”
Ok, se isto é o toque do meu despertador, alguém o deve ter mudado! Hey, esperei lá… É o meu telemovel! Onde anda ele? Ok, aqui não… Sim, aqui! Olhei para o visor e “Princess” era o que estava lá escrito e uma foto da miúda mais LINDA E TUDO do MUNDO! Esqueçi-me de atender não é verdade?
-Olá minha miúda!
– Disse eu ao finalmente atender e sorrir só de a ouvir a respirar.
-Olá Prince dos meus sonhos!
– Ouvi do outro lado a voz mais doce do mundo. – Tudo bem?
-Sim, mas… Espera lá! – Olhei para um dos relogios que tinha nos pulsos enquanto me sentava num banco do jardim, normalmente era aquele onde nós estávamos sempre a namorar – Não era suposto estares a dormir?
Perguntei eu.
-Sim, mas… Como é que sabes?
-Desde que foste para aí que tenho um relogio especialmente para o teu horario!
-Oh não tens nada!
-Tenho pois… Não acreditas?
-Não…
- Parecia que ela estava a rir.
-Então vou-te mandar uma foto minha neste momento com o meu relogio com o horario de Londres!
-Ok, manda lá!
– Fiz o que ela disse, e pousei para a foto. Depois carreguei em enviar. E parece que foi rápido pois ouvia logo passados apenas uns segundos a rir mais alto – És tonto!
-Eu sei, sou tonto por ti!
– Deveria de estar com cara de parvo, mas o que a paixão não faz a um rapaz, não é?!
-Passa-se alguma coisa?
-Não, só estava aqui a pensar em como é dificil não te poder ver e abraçar quando quero!
– Disse a sorrir.
-Se me pudesses ver, irias perceber como estou feliz só de te ouvir!
-Lol… Mas não tens sono?
-Algum, mas quando falo contigo o tempo passa rapido, e por isso não me importo de estar sempre a falar contigo!
-Ok, e olha… Conta-me como correu o teu “dia” em Londres!
-Nada de especial… Apenas me instalei e nada mais… Amanhã vai ser mais complicado!
-Então?
-Eu e a Dani vamos ao colegio para concluir a matricula e depois vamos ás compras, talvez!
-Ainda dizes que vai ser complicado? Quem dera a muitos terem essa vida!
– Ambos rimos em sintonia – Bem, vou ter de ir!
-Oh, já?
– Perguntou ela um pouco triste.
-Sim… Tenho de ir á secretaria mostrar uns papeis, o habitual para um inicio de ano!
-Hummm, ok! Então beijos!
-Nós vamos falando depois… Sim?
-Claro…
-Beijos… Amo-te!
-Eu amo-te mais… Pela…
- Ela iria dizer alguma coisa, mas não disse. Ao que eu insisti:
-“Pela…”?
-Nada, nada…
-Sónia sinto que me escondes algo desde ás uns tempos para cá!
-Não é nada disso! Não inventes!
-Ok, se o dizes! Bem, amo-te muito muito muito! Beijos
– E desliguei ficando a pensar na sua voz.
Zac Off
Sónia On
-E eu amo-te pela eternidade! – Disse já depois de ele desligar, pois sabia que já não me iria ouvir. Pela eternidade, aquela cena a que eu fui condenada sem nada fazer e sem crer! Aquela cena que é o meu destino desde que vim ao mundo! Aquela cena de que eu não me orgulho de ter… Aquela cena a que os meus pais me conderam e me deram sem eu pedir!
Sónia Off
Sónia desligou o telemovel, e deitou-se de novo de baixo dos lençóis, mas quando estava quase a dormir ouviu um barulho vindo de baixo. Num acto de se proteger ou num acto já normal e instintivo levantou-se e “voo” até ao corredor que havia na parte de cima da casa. Conseguia ouvir pequenos barulhos, mas não se tinha apercebido ainda bem do que eram. Continuou a andar rente á parede e sempre a olhar para trás e para a frente para ter a certeza que continuava em segurança. Passou pelo quarto da Danni e viu-a a dormir, sabia que não era ela e que estava bem! Voltou á sua “caçada” da noite. Quando chegou ás escadas, tentou meter-se á altura do corrimão, o que era bastante facil para ela.
-Bem… Gostei muito do nosso encontro!
– Ouviu ela ao pararem aqueles barulhos. Rapidamente percebeu que tinha sido Sílvia que acabara de chegar, e que se estava a despedir do namorado, o tal “Paulo”!
-Temos de repetir mais vezes… Já há muito que não o faziamos!
– Ouviu ele dizer.
-É normal… Não tenho tempo nem posso sair muito, ou nada, em tempo de aulas.
-Oh, fogo é sempre a mesma coisa! O teu pai não está aqui para saber o que andas a fazer…
-Mas o problema não é ele!
-Pois, lá vais tu começar com a cena da claque… Tens de te despr…
- Sílvia não o deixou acabar pois deu-lhe um beijo de cortar a respiração.
-Assim já não ficas chetado comigo?
– Perguntou ela no final de se separar do beijo.
-Assim vou ficar ainda com mais apetite de mais beijos e noites destas!
– Respondeu ele a rir ao abraçá-la.
-Oh por favor…
- Pensou Sónia enquanto subia de novo sem deixar rasto. – Tanta coisa e eram só aqueles dois! – Voltou para a cama e deixou-se dormir rapidamente.
***********************************
-Pela milésia primeira vez… Ou lá como isso se diz, deveria ter vindo pelo caminho de sempre! – Dizia Ashley ao motorista, novo, que os pais lhe tinham contratado na última semana de férias.
-Desculpe menina Ashley, mas pensava que este seria o caminho mais facil!
-Pelos visto não…
- Ash ficou sentada no banco de trás assim como estava - … Então, não me vai abrir a porta nem tirar as minhas malas!?
-Há, pois… Desculpe lá menina!
– O motorista saiu do carro e quando saiu os olhos dele brilharam ao sol. Assim que isso aconteceu ele colocou logo os osculos de sol, e foi então abrir a porta á Ashley.
-Há obrigado hãn… Vou pedir ao meu pai para te dar um aumento!
– Disse ela.
-A serio menina? Muito obrigado…
-Por favor… Se soubesse que era tão enconpetente não tinha deixado o meu pai contratar-te!
– Ashley ia para a parte de trás do carro enquanto abanava a cabeça e tentava compreender aquele rapaz. Passados uns minutos:
-Finalmente… Obrigado!
– Disse ela já com as malas no quarto e ao madar-se para a cama. – Bem… Já pode ir!
-Há, sim claro…
- Ele virou-se de novo para ela e - … A Inês não está por aqui?
-A minha Inês? Mas o que quer dela? Nem a conheçe…
-Isso pensas tu!
– Disse ele ao olhá-la nos olhos.
****************************************************
Olá Malta fixe.... E mais fixe, e mais fixe.... E tudo do mundo! :P Tudo bem?!!!!! Comigo optimo, mudei agora para ciencias, tou na turma da minha BFF! :D Perdi alguma materia, por isso tenho de estudar a dobrar! Por isso é que nao posto muito.... Bem, Silvia tenho saudades tuas!!!! :(
Lol
Meninas adoro-vos muito! Desculpem nao falar muito hoje, olhem tem perguntas? Façam, terei todo o gosto em responder! Só peço comentarios enormes! Lol
Olhem fica aqui um pouco do proximo capitulo:
-Então porque? Que se passa?
-Eu vou para Londres!
-Londres? Quando?
-Daqui a uma semana…
Que acham???
Bem, Beijos.... Tenho de ir!!
Quero mega comentarios!
Beijos With Love
Peace!