sexta-feira, 23 de abril de 2010

Capitulo 10

Zac on
A miúda é bem gira! Até apetece morder…
-Então que idade tens?
-Eu?! 18… E tu?
-26… Bem mas para 18 até és bem bom! – Ela aproximou-se de mim, e fez-me lembrar de uma cena que aconteceu hoje! Ai ai, os seus lábios! Bem, mas isso não interessa, agora estou com esta! Sei o que estão a pensar, e não, não vou trair a V! Pelo menos não vou fazer a miúda sofrer!
-Vamos dar uma volta, loirinho?
-Sim, claro! – Fomos até ao bosque que havia ali perto. – Então que fazemos aqui? – Ora, que deveríamos fazer? É claro que ela está apanhadinha por mim.
-Bem… Pensavas que só te queria beijar? – Hãn? – Pois, bem… Quero mais que isso… - Há, mas eu não vou trair a Van! Nem por sombras – Miúdo começa por tirar o teu relógio, depois o telemóvel, depois a carteira… E o ténis, sim, os ténis tambem podem vir!
-Como assim? – Não percebi, é o que faz beber muito para esquecer, ficamos sempre assim…
-Vá despacha-te que não tenho o teu tempo!
-Mas para que queres as minhas coisas?
-Miúda isto é… Um assalto!
-Como assim um assalto?
Agora é que me meti numa boa situação!
Zac off
Sónia on
-HAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!
-Mana que se passa?
Tinha acabado de acordar de um pesadelo.
-Nada… Era só um pesadelo! Nada de mais!
-Então vamos voltar a dormir?
-Volta tu, eu estou com um mau pressentimento!
-O que estavas a sonhar?
-Estava a sonhar que o Zac estava a ser assaltado!
-O Zac? Isso parece-me mesmo que anda aí uma paixão!
-Não vais começar pois não? Já disse que ele é o meu inimigo! Se calhar eu é que o estava a assaltar, e depois… Matava-o com uma mordidela!
-Isso quer dizer que o queres como tu? Ou seja um imortal?
-Não, claro que não… Ainda não tinha esse veneno nos meus dentes!
-Ok ok… Agora vou voltar a dormir! E tu, faz o mesmo! – A minha mana voltou para debaixo dos lençóis.
-Eu vou lá fora apanhar ar! – Sai como estava, só com uns mini-shorts, e com um top mini! A noite estava quente, apesar de ainda nem ser Primavera. Fui até ao refeitório e peguei numa garrafa de água. Segui caminho de novo até aos quartos, fui ao da Ash. E ela estava lá:
-Ash, já estás a dormir?
-Que queres pequena?
-Só saber como foi?
-Foi o máximo… O Zac é que foi sair com umas miúdas muito mais velhas que nós… Mas agora vou voltar a dormir! Boa noite!
-Espera… Ele já voltou? – Não tive resposta – Ash? Ashley? – Ó boa, já adormeceu de novo. Não sei se devo ou não ir ao quarto dele. E se está com a Vanessa? Bem, é quase de madrugada, não deve lá estar. Por isso é melhor ir ver se lá está, se não, não vou conseguir dormir! Abri a porta lentamente, raramente cá venho, “inimigos até morrer”! Entrei e o quarto estava mais arrumado do que os das raparigas! Ele é uma grande “fada do lar”! É tão bom estar aqui, sentir o seu cheiro… Não consigo estar aqui sem me deitar na sua cama! É tão macia… Mas esquece lá isso, e vamos ao que interessa. Ele não está aqui! Definitivamente não está! Vamos ao ataque! Sai a correr, e fui até á floresta, a velocidade era um dos meus poderes, foi fácil entrar no centro do bosque! Senti o seu cheiro, e comecei a ouvir vozes:
“-Adeus e vê se para a próxima bebes menos!” – A voz era feminina, fez-me lembrar o que a Ash disse da sua companhia da noite. Percebi que ela já se tinha ido embora, e que estaria a fugir com as coisas dele. “Aporei” os meus sentidos e agora sabia perfeitamente para onde iria a rapariga. Corri rapidamente até ela, o que foi fácil:
-Vais dar-me as coisas ou vou ter de usar a força?
-Desculpa? Uma miudinha de 15 anos a fazer-me ameaças? – Começou a rir, como se fosse uma piada que acabara de dizer!
-Estou a falar a sério! Não gosto de gozar… Vais devolver-lhe as coisas, ou é preciso fazer algo?
Ela aproximou-se de mim, e ameaçou-me agora:
-Miúda não sabes com quem te estás a meter! – Apertou-me o pescoço, mas eu não desisti ás boas!
-Sei que estou a falar com uma gaja estúpida, parva e de muito má pessoa, pois não se rouba!
-E o rapaz era teu namorado?
-Não… Nem meu amigo é, só um conhecido! – Não poderia dizer inimigo, se não ela iria apoderar-se disso.
-Deixa lá ver se percebo… Queres ser uma super-heroína quando cresceres e andas a treinar? – Ia cada vez apertando mais, já quase não consegui respirar.
-Só sou uma simples miúda com super-poderes! – Assim que disse isto, consegui pôr-lhe a mão em cima do seu braço e mandei-a ao chão. Depois ela começou a sangrar… Não poderia resistir ao sangue dela! Ao meu é diferente, mas tive de fazer um grande esforço!
-Calma… Toma isto… Deixa-me ir! Nunca mais apareço por aqui! – Disse mandando as coisas dele para perto de mim.
-Ok… Mas desaparece rapidamente da minha vista… Ou vou ter de te aplicar uma bela dose de dores! – A rapariga correu dali, ia muito assustada. Mas nem me preocupei para saber se chegaria bem ou não, fui ter com o Zac que estava ás voltas na floresta. Subi para uma árvore, e fiquei a saber que o seu sentido de orientação não era dos melhores, quer dizer, ele estava bêbado, isso era um ponto a menos para ele.
-E agora? Vou ter de esperar pela manhã! – Ouvi ele dizer. Não resisti e saltei para trás dele. Não fiz barulho, ele nem me viu, muito menos sentiu.
-Que fazes aqui a uma hora destas?
-Sónia? Isso pergunto-te eu!
-Vim dar uma volta, estava com calor!
-Nota-se pela roupa que vestes! – Só depois me lembrei que estava com a roupa com que durmo…
-Pois… Olha vamos!
-Não eu estou bem!
-Anda lá… Deixa-me uma vez na vida ajudar-te!
-Ok, vou aceitar!
-Há e já agora… Estão aqui as tuas coisas!
-Como é que as conseguiste?
-Deves tê-las perdido, estavam espalhadas por aqui!
-Bom… Então vamos lá…
Seguimos em silencio, levei-o até ao quarto, desta vez não entrei, deixei-o abrir a porta e fechá-la , depois comecei a andar directamente para o meu, mas ele abriu-a de novo e :
-Montez… Obrigado!
-De nada! – Disse a sorrir.
-Mas obrigado por tudo, desde teres-me salvo a me teres trazido aqui!
-Sempre às ordens!
Entrei no meu quarto, a Inês dormia como um anjinho na sua nuvem, e eu deitei-me tambem! Sabia que não iria conseguir dormir mais, mas mesmo assim tentei! As minhas presas ainda estavam a saber àquela sede de sangue, mas depois foi passando! Sabia que amanhã ele não se iria lembrar de nada, sabia que amanhã tudo seria igual! Mas mesmo assim tenho aquela esperança de que um dia, e esse dia está ainda muito longe, tudo vai mudar para melhor, e até poderemos um dia ser amigos! Quem sabe o dia de amanhã?!
Sónia off

sábado, 17 de abril de 2010

Capitulo 9

-Não foi por causa de um rapaz… É que eu sinto muita pressão sobre mim, não consigo perceber o porque de ter de ser eu a princesa! Porque eu?
-És a mais forte!
-Eu sei, mas… Não entendo nem nunca vou entender!
-Vais sim… Hum dia vais conseguir perceber! – Disse Daniela.
-Bem… Vai tocar! E agora? Onde ficam?
-Eu além de ser actriz sou agente secreto! Logo tenho uma mansão aqui perto! Ficamos lá!
-Ok…
-E assim ficamos perto de ti!
A campainha tocou, e eu despedi-me delas. Corri para a sala, mas antes disso não resisti e foi até á sala onde Zac iria ter aulas.
Sónia off
Zac on
Não acredito que por pouco não nos beijávamos… Ainda lhe toquei nos lábios, mas… Aquela amiga dela, a… Alice… Teve de interromper! Não percebi bem aquilo de ela se ter cortado! Deve de ser alguma brincadeira… Mas pronto, ainda falo com a Inês para lhe perguntar!
Oooohhh é ela! Mas o que está aqui a fazer? Vai ter aulas no outro lado do colégio! Devem de estar a perguntar como é que sei o seu horário, a verdade é que só sei porque a Inês anda sempre a dizer e essas cenas… não é que me interesse saber onde ela vai ter aulas, mas… Ok não interessa!
Levantei-me e ia para ir ter com ela , mas a Inês antecipasse e chegou lá primeiro.
Percebi que estavam meio a discutir, até que a Sónia lhe dá um beijinho e saiu em direcção á sua sala.
Voltei a sentar-me e a Inês fez o mesmo. Estou ansioso pelo fim das aulas!
Zac off
Ash on
É uma pena ele não ter aulas connosco, a Inês iria adorar conhece-lo! Acho que se vão dar bem!
-Inês no final das aulas vamos sair, queres vir?
-Há não sei…
-Esquece, não me lembrava já do que se tinha passado com a Sónia!
-Não é por isso, mas sim porque temos aqui umas amigas e gostaria de passar um tempo com elas!
-Percebo… Bem não importa, vais outro dia! Eu vou com o meu Robertito e com os outros!
-Menina Montez e Menina Tisdale, querem calar-se?
-Desculpe!
-Falamos depois!
E assim a aula se passou… Com muita seca á mistura! Mas finalmente o dia por hoje acabou!
Passei pelo meu quarto para me arranjar , e depois sai para ir ter com os outros. O Rob já lá estava. Desta vez beijei-o, e todos ficaram a olhar seriamente para nós.
-Foi só o meu boa-noite para ele! – Disse a sorrir. – Vamos, antes que o porteiro nos apanhe!
Nós como sempre “fugimos”, porque não nos deixam sair em tempo de aulas. Ao fim de semana, podemos ir para casa, ou se ficarmos no colégio podemos ir onde quisermos mas durante a semana, esqueçam lá! Mas como somos INTELIGENTES saímos sempre juntos.
Ash off
Rob on
Não estava á espera disto, um beijo??? Mas foi bom, até que beija bem! A noite começou bem, muito bem mesmo! Quando chegámos ao bar, aquilo era mesmo giro, divertido, agitado e muito confortável!
Assim que nos sentámos pedimos logo uns copos, e passados uns minutos, as miúdas já estavam todas no mundo da lua! Todas não. A Ash não estava! Mas surpreendeu-me pela 2 vez neste dia:
-Anda, vamos dançar!
-Há, eu não sei… Sou pé de chumbo!
-Anda lá… - Fez beicinho e eu não resisto a isso!
-Ok, vamos lá! – Deu-me a mão e puxou-me para o meio da pista – Bem não estava a pensar em dançar aqui, no meio!
-Não vais desistir, pois não?
-Não… Vá vamos dançar!
A música que estava a tocar era muito lenta, mas mudaram logo para outra. Acho que era a Tik Tok, da Ke$ha… I Love This Music!
-Agora vamos lá ver quem dança melhor!
Puxei-a eu desta vez, e dançámos como se só fossemos um. Foi de mais! Todos estavam a olhar para nós, e pela primeira vez gostei disso. Continuámos a dançar, e dê-mos show! A miúda até dança bem! No final todos bateram palmas e gritaram.
-És o maior! – Disse ela quando nos sentámos de novo e me beijou.
-Eu sei… Bem vou á casa de banho!
-Ok!
Rob off
Zac estava sentado ao balcão, sozinho, a beber, e beber, e beber! Ash foi ter com ele:
-Então que se passa?
-Sabes o que é um rapaz estar apaixonado pela rapariga errada?
-Bem, não…
-Pois, é o que me aconteceu… E para não bastar a Vanessa não veio á festa!
-Pois… - Zac pegou noutra bebida - … Podes parar de beber? – Pediu Ash tirando-lhe o copo da mão.
-Desculpa!
Um grupo de raparigas, bem mais velhas que Ash e Zac, para aí com uns 26 anos, aproximaram-se deles e uma sentou-se á frente de Ash.
-Bonitinho, queres ir dançar?
-Claro gata! – Disse ele agarrando-a pela cintura.
-Zac, tens namorada! – Disse a Ash.
-E depois? Vou só divertir-me um pouco! - A verdade é que Zac já estava bêbado! Nem sabia onde se ia meter – Adeus loirinha!
Ash on
O Zacky não anda nada bem, onde é que já se viu ele andar a dançar com desconhecidas? E para mais, são muitooooo… velhas para ele!
Isto vai acabar muito mal, só espero que não se arrependa!

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Capitulo 8 + Pergunta

As horas passaram, e era o intervalo. O grupo estava todo junto, apenas Edward não estava lá. É estranho como ele nunca está lá quando a Ash e a Inês estão juntas?!
-Bem estou com fome! – Disse Vanessa.
-Como é que é possível esta miúda estar sempre tão linda se ela passa o dia a comer? – Gozou Ash.
-Não sei… Mas tenho mesmo muita fome! Volto já! – Van levantou-se e foi até ao balcão, comer claro! :P
-Bem, Inês preciso de ajuda com uns trabalhos de casa… Podemos ir até ao meu quarto? – Perguntou Ash.
-Há sim… Claro… Vamos! – Inês percebeu o que Ash queria e saíram as duas. Deixando apenas Zac e Sónia na mesa.
Sónia estava com os pés em cima de uma cadeira, e beber um sumo. Já Zac estava sentado como se fosse um senhor de boas maneiras (A verdade é que ele é de “boas maneiras”, mesmo bom!)

Sónia On
Parece ser tão doce, tão… Bonzinho! Não sei o que posso fazer na com a minha vida?! Alguém me pode dar uma ideia? Não sei como vou sobreviver a mais um ano sem o poder beijar, abraçar… e fazer sei lá mais o quê!
-Podes sentar-te decentemente? – Perguntou-me ele aproximando-se do centro da mesa e olhando com um olhar intenso para mim.
-Desculpa? Incomodo-te? – Perguntou-lhe ficando igualmente debruçada sobre a mesa, tal como ele.
-Será que uma miúda de 15 anos não sabe ter maneiras? – Disse aproximando-se ainda mais.
-Não falas assim comigo! – Desta vez fui eu que me aproximei.
-Porque? Vais beija… Bater-me? – Será que ouvi o que ele disse? Ele ia dizer beijar-me?
-Talvez… Quem sabe! – Sentia a sua respiração quente a bater-me na cara, os seus lábios perfeitos estavam a mexer-se, dizia algo, mas eu já só olhava para os seus olhos perfeitos!
Aproximávamo-nos a cada momento ainda mais, íamo-nos beijar… Uma coisa que não sei porque já estava destinada a acontecer! Mais não podíamos, somos inimigos… Certo?
Já sentia os seus lábios nos meus, ainda não era um BEIJO, mas sim aquele simples toque! Mas…
-Sónia podes dizer-me o que ainda fazes viva? – Não pode ser, aquela voz. A minha Alice?
-Alice? – Deixei o “pedaço de mau caminho” do Zac a pedir um beijo e olhei para as escadas. É impressionante como é ágil. Saltou pelo corrimão das escadas,
tal como faço todos os dias e abraçou-se a mim.
-Começa a explicar!
-Explicar o que? Que estava a morrer de saudades tuas?
-Não… Porque é que fizeste aquilo? Vim o mais depressa possível… Vi-te cortar os pulsos numa visão… Estás bem?
Boa falou de mais… O Zac ouviu tudo e agora está ao meu lado com uma cara estranha.
-Tu o quê? Cortas-te os pulsos? Poderias ter morrido!
-Bem tecnicamente poderia ter morrido… Mas só se atingisse uma veia… - Esta voz não conheço…
-E tu quem és?
-Daniela Ruah! Sou actriz!

-E minha amiga!
-OMG é a minha Daniela! – Gritou Joe que estava numas mesas mais atrás de nós. Foi o suficiente para todos correrem para perto de nós, e começarem a tirar fotos, pedir autógrafos, e essas cenas.
-Anda, vamos! – Puxei a Daniela e a Alice. Não sei se o Zac vinha atrás de nós, se ficaria com a Vanessa, mas querem saber não me interessa… Estou com uma ídolo e uma amiga, é impossível estar melhor!
-Ok, agora podes… Dar-me um autógrafo e tirar uma foto! – Não acredito que disse isto!
-Sónia?!
-Pronto ok desculpem! Entusiasmei-me!
-Não faz mal… Já estou habituada! – É mesmo simpática, cada vez gosto mais dela.
-Mas ainda não me disseste porque é que ainda estás bem viva!
-Alice eu…
-Foi a Inês? Foi a Inês que fez de novo aquilo para te trazer de novo á vida, não foi?
-Não… Ela não tem nada a ver com isto!
-Então, explica-me! O que te levou a cortares os pulsos? Foi amor? Foi por causa de um rapaz?
-Diz-nos queremos ajudar!


*************************************************
Espero que gostem, e o que dizem á entrada da Daniela? Espero que gostem... Ao longo da hihstória vão saindo e entrando novas personagens, posso garantir que o Justin vai entrar! Vamos ter tambem participações especiais, e essas cenas! Olhem agora gostaria de vos perguntar uma coisa:
-Alguém gostaria de fazer um blog comigo? Poderia ser de história, ou então tipo um Fã Club! Poderiamos fazer coisas para tentar trazer os nossos Idolos aos nossos países, dar noticias... E cenas do tipo! Alguém gostaria de fazer comigo? Pode ser mais de 2 pessoas, até pode dar mais resultado! Gostariam que respondem-se...
-Agora digam tambem o que acharam do capitulo!
Beijos e adorovos... (Especialmente as minhas BFF's virtuais, sabem de quem falo!)

domingo, 4 de abril de 2010

Capitulo 7

Quando tocou todos foram para as aulas. Inês andava á procura do livro e levou mais tempo. Mas numa esquina do colégio…
-Upsss desculpa! – Disse ela ao deixar cair os livros e indo contra alguém.
-Desculpa eu… - Baixaram-se ambos para apanhar os livros – Sou novo aqui e ainda não sei bem onde ficam as coisas… A minha guia foi ter aulas e eu não quis incomodar!
-Então quer dizer que queres ajuda?
-Sim, se tiveres tempo! – Inês olhou para o relógio e depois para o rapaz – Bem és bem giro! Mas claro que tenho tempo! Vamos!
-Laboratório de química!
-Sim, claro…
Enquanto iam para a sala, Inês mandou uma mensagem á irmã:
“Nem sabes mas encontrei um gato perdido! :P”

********************************
Sónia estava na sala quando sente o telemóvel a vibrar. Tirou-o do bolso e leu a mensagem, ao que respondeu:
“Gato?! Bem, tu e a Ash não mudam nada! Deixa o rapaz e corre, antes que leves falta!”

*******************************
-A sala é aqui! Vemo-nos por aí?
-Claro… - O rapaz entrou e Inês ficou a vê-lo fechar a porta. Com os lábios ele disse o primeiro e ultimo nome, mas só percebeu Pattinson!
-Pattinson… Ai ai… Onde andavam estes gatos? – Depois é que se lembrou da aula e começou a correr.

Sónia on
Se ela não vier vai levar falta! Vamos mana, corre…
-Professor desculpe! Mas a Sónia estava a mandar mensagens! – É mesmo parvo… Odeio-o tanto!
-Menina Montez quer dar-nos o prazer de tomar atenção á aula!
-Desculpe! – Disse eu baixando a cabeça.
-Por esta passa! Vamos lá então! As células do sangue são… - Bateram á porta, antes de ele me perguntar alguma coisa. – Mas quem é que é agora?
-Posso? – Era Inês.
-Vocês as duas estão sempre no centro das atenções. Quando não é uma é a outra… Devem de ter alguma coisa que vos mete em contacto mental! – Boa, será que é bruxo ou será que fez um estudo para descobrir, sem querer, o nosso segredo? – Vá entre lá… E agora as meninas Montez não me vão interromper mais!
-Claro professor! – Inês sentou-se ao meu lado, no seu lugar. E reparei que o parvo que me denunciou estava a rir com os amigos e a olhar para mim com ar superior. Ouvi uma coisa do género vindo deles:
-O Zac anda a desperdiçar uma miúda destas! Mas vou ser eu a come-la primeiro!
-Que nojo!
-Mana tas bem?
-Sim, foi só… Nada esquece!
Já sabia que ela iria entrar na minha mente, por isso não disse nada. Passados uns segundos senti aquela sensação estranha que sinto sempre que ela entra na minha mente, algo como se alguém estivesse a vasculhar as minhas coisas.
-Tu és um desperdício para eles, deixa-os falar e depois logo se vê! Vou-te sempre proteger! – Disse ainda lá dentro.
É fixe ter estes poderes, é bom saber que estamos em contacto com as pessoas que mais amamos só com uns simples segundos de concentração.

Sónia off
Joe on
Não consigo pensar em mais nada a não ser nela. É tão fofinha, e o seu cabelo… Lembro-me que uma vez ela e a Ash foram arranjar-se de igual! Ficaram mesmo… Lindas!
-Joe Jonas… Pode responder-me? – Oh boa… O raio da mulher tinha de se lembrar de me encher a cabeça.
-Pode repetir a pergunta?
-Claro… Pode dizer-me quem é o actor Português mais conhecido internacionalmente?
-Essa é fácil… É a minha Daniela Ruah!
Lol
Todos começaram a rir, e eu pensava que tinha respondido certo.
-Ele têm razão e gaja é mesmo… BOOOOOOAAAAA! – Disseram os rapazes.
-Joseph Jonas, isso era uma brincadeira?
-Não professora… Claro que não! – Agora pensando bem, a Daniela é nova aqui em L.A, deve de ser alguém mais velho.
-Alguém quer responder CERTO?
-O actor português mais conhecido internacionalmente é o Joaquim de Almeida… Fez inúmeros filmes e series americanas e noutros países. E a actriz mais conhecida, além da Daniela, é a…
-Aquela dos musicais, não é? –
Selena interrompeu Demi com a sua pergunta.
-Estou a ver que á pessoas nesta turma interessadas! – Ui esta doeu, se não fosse a Demi estava lixado! – O que a menina Lovato disse é totalmente correcto. E a pergunta da Gomez tambem tem o seu ponto certo, é uma actriz bastante conhecida em Londres, e na Broadway! Pelo menos o menino Jonas sabe o que é a Broadway?
-Claro que sei! Não sou nenhum burro!

-Não acredito que nessa sua cabeça, com um cabelo bastante lindo, exista mais alguma coisa a não ser raparigas! – A professora quando quer consegue meter todos a rirem, mas de mim ninguém se ri!
-Pois, eu pelo menos ainda tenho vida além do colégio…
-Isso era uma boquinha menino Jonas?
-Não… Só estava a dizer que…
-Vamos esquecer isso!

Joe off
Zac on
Ela tira-me do sério… Está em tudo quanto é lado… Quer dizer, está no meu pensamento! Preciso de me distrair…
-Desculpe posso ir fazer o próximo exercício ao quadro? – Nem acredito que disse isto!
-Menino Efron… O senhor músculos… Que se passa consigo? – Já sabia que o homem iria dizer isto.
-Desculpe, se não quiser não vou!
-Acho melhor aproveitar… não é todos os dias que o menino decide aproveitar a sua inteligência! Venha lá então!
Levantei-me, e os meus amigos depois de olharem para mim ficaram de novo concentrados no exercício. Nem a Ash o tinha conseguido resolver, e ela é a “BEST” da turma… A V é a segunda melhor e ela também andava á nora com aquilo!
Mas pela primeira vez na vida, desde que me lembre, resolvi uma cena de matemática na boa… Sem complicações!
-Bem… O menino quando quer é esperto! – Deixei todos espantados – Pode-se ir sentar!
Assim o fiz.
-Vamos passar ao próximo…
Agora abri de novo o livro, mas ao ler aquilo comecei a ouvir a sua voz, como se ela me estivesse a ler e a dizer o que deveria fazer… Foi muito estranho! Sempre fomos, somos e seremos inimigos… Não era agora que iria mudar! Pois não?

Zac off
*************************************************
Estou a adorar escrever para voces!
Espero que gostem....
2 comentarios!
Beijos e adorovos muitoooooo

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Capitulo 6

No outro dia de manhã todos acordaram cedo. Era o dia de aulas mais desinteressante de sempre… Zac e Van, tinham acordado na praia, completamente cheios de areia, e tiveram de correr para os quartos para se trocarem. Ash, a apaixonada, já se tinha vestido e estava a falar com os pais. Já as manas estavam a acordar agora. Atrasadas como sempre.
-Sónia vamos chegar atrasadas!
-Calma… Já me estou a levantar! – Dizia Sónia. Mas quando pôs os pés no chão, teve uma tontura e por pouco não desmaiou de novo.
-Mana estás bem? – Perguntou Inês enquanto a agarrava.
-Sim, foi apenas uma tontura.
-Hoje acho melhor não ires ás aulas… Ainda andas fraca!
-E o que dizemos ao director? Que cortei-me e preciso de descansar… E ele depois vai pensar que enlouqueci…
-Não mana… Tu não enlouqueces-te! Tu precisas de tempo para te habituares a isto tudo! É apenas o que vamos dizer….
-Tempo?! Uma coisa que daqui por pouco tempo vou ter para dar e vender! Certo?
-Não Sónia! Tu és uma das pessoas mais poderosas, fortes, belas e magnificas que podem existir! Tu és única… És uma princesa…
-Tal como tu! Porque é que não ficas tu como o meu lugar? Já passas-te por isto, já estás estável… Agora eu!
-Tu tambem estás prestes a estar estável! Só tens de esperar e ter calma! E não fico com o teu lugar porque tu és a escolhida! Tu és a mais poderosa… Só tu podes “lutar” contra os mais poderosos…
-Mas porque eu?
-Já te respondi a isso! Tu és mais forte do que qualquer um á nossa volta… Até tu nasceres, eu era a mais poderosa, mas agora tu tens os poderes mais fortes que os meus… És quase imbatível!
-E tu? Tens tantos poderes como eu… Também tens os poderes todos!
-Mas os teus são mais desenvolvidos! Eu posso ter todos os poderes existentes e mais alguns, mas apenas 2 deles é que estão no nível máximo! Percebes? – Explicou Inês com o seu tipo sorriso.
-Sim… Mas…
-Não há tempo para isto! Vamos para as aulas?
-Sim… Claro!

***********************************
Já quando todos estavam no bar a comer o pequeno-almoço:
Ash On
Hoje o ambiente está estranho. As Montez estão como sempre muito misteriosas, já o Zac e a Van estão cada vez mais amorosos. Nem dá para estar aqui com tanto mel…
-Vou só ao quarto buscar o livro de matemática que me esqueci! – Quem me dera ir com ela, que grande seca ficar aqui a fazer de vela. Reparei que o Zac tem uma coisa que não lhe pertence. A pulseira da Sónia! Mas porque é que ele anda com um dos símbolos das manas Montez, se nem é uma “mana Montez”? Este rapaz anda tão estranho! Quer dizer, andam todos estranhos, menos eu! Eu ando IN LOVE! Por falar em amor, onde anda o meu Rob?
-Olá! Desculpa ter chegado atrasado! Mas estive a falar com os meus pais… Eles estão a morrer de saudades, nunca tinham ficado tanto tempo separados de mim! – Sempre na hora certo fofinho!
-Oh não faz mal… Já cá estás e isso é que importa! – Posso beijá-lo?
Robert começou a rir, não percebi muito bem porque, mas adoro tanto o seu riso.
-De que te ris?
-De nada, é só que… Pareces tão normal! É muito estranho para mim estar perto de ti! – Ele ás vezes parece ser de uma época distante, parece falar de uma maneira tão antiga, tão… Cavalheiro!
-Mas isso é mau? Isso de ser estranha?
-Não, claro que não… É muito bom… Para mim! E para ti tambem… porque, és diferente… no bom sentido!
-Hello, estamos aqui! – Oh até me esquecia dos meus amigos.
-Desculpem! Este é o Robert, e estes são os meus amigos! – Apresentei-os todos e apresentei o Rob.
-Muito prazer em conhecer-vos! - Disse ele.
Ash off
Rob on
A Ash consegue ser muito divertida, e tão querida! Bem, a Sónia deve ser a Montez, mas eu tenho a impressão de que são duas!? Não sei, mas a miúda até é girinha, é do tipo da minha Ashy!
Rob off
Quando tocou todos foram para as aulas. Inês andava á procura do livro e levou mais tempo. Mas numa esquina do colégio…

Capitulo 5

Ash on
-Bem estás linda! – Disse ele ao ver-me entrar no bar, a verdade é que me esmerei ao máximo para o surpreender! E consegui pelos vistos!
-Obrigado, tu tambem estás muito giro!
-Oh, nunca te vou chegar aos calcanhares! – Senti-me a corar, e a verdade é que estava muito quente!
-Bem… vamos sentar-nos antes que o bar fique cheio!
-Sim…
Fomos buscar a comida, ele levou o meu tabuleiro e o dele. Depois colocou-os na mesa e foi puxar a minha cadeira para me sentar.
-Obrigado! – É muito cavalheiro, e gosto disso!
Conversámos durante todo o jantar, sempre a rir. Ele é o máximo! Depois no final ele disse:
-Sei que isto não foi nada de jeito para o primeiro encontro, por isso… Queres sair comigo?
Fiquei de novo vermelha e ainda mais quente! Não sabia o que dizer…
-Não sei, bem… Conhecemo-nos hoje! Já me estás a convidar para sair?
-Sim, mas se não quiseres é na boa! Vamos ter muitas outras oportunidades! – Ai como aquele sorriso
me deixava louca…
-Bem… Onde vamos? – Disse finalmente.
-Isso é um sim?
-Sim… Em todas as línguas!
-Cool… Bem podes escolher tu, ou então deixa por minha conta! Sou novo na cidade, mas vou safar-me bem! I promise you!
-Ok… Bem está tarde, amanhã começam as aulas! Vou para o meu quarto!
-Então… – Disse enquanto se levantava ao mesmo tempo que eu.
-Boa noite! – Fui até ele e dei-lhe um beijinho na bochecha.
-Boa noite Ashy! – Disse ele enquanto eu saía. Ai que fofinho!
Ainda olhei para trás e lá estava ele na mesa a olhar para mim e a sorrir.
Antes de ir para o meu quarto passei pelo das manas Montez, queria contar tudo às minhas BFF’s, como a V não está cá restam-me a S e a I!
Bati á porta e a Inês disse que podia entrar.
-TENHO UMA NOVID… - Calei o meu histerismo quando reparei que Sónia estava a dormir enquanto Inês brincava com o cabelo dela. – Bem vou me embora, vim em má altura!
-Não, espera… Fica!
Fechei a porta e sentei-me perto delas. Sónia era tão querida quando dormia, parecia um anjinho, quer dizer um anjinho já ela parece!
-Vocês são tão queridas juntas! – Disse a sorrir.
-Obrigado! É pena é de vez em quando ela me deixar triste! – Disse agora a olhar para ela com um olhar bastante carinhoso e protector.
-Que se passou?!
Inês destapou um pulso de Sónia, e fiquei boquiaberta.
-Voltou a fazê-lo?
-Sim… E não sei o que fazer! Ela estava tão bem! – Disse ao deixar escapar uma lágrima. – Bem mas isso não interessa nada… Que vieste aqui fazer a uma hora destas?
-Primeiro vim cá ver como estavam, depois já comeram?
-Não tenho fome… E ela está a dormir, nem vale a pena acordá-la, depois come!
-Depois comem, diz antes assim! E por último tenho uma mega novidade para vos contar!
-Diz…
-Conheci um rapaz maravilhoso!
-Ash já começas?
-Não… Este é diferente, é querido, simpático, romântico, divertido e muitooooo cavalheiro!
-Não acredito que já estás de novo In love!
-Pois… É a vida! E tu pensa tambem em arranjar alguém! Agora há aí gatinhos lindos!
-Tenho outras coisas com que me preocupar!
-Pois… Olha vou dormir… Se precisares de alguma coisa é só dizeres!
-Obrigado!
-Vê se descansas e comes! Amanhã já temos aulas!
Sai e deixei-as de novo sozinhas.
Ash off
Zac on
É impossível não pensar na dona desta pulseira, visto que a tenho na cabeça desde sempre, e agora ainda mais!
-Vamos dançar? – Perguntou V.
-Dançar? Eu? Deves de estar com febre!
-Não… Vamos lá… Tu danças tão bem!
-Ok ok… Mete música!
Vanessa correu para o telemóvel e procurou o que queria. Assim que meteu a tocar, não queria acreditar.
-É a voz da Sónia?!
-Sim Z… É a voz dela! Esta música é linda, e eu pedi para ela a cantar e gravei-a!
A musica era a The Only Exception (Paramore)… Já a ouvi cantar antes! E ela arrasa!
-Vá vamos! – Van pegou-me na mão e conduziu-me numa dança que era meio valsa meio hip hop.
Não ouvia mais nada a não ser a maravilhosa voz que estava a ouvir, a cantora poderia ser muitoooooo mimada e a minha pior inimiga, mas temos de concordar… A voz é linda!
Zac off
Van on
O Zac dança tão bem, nem sei porque não o demonstra mais vezes! A musica tambem ajuda…
- You are the only exception – Disse no final da música ao seu ouvido, deixando-o arrepiado!
Van of
*****************************************
Como se estão a portar bem hoje... lol.... Levam mais um capitulo! É de aproveitar!
Mais 2 comentarios, please!!! :P
Beijos da Beijada Pelas Sombras!

Capitulo 4

Ash on
Hummmm… Gatinhos novos no colégio… Este segundo período promete a valer! :P
Ando aqui a dar voltas ao colégio sozinha com o meu Iphone a ouvir música, sem nada para fazer, nem amigas para falar já que todas “desapareceram” e ainda por cima não posso beijar nenhum rapaz porque não tenho namorado! Já é quase noite por isso daqui a pouco tenho de ir jantar… Alone again! A esta hora a minha V deve de estar a ter uma noite mega romântica com o Zac enquanto estou aqui sem fazer nada!
-Desculpa podes dizer-me onde fica o quarto número 57? – Ouvi eu atrás de mim. Bem o 57 fica ao lado do 58, mas não disse isto claro! Eu sou bem-educada!
-Vem comigo e… - OMG é um rapaz lindo!!!!
-Sim?! Podes dizer-me? – Perguntou a sorrir.
-Claro… Anda! – Disse tirando os fones dos ouvidos e indo á sua frente.
Chegámos lá num estante, entre sorrisos e muitos olhares.
-É aqui! – Disse parando á frente da porta do quarto.
-Bem… Obrigado!
-Sim… Pode ser que nos vejamos por aí de novo! – Disse sorrindo e mostrando algum interesse nele.
-Pois!
Virei-me e comecei a caminhar, pronta para o meu jantar!
-Espera! – Agarrou-me no braço e – Chamo-me Robert Pattinson… E acabei de chegar de Londres!

-Sou a Ashley Tisdale e cheguei de férias de Sidney!
-Muito Prazer! – Dissemos ao mesmo tempo.
-Eu vou precisar de alguém que me ajude a integrar e a mostrar o colégio… Não sei se podes, mas, gostava que fosses tu!
Por ti faço tudo gatinho!
-Sim, claro… Estou livre!
-Então vou apenas colocar as malas no quarto e encontramo-nos no bar?!
-Sim, mas tu sabes onde fica?
-Esse é fácil…
-Lol… É verdade! Bem vou tirar o uniforme, e vestir outra coisa!
-Encontramo-nos daqui a 20 minutos!
-Sim…
Ele entrou e eu comecei a saltar e a rir do nada! Estava feliz, os meus pedidos tinham sido ouvidos.

Ash off
Robert on
Bem que miúda, é linda! E aquele sorriso… E aquele cabelo, e aquele corpinho! Ai ai… E a voz… Tem uma voz muuito suave e doce!
Bem vamos deixar-nos de sonhar e vamos lá ver o que há para vestir menino Robert!
Esta não, é muito velha… Esta é de desporto, acho que me vai achar estúpido… Esta é muito… Gay! Dei mais de mil voltas ás minhas malas e finalmente arranjei o que queria… Perfeito! Ela vai adorar!

Robert off
Van on
-Estás pensativo! – Disse eu para o Zac enquanto caminhávamos até á praia que ficava praticamente ao lado do colégio. Ia-mos de mãos dadas e ele levava o cesto com um piquenique para jantarmos á beira-mar.
-Não estou nada… Estou normal! – Conheço-o muito bem para perceber quando mente!
-Ok… Vamos lá se não a comida fica fria! – Disse para ver se ele acordava.
Quando lá chegámos havia um caminho feito com pequenas rochas e pétalas de rosas, esse caminho era iluminado por tochas que serviriam de lanternas… No final disto tudo havia uma espécie de tenda branca, notava-se que lá dentro haveriam mais rosas e velas, essas cenas!
-Que lindo! Foste tu que fizeste isto? – Perguntei a sorrir e ao apertar-lhe mais a mão.
-Sim… Queria que este nosso regresso fosse em grande! – Disse ele. Não resisti e beijei-o!
Os beijos dele eram como mel para os meus lábios. Unidos eram únicos, não o queria largar, nunca mais!
-Calma, estou sem ar, e temos a noite inteira por nossa conta! – Disse ele ao afastar-me
suavemente.
-Desculpa!

Van off
Zac on
Parece que ela estava cheia de sede dos meus beijos. Era bom saber o que posso fazer ás miúdas… É claro que esta é muito mais especial…
-Zac que se passa… Ficas-te de novo triste e distante!
-Nada… - A verdade é que se passava tudo. A miúda especial poderia ser ela, mas acho que há outra um pouco mais especial! E não, não é a Ash…
-Se quiseres voltar compreendo… Saímos noutro dia!
-Não V… Eu quero ficar contigo agora… Quero-te agora!
Ela sorrio, mostrou a felicidade que tinha e eu não resisti tambem em sorrir.

Zac off
Ash on
********************************************
Espero que gostem e comentem!
Mais 2 comentarios... E posto o proximo! Quero agradecer á Ashleizinha (acertei no nome?) e a Sónia, a menina do blog Fic_jaredjensen, são de mais e adorovos!
Beijos e comentem!

Capitulo 3

Ashley On
De volta ao colégio dos meus sonhos! Quer dizer, não estou no gozo… O que é que uma rapariga de 17 anos pode pedir mais a não ser um colégio cheio de rapazes lindos? Só se for uma linha de roupa! Mas para mim isto chega… Estou pronta para o amor! O meu último namorado ficou em Sidney onde passei as férias! Quero um novo, há duas semanas que não tenho ninguém!
Acabei de arrumar tudo no meu novo quarto, finalmente o director decidiu arranjar quartos para todos. Agora tenho de me ir vestir e depois vou ver as vistas, acho que percebem onde quero chegar?! Certo?
Ashley Off
Sónia On
Há tanto tempo que isto não me acontecia! Voltou tudo ao mesmo, ao zero! Estou neste momento sozinha no meu quarto, divido com a Inês, porque como os meus pais dizem que sou muito nova tenho de ficar com ela. Mas ela não está aqui. Estou a lavar a cara, mais de mil vezes, e nada. Sinto-me igual… Fechei a torneira da água, e coloquei as mãos nos lados do lavatório. Ganhei coragem e fui olhando para cima, fui chegando com o olhar ao espelho. Abri os olhos e não queria acreditar, ainda estavam iguais!
-COMO FAÇO ISTO PASSAR?! – Gritei enquanto escorriam lágrimas pelo meu rosto que todos dizem que parece de anjo.
-A miúda mais popular não pode ficar assim! – Ouvi dentro da minha cabeça. Não acredito, ela voltou a entrar na minha mente!
-Não voltes a fazer isto! – Disse-lhe mentalmente.
-És a maior, adoro-te… Vou já ter contigo! Não faças disparates!
-Não, espera! – Mas já não estava lá. A nossa ligação tinha sido desligada por ela.
Corri para o outro lado da casa de banho e abri a gaveta certa que já conhecia desde a minha primeira crise. Sabia que estavam lá! Procurei e estavam! Abri uma nova embalagem e tirei uma! Fechei a gaveta, e depois puxei as mangas do meu uniforme para cima. Desabotoei o colete e tirei a gravatinha com o símbolo da escola. Levei o pulso um pouco mais a cima e depois com a outra mão cheguei finalmente ao ponto desejado. Não foi preciso muita força, a minha pele estava boa, logo era frágil naquele ponto. Senti a dor, mas tornou-se boa na segunda parte. O sangue começou a escorrer pelo meu braço. Gostava do cheiro a sangue, e sabia que não lhe poderia resistir, mas fiz o máximo esforço! Depois, fiz o mesmo no outro pulso. Agora olhei-me ao espelho e sentia-me livre, sentia-me bem! Os meus olhos não estavam com nenhuma das cores anteriores, mas sim avermelhados! Como deveriam mesmo estar!
Deitei o pequeno objecto no lixo, e depois percebi que já estava envolvida numa mancha de sangue. Não me importei!
Sabia que todo estava a acontecer novamente, uma recaída, tinha essa consciência, mas era tão bom, tão doce, para mim. Mas tambem sei que vou deixar pessoas a sofrer! Mas não consigo resistir! É tão bom!
Gritei, pois agora estava a arder… Mas era bom na mesma, a dor… Finalmente o que precisava!
Senti-a que a minha ligação estava de novo a tentar ser ligada, mas não liguei! Eu própria estava a desligar!
Comecei a ver tudo á roda, como já sabia que iria acontecer depois disto. Mas desta vez foi mais forte, levou-me logo!
Sónia Off
Inês On
Não conseguia entrar na nossa ligação, já sei que fez disparate! Tento ainda correr mais, mas não consigo! É o meu máximo! Abri a porta do quarto á pressa!
-A casa de banho! – Corri para lá e quando abri a porta, havia muito sangue e vi-a deitada no chão. – Mana! – Os seus pulsos estavam com golpes perfeitos, mas de certeza que não queria atingir nenhuma veia! Acho que pelo menos pensou antes de agir… Baixei-me até ela, medi-lhe a pulsação e estava meio instável. Depois peguei-lhe num pulso e o que estava á pouco a dizer era verdade. Não se queria matar! Depois destes anos a tentar habituar-me a estas recaídas já sabia como agir. Corri para a mala de primeiros socorros, e tirei de lá um frasco. O seu medicamento! Coloquei-o na boca dela, sabia que não o iria engolir. Fiz o plano B, peguei desta vez num inalador e fi-la cheirar aquilo. Iria acordar assim!
Começou a tossir, e mordeu o medicamento que tinha na boca. Fui buscar água.
-Bebe! Vai fazer-te muito bem! – Disse-lhe enquanto lhe dava a garrafa.
Ela bebeu, e depois sentou-se. Encostou-se a mim e começou a chorar. É o que acontece sempre depois do primeiro episódio! Fica vulnerável!
-Calma… Já passou! Pronto, vais ficar bem!
-Não me queria magoar, mas a dor chamou-me, sou uma fraca por não conseguir resistir!
-Fraca vais ser se não te deixares disso! És uma lutadora, eu sei o quanto tentas resistir!
-Não te queria magoar… Mas… Desculpa!
-Xiiiiuuu, vamos esquecer isto! Já passou! – Disse ainda abraçada a ela.
-Perdoas-me?
-Claro que sim… És a minha maninha! A minha miúda! – É claro que a perdoo, ela não tem culpa. Eu tambem passei por isto!
-Podemos arrumar isto tudo, limpar e isso, e não dizemos nada a ninguém?! Só desta vez… Por favor! – Ela olhou-me nos olhos, uma coisa ao que não consigo resistir!
-Sim podemos! Mas esta é a ultima vez… Tiveste uma recaída, podem vir mais a seguir, e temos de estar preparados!
Limpei o sangue espalhado pelo chão enquanto Sónia dormia profundamente. Foi então que percebei o quanto esta miúda é importante para mim… Não iria conseguir viver sem ela. Tenho tanto medo do que possa acontecer com estas recaídas! Hoje foi apenas uns cortes e um sangue, e amanhã? Como será?
Inês off
Ash on



*********************************
Vou pedir apenas 2 comentarios! Beijos da Beijada Pelas Sombras