terça-feira, 29 de março de 2011

Capitulo 68 - “Só peço para usar o teu chuveiro hoje!”

Olá Leitoras! Tudo bem?! Espero que sim… Aqui vem mais um capitulo, este não é nada de especial… Mas os próximos vão ser, visto que a Sónia vai até L.A e… Upss… Não posso contar mais nada! :p Não postei ontem porque estou com uns certos problemas no PC! :( Fiquem agora com o capitulo! ************Capitulo 68 - “Só peço para usar o teu chuveiro hoje!”**************** **************L.A*************
-Hey… Que foi aquilo? – Perguntava Nick puxando Miley antes de entrarem para a sala de aula. -Não foi nada! -Como assim não foi nada? – Nick parecia um pouco irritado – Tu quase que matavas a Van com o teu olhar! -Era mesmo para isso! -Miley que se passa contigo? -Apenas quero defender a Sónia! -Os meninos vão entrar ou não?! – Interrompeu a professora. Miley entrou logo deixando Nick um pouco para trás.
****************************
Ashley apesar de estar na aula, a sua mente não estava lá. Estava a brincar com o seu anel, pensava no que estaria Scott a fazer. Até que um papel voou até á sua cabeça. -HEY! – Gritou. Mas depois percebeu que era de Joe, e apenas pediu desculpas á professora, e começou a lê-lo.
“Ash hoje vou ver o Zac! Queres vir comigo?! Ass: Joe”
Ash sorriu e fez-lhe o sinal de “paz”, ao que queria responder que sim. No outro lado da sala, Vanessa estava também a ler um papelinho, era de Kevin.
“Hey… Desculpa lá aquilo de há bocado! A Smiley anda passada! Logo á noite, cinema no meu quarto, queres aparecer lá?! Ass: Kevin”
Vanessa não queria acreditar, estava de novo no grupo de amigos de sempre. Sorriu para si mesma, e escreveu “sim” no papel que mandou a Kevin de novo. Assim o tempo foi passando. Depois das aulas, já Joe esperava Ash á porta do colégio, pronto para ir visitar Zac. Tinha dado um beijo a Demi quando vira Ash ir na sua direcção: -Vemo-nos logo á noite! – Disse despedindo-se de Demz e sorrindo. -Hey guys! Então vamos?! -Claro! – Joe e Ash assim foram até ao hospital.
**************Londres***************
De manhã, Daniela chega a casa de rastos e pensava que Sónia e Sílvia ainda estavam a dormir por isso acendeu as luzes da sala e, sem querer, fez um pouco de barulho ao fechar a porta. -Shiuuu! – Disse ela, como se a porta ouvisse. -Hummm… Quem está aí?! – Perguntava Sónia ainda a dormir. -Sónia?! – Daniela olhou para o sofá e viu-a a dormir abraçada a Justin. Sorriu, pensando que finalmente Sónia tinha ultrapassado o mau momento e o medo de se apaixonado de novo, e finalmente tinha dado a oportunidade que tinham falado a Justin. – Estás a dormir?! -Agora já não! – Sónia sentiu-se apertada, e abriu os olhos rapidamente, ficando em choque quando percebeu que Justin estava a dormir agarrado a ela como se de um peluche se trata-se. –WTF?! – Gritou. Justin assustou-se e caiu do sofá em estado de choque com o grito dela. Daniela ria. -Hey… Olha lá os gritinhos está bem?! -Hey… Olha lá as mãozinhas está bem?! – Respondeu ela no mesmo tom de voz dele tentando assim imitar a voz do rapaz. – Mas que raio fazes tu a dormir abraçado a mim? -Pergunta antes onde adormeceste na noite passada! Sónia olhou confusa: -O que? Nós… Oh não! – Sónia não relembrava os últimos momentos da noite anterior, e por isso pensou logo no pior para ela! -Hey calma aí girl! Eu sei o que faço… E não, não aconteceu nada! Tivemos a ver um filme e acabaste por adormecer, só isso! -Ah… Como me sinto melhor agora! – Disse sorrindo. -Bem, desculpem interromper os meninos… Mas hoje ainda é sexta-feira… Por isso, acho que significa que há aulas! Não?! -Aulas?! -Sexta-feira?! – Justin e Sónia começaram a correr para o andar de cima – Hey, que fazes no meu quarto?! – Gritou ela novamente ao perceber que Justin a seguia. -Calma… Apenas preciso de um duche! – Pediu ele com um sorriso. -Não tens a tua bela mansão? -Vá lá! Só peço para usar o teu chuveiro hoje! Prometo! – Dizia ele enquanto a abraçava. -Longe de mim uns 5 metros, e sim podes usar! Não tens é roupa! -Há isso é que tenho! – Justin foi até á janela do quarto, e assobiou para o segurança que ainda estava lá em baixo, que por sua vez foi buscar uma mochila ao carro e mandou para Justin no andar de cima. – Obrigado mano! – Disse ele sorrindo e voltando-se de novo para Sónia. – Vês, tenho roupa! -Como querias! – Disse revirando os olhos – Primeiro vou eu! – Pegou na toalha, e na roupa e entrou para a casa de banho. -Eu espero aqui! -NA BOA! – Respondeu Sónia já com a água ligada. Justin olhou á volta e sorriu, pensando que aquele era o quarto da sua miúda. -Ai se tu soubesses que daqui por pouco tempo vais ser só minha! – Dizia ele enquanto passava a mão sobre a secretária dela. Foi quando deixou cair umas coisas, e ao apanha-las percebeu que era um bilhete de avião. Aquele que ela tinha ido comprar para ir para L.A no fim-de-semana. Justin sorriu, mostrando que tinha tido uma ideia.
***************L.A***************
Ash e Joe estavam a entrar no quarto de Zac: -Hey Zacky! – Cumprimentou Ash sorrindo enquanto abria a porta com Joe atrás dela. -Então mano… Como é estar deitado todo o dia?! Zac riu e sentou-se cumprimentando os amigos: -Estar deitado é uma grande seca! Sinto falta do meu skate, da minha prancha, do meu carro, que agora deve ser só pedaços, e até dos stores! -E de nós, não?! -Claro que sim Ashy! Sinto muita falta dos meus amigos! – Disse abraçando-a. – Sabem segunda-feira já saiu daqui! FINALMENTE! -Mas não faltavam ainda duas semanas? -Sabem, quando se é bonito e inteligente faz-se uma mistura explosiva! -É assim mesmo bro! – Dizia Joe rindo com Zac. Já Ash, não achava assim muito piada. -Tu estás doido?! Se os médicos diziam para ficares aqui durante mais duas semanas é porque precisas mesmo de ficar! -Calma Princess… Eu já estou bem! E foi o Dr. Carlisle que me deu alta, por isso é na boa! – Tentou ele acalmar Ash, que sorriu. -Ok! Mas tu não devias ter pedido! -Eu estava a brincar… Foi ele que me veio com a conversa e eu aceitei, claro! -Ah… Assim sim! – Abraçou-o – Não quero que o meu melhor amigo não receba os devidos tratamentos por ser um estúpido irresponsável! Disse ela gozando. -Hey… Eu não sou estúpido! -Só ás vezes! – Disse Joe fingindo tossir. -Se vieram aqui para gozar comigo é melhor saírem! – Dizia Zac a rir. E assim ficaram durante mais um tempo até ser a hora de Joe e Ash terem de sair do hospital e voltaram para o Colégio.
**********Londres**********
O dia passou rapidamente com brincadeiras e estudo, tudo passou até que há tarde: -Vais embora? Então e as audições? São agora! – Dizia Sílvia parando Sónia perto do portão do colégio. -Icha… Esqueci-me! -Mas não querias ser uma Hellcat? -Sim, quero… Mas nem tenho equipamento! -Deixa lá isso… - Sílvia começou a puxar Sónia e foram a correr para o pavilhão que já se encontrava com alguns alunos e professores. Foram até aos balneários onde Sílvia mandou um equipamento da claque para as mãos de Sónia – Veste esse! Sónia olhou para o equipamento e depois á sua volta, algumas raparigas estavam em completa euforia e ainda nem tinham começado. Ela fingiu um sorriso e quando voltou a olhar para o seu lado já Sílvia lá não estava, entre miúdas histéricas e outras com flexibilidade a mais lá se trocou e “fugiu” de novo para o campo! -Hey Miúda! Já passas-te! – Gritava o Justin que estava na primeira fila a puxar por ela. Sónia olhou para ele e sorriu, tentou não demonstrar o seu nervosismo, depois voltou-se para Sílvia que lhe acenou e lhe “desenhou” um Boa-Sorte com os lábios.
******************Continua....*********************

Como acham que irá correr a audição para a próxima Hellcat? Qual será o plano que Justin? Os Niley vão se chatear? Como será o encontro de Sónia e dos amigos de L.A? Ou será que a visita dela vai ser algo “fantasma”? Fiquem para ver no próximo capitulo!

Vocês sabem que me adoram e que vos adoro XoXo Gossip Sónia

sexta-feira, 25 de março de 2011

Capítulo 67 - “C'est la langue de l'amour”

Olá Boa Tarde!
Aqui venho eu de novo para o capitulo de sexta-feira! Já devem ter reparado que agora posto sempre, ou quase sempre, ás segundas e sextas!
Espero que gostem do próximo capitulo… Aqui já vai entrar mais uma das novas personagens!
Fiquem com ele!
*****************Capítulo 67 - “C'est la langue de l'amour”**********************
**************L.A**************
-Nós queremos as eleições no colégio… Rapidamente! – Dizia Alex Pettyfer,o líder arrogante e frio do grupo que queria tirar a presidência do colégio do grupo mais popular, ao director.
-Mas as eleições só tem data marcada para o próximo ano lectivo!
-Parece que tenho de lhe relembrar, ou mesmo contar algumas coisas!
– Alex colocou uma pasta que ele trazia em cima da secretaria e começou a tirar algumas folhas de lá de dentro. – Aqui vamos nós!
-Que é isso menino Pettyfer?
– Perguntou o director olhando para algumas fotos que ele estava a tirar.
-Algumas provas de que são mesmo preciso eleições! – Mostrou uma foto de Zac e Sónia no dia do acidente dele, a discutirem na praia. – Como pode ver, eles não são mais o casal maravilha! O que irá provocar muitas discórdias, e o que levará a um mau governamento no colégio. Ainda por mais, ela não está cá!
-Ela não está cá, mas ela continua a ser a Sónia Montez!
– O Director não conseguia esconder o respeito, e a admiração que sentia naquela miúda e na família dela.
Alex suspirou e tirar mais uns papeis:
-O Zac está internado… Provavelmente irá ficar mais 2/3 semanas, ele teve um acidente!
-Eu já sabia disso… Já foi á umas semanas atrás!
-Pois… Mas se calhar não sabe nada sobre isto!
– Alex entregou a folha que tinha acabado de tirar da mala.
No final, quando o Director leu aquilo olhou-o e depois começou a escrever algo no computador.
-Ele não se lembra mesmo da Sónia?
-Não Senhor Director, e acho que é mesmo melhor haver eleições!
O Director desistiu, e permitiu a ideia do rapaz:
-Mas… As Eleições aqui são sempre levadas muito a serio!
-Eu sei, eu sei… Sei que temos de preparar um número musical para o último dia!
-E espero que corra tudo bem!
-Claro que irá correr!
– Alex levantou-se e começou a arrumar as coisas todas dentro da mala de novo
E se depender de mim ainda irei ser eu o Presidente da Associação de estudantes! – Disse apertando a mão ao Director e saindo da sala.
-Espero que este rapaz saiba o que anda a fazer! – Disse o Director ao se sentar novamente e olhando para uma foto que tinha em cima da mesa. Era dele com o grupo de amigos da Sónia, incluindo ela. Tinha sido tirada no primeiro ano em que tiveram sido eleitos, por volta de uns 5 anos atrás… - Acho que eles são as pessoas perfeitas para este cargo, mas a vida escolar deles não dura para sempre! – Disse suspirando.

**************Londres**************
-Ai desculpa! – Dizia Justin enquanto mandava a faca que tinha atingido a mão de Sónia para o chão. – Deixa-me ver… Eu ajudo!
-Não… Eu estou bem!
– Sónia escondia a mão. Afinal, como era Vampira, tinha o sangue diferente e o golpe que ela tinha na pele apenas com um olhar e um pouco de concentração o conseguia fechar.
-Como podes dizer que estás bem? Acabei de te magoar! Mostra-me a tua mão Sónia! – Disse ele puxando o braço de Sónia.
-Por favor… Por favor… Diz-me que tem um bocadinho de sangue humano… Por favor! – Pensava ela enquanto mantinha os olhos fechados.
-Afinal não foi nada! – Disse Justin dando um beijo na mão dela, Sónia suspirou de alivio – Pensava que te tinha magoado!
-Mas não foi nada… Foi ao lado!
-Tens bons reflexos! – Disse ele rindo.

-Nem tu sabes os bons reflexos que tenho! – Pensava ela respirando de alivio.
-Mas bem, vou continuar… Tu podes ir-te sentar! Daqui a 5 minutos já está tudo pronto! – Justin deu-lhe um beijo no rosto e voltou a virar-se para a bancada. Sónia sorriu ao perceber que as suas “qualidades” como vampira ainda estavam bem vivas para alem da velocidade que usava muitas vezes – Mas ainda aqui estás? Vai sentar-te! – Empurrava-a Justin para fora da cozinha e fechava a porta. – Agora vais esperar pelo jantar do deus Justin Bieber!
Já Sónia estava sentada quando tocaram á campainha:
-Não abras… Devem ser os Jornalistas! – Disse logo Justin.
Sónia primeiro deixou tocar, pensando que Justin tinha razão, mas depois não desistiam e por isso foi ver quem era:
-Scott! – Sónia saltou para os braços do rapaz mostrando as saudades que já tinha.
-Hey calma… Não me mates já! – Disse ele correspondendo ao abraço e sorrindo.
-Anda… Entra! – Sónia puxou-o e fechou a porta atrás dela. – Senta-te aqui!
-Quem era aquele bruta montes que estava ao portão do jardim e não me queria deixar entrar sem mostrar o meu B.I?
-Ah, era um dos seguranças do Justin! Ele agora tem a mania da perseguição!
-HEY EU OUVI ISSO!
– Gritou Justin da cozinha.
-Oh, eu não sabia que estás acompanhada! Liguei á minha prima e ela disse que hoje irias estar sozinha!
-Era para estar, mas ELE DECIDIU INVADIR A MINHA COZINHA!
– Scott ria ao ouvi-la “brincar” com o rapaz.
-OUVI ISSOD E NOVO!
-PERFEITO!
– Sónia voltou-se de novo para Scott e sorriu – Pensava que ainda não estavas cá!
-Cheguei esta manhã! As minhas férias já tinham acabado e os meus chefes já me estavam a dar na cabeça por ainda não ter vindo para cá!
-Mas tu és o teu próprio chefe!
-Não, eu sou o chefe de uma das partes da editora, mas tenho pessoas a “cuidarem” do meu trabalho!
-Ah… Ok! Por falar em editora, acho que vais achar piada a este rapaz que estava aqui!

-Ah é? Então?
-Ele é cantor, e dos famosos! Acho que vais gostar da voz dele!
-Então depois mostram-me isso! Ainda não tirei aquela ideia da cabeça de tu gravares umas músicas!
-Mas podes começar a tirar essa ideia louca da cabeça, porque quem vai gravar é o Justin!
-Depois logo se vê! Olha tenho de te dizer uma coisa mesmo série!
-O que se passa?
-Eles lá em L.A, estão todos muito tristes e com imensas saudades tuas!
-Pois, temos pena! Por enquanto não quero nada com eles!
-O Zac não se recorda de ti!
-Muito me… O QUE?!
-É verdade, o Zac depois de ter acordado do coma ficou sem se lembrar de ti!
-Mas como? Porquê?
-Não sei… O teu tio é que é o medico dele, e diz que era muito provável ele perder a memoria! E parece que foste tu que foste “apagada” da mente dele!
-Mas porquê eu? Logo eu!
-O jantar já aqui está!
– Disse Justin ao interromper a conversa dos outros dois. Olhou para o sofá e reparou nos olhos de Sónia, já se tinha apercebido dos diferentes tons de cor dos olhos dela, apenas gostava de perceber o porquê de eles mudarem de cor, mas não perguntava. Aproximou-se de Scott e apertaram as mãos – Justin Bieber!
-Scott Speer… Quase primo dela!
-Sónia estás bem?
– Perguntou Justin colocando uma mão sobre os ombros de Sónia que permanecia imóvel a olhar para o vazio.
-Bem, eu vou andando! Ela fica contigo! Toma bem conta da miúda ouviste?
-Claro senhor!
– Justin sentia-se intimidado com a altura de Scott pensando provavelmente que ele era mais velho do que na verdade o era. Acompanhou-o até á porta onde se despediram. Justin fechou a porta e correu de novo para perto de Sónia que começava a ter a respiração muito acelerada! – Que se passa? Estás a deixar-me preocupado! – Dizia ele tocando na face gélida dela. – Fala comigo… Por favor!
-Eu… Eu estou bem!
– Sónia olhou-o finalmente nos olhos – Vamos ao maravilhoso jantar?!
Disse fingindo um sorriso e começando a andar para a mesa.
-Claro! – Justin correu para chegar a tempo de desviar a cadeira para ela se sentar, como se de um jantar romântico se trata-se - J'espère que vous aimez le dîner princesse! – Disse Justin sorrindo e dando-lhe um beijo na testa enquanto se ia sentar.
-Humm…Vous parlez français? – Disse ela entrando na brincadeira enquanto lhe vinha o maravilhoso cheiro do jantar que estava á frente deles.
-Oui, oui ... C'est la langue de l'amour!
-Justin estás a tentar seduzir-me com palavras queridas e um bom jantar?
– Perguntou ela dando a primeira garfada.
-C'est la vie! Quand vous êtes dans l'amour fait place pour tout!
Sónia não resistiu nem mais um segundo e deixou-se desmanchar a rir:
-Tens um bom sotaque tu!
-Eu sei… São muitos anos de francês na escola!

E assim foi continuando o jantar.

************L.A************
Era hora de almoço no colégio… O grupinho estava todo junto, agora já não almoçavam em mesas separadas, agora tinham-se juntado e finalmente eram um grupo que era quase inquebrável!
-Quem é aquele gajo?
Perguntou Vanessa ao reparar no rapaz loiro que acabava agora de entrar.
-É o Alex Pettyfer! – Disse Demi
O líder do nosso novo grupo rival!
-Yah V… Aqueles gajos não interessam a ninguém!
Dissera agora Selena.
-Não, espera… Deves querer saltar para cima dele, não é Vanessa?

-Miley, a Van já aprendeu a lição… E ela é uma das nossas!
-Demi tu não vês que a Vanessa fica logo toda doida assim que vê um rapaz! Quer ele seja solteiro ou tenha namorada, se ela tiver uma certa química com ele quer logo saltar para a cama dele!
– Miley levantou-se e olhou Vanessa nos olhos
Se te aproximas do meu Nick… Podes ter a certeza que essa tua carinha de Hudgens te vai saltar! Percebeste?!
-Miley já chega!
– Disse Ash que acabara de chegar. – Deixa a Vanessa! – Puxou-a por um braço e meteu-a frente a si – A Vanessa já percebeu que fez mal!
-Mas ela traiu uma das nossas melhores amigas! Ash ela foi para a cama com o Zac depois de o drogar!
-MILEY! – Gritou fazendo-a parar –
Eu sei que isso tudo é verdade… Mas não a podemos culpar para sempre! Ela errou, assim como todos nós já errámos ou iremos errar um dia! Mas agora, por favor, deixa de criar este mau ambiente! – Ash sorriu e levantou o rosto de Miley para si – Posso contar contigo para vencermos este mau momento juntos, e para que possamos voltar a ser o grupo que éramos antes disto tudo?
-Sim!
– Disse Miley sorrindo – Mas se ela toca no…
-Ninguem te vai tirar o Nick! Melhor dizendo ninguém aqui irá ficar sem a sua cara metade!

**************Londres****************
-Tenho de admitir que o jantar estava óptimo! – Dizia enquanto se encaminhavam para o sofá com um gelado para comerem.
-Obrigado! Eu sabia que ias gostar!
-Como se fosse possível eu não gostar do meu prato favorito!
-Parece que ando a fazer bem os meus trabalhos de casa!
– Sónia mandou-se para o sofá enquanto Justin caminhou para a TV. – Que filme queres ver?
-Hummm… Deixo isso para ti!
Justin olhou-a e sorriu:
-Deixa um pouco de gelado também para mim! - Sónia riu e mostrou-lhe a língua – Que achas deste?
-Dia Dos Namorados?!
-Sim!
-Eu já o vi montes de vezes, e é um dos meus favoritos!
-Então… Vamos partir para um clássico! Drácula?!
Sónia sentiu o seu corpo vibrar num arrepio, era o que mais faltava agora irem ver um filme sobre a sua “raça”!
-Eu prefiro o Dia Dos Namorados! – Disse mostrando um sorriso um pouco nervoso.
-Ok, como queiras! – Justin meteu o DVD, e apressou-se a sentar ao lado dela tirando logo a sua colher e comendo um pouco do gelado. Assim a noite foi passando.
Sónia acabou por adormecer no peito de Justin, enquanto ele sorria e lhe mexia nos longos cabelos.
*******************Continua...***********************
Alex Pettyfer, o líder do grupo rival do pessoal de L.A! Acham que ele irá causar muitos estragos?
Fiquem para ver!
Parece que a Miley ainda não superou bem a ideia de Vanessa ter traído uma das melhores amigas, acham que a Ash finalmente a conseguiu tirar a ideia de traidora da cabeça da Smiley?
Ou será que a Vanessa apenas se está a fazer de vitima?
Justin queria ver o filme “Drácula”… ahahah a Sónia deve ter ficado mesmo sem reacção!
Como acham que irá correr a relação destes dois?
Parece que Sónia ainda tem sentimentos por Zac! A reacção dela mostra isso! Como será que vai correr a sua visita a L.A?
Tudo nos próximos capítulos!
Espero que tenham gostado…
É tudo por agora!
Vocês sabem que vos adoro e que me adoram
XoXo Gossip Sónia

segunda-feira, 21 de março de 2011

Capitulo 66 – “Miúda! Deixas-te o teu reino encantado!”

Olá Boa Tarde! :D
Espero que estejam a gostar da fic!
E sim é verdade, o Zac não se lembra da Sónia! :o
Agora sim, as coisas vão mudar! :D
Capitulo 66, espero que gostem e comentem!
**************************************
Na manhã seguinte já Sónia andava a correr. Queria, pelo menos, mostrar que ainda estava em forma. Com os seus fones nos ouvidos corria por Londres, poderia jurar que já tinha dado pelo menos duas voltas á cidade inteira, bem não exagerando, pelo menos uma tinha dado certamente!
Fez uma paragem num café, e comprou uma bebida energética, voltando novamente a correr enquanto a bebia e via umas montras. Ia tão distraída que nem reparou em alguém que se atravessava no seu caminho, acabando por chocar com ele e saltando a bebia das suas mãos, que por fim “aterrou” em cima dos papeis que o rapaz tinha deixado cair.
-Oh peço muitas desculpas… Eu vinha distraída! – Dizia ela tentando limpar as folhas.
-Ei… Eu conheço-te! – Disse o rapaz ao olhar melhor para ela e relembrando a sua voz. Sónia sentiu-se corar quando ouviu a voz dele. – És a miúda daquela noite, no bar! – Agora sim, Sónia estava totalmente vermelha.
-Pois, acho que sim! – Olhou finalmente para a face do rapaz, e ele era…
Lindo, seria a palavra certa? – E parece que mais uma vez faço algo embaraçoso á tua frente!
Ele riu e levantou-se ajudando-a logo a levantar-se a seguir:
-Estás bem?
-Acabei de te estragar isso tudo, mando-te ao chão, e tu ainda perguntas se EU é que estou bem?
– Sónia riu do olhar preocupado do rapaz
Acho que vou refazer a tua pergunta; bates bem da cabeça?! – Ambos riram! Sónia esticou uma mão – Sónia Montez!
-Matt Lanter!
– Disse ele apertando-a – Muito prazer!
-O prazer é todo meu! Bem… Queres ajuda? Posso recompensar-te em algo?
-Talvez num jantar logo á noite?! Que me dizes?
– Perguntou ele piscando-lhe um olho. Sónia ficou petrificada, sem reacção possível – Estava a brincar!!! Não penses coisas más sobre mim!
Sónia respirou com um pouco de alívio:
-Ah, ok!
-Ahah devias ter visto a tua cara! Agora estamos pagos! Tu trataste-me mal naquela noite, e eu “brinquei” contigo agora!
-Pois, é isso mesmo… Mas sendo assim ainda te fico a dever uma por esta queda!
-Deixa lá isso… Para a próxima pagas!
-Para a próxima?
-Claro, tenho a certeza que haverá próxima… Não há duas sem três!
– O sorriso do rapaz era encantador!
Bem, tenho de ir andando! – Aproximou-se dela e deu-lhe dois beijos, pegou nas folhas todas molhadas e começou a andar. – Espero ver-te em breve! – Disse ele levantando as folhas e acenando-lhe não se virando para ela.
-Eu também! – Sónia assim que disse isto tapou a boca, não poderia ter dito aquilo! Já tinha a vida tão complicada, ainda mais um rapaz na sua vida? Não chegava os que já lá estavam? Apanhou a sua garrafa e foi mete-la no caixote do lixo mais próximo! Ouviu o Big Ben a tocar as 9 horas. – OMG… As aulas! – Começou a correr até um beco que ela já conhecia bem, e fez o que normalmente fazia quando tinha uma emergência. “Escalava” as paredes até aos telhados dos prédios e corria e saltava até á sua casa. Quando lá chegou apressou-se a trocar de roupa e a sair de novo, mas Daniela tapou-lhe a passagem:
-Dani, vou chegar atrasada!
-Tenho a certeza que isto te interessa muito mais!
-O que é isso? Se for de L…
-Volterra!
Interrompeu Daniela. Sónia olhou-a assustada, mas pegou na carta e abriu-a começando a lê-la. – Então?
-Espera…
- No final – Estão a convocar-me para uma “reunião”!
– Disse olhando-a.
-Nem penses que vais sair daqui sem a permissão dos teus pais!
-Eu já sou grandinha… Mas mesmo assim, não quero ir!
– Mandou a carta para cima da mesinha da entrada, pegou nas suas chaves e saiu a correr.
-Hoje vou ter gravações até mais tarde!
-Ok! Eu e a Sílvia ficamos bem!
– Disse enquanto passava a estrada para ir apanhar um autocarro – Tenho de tirar a carta! – Pensou ao ver a fila. – Se eu usar mais uma vez os meus poderes não irá fazer muito mal! – Começou de novo a correr, e quando finalmente percebeu que ninguém a estava a ver deu a sua velocidade máxima, acabando por chegar á escola muito mais rapidamente!

**************L.A**************
-Está tudo bem Zachary? – Perguntava-lhe a mãe, enquanto esperava que ele acaba-se de jantar para poder ir ela para casa.
-Sim… - Zac olhou confuso para a carta que ainda tinha ao seu lado e pegou nela – SM?!
-Sim, o que tem querido?
-Eu… Ela… Quem é ou o que significa SM?
– A mãe ficou aterrorizada com a pergunta dele. Afinal sempre tinha ficado sem um pouco da sua memória. Relembrou o que Carlisle lhe dissera se nota-se que Zac tinha alguma perca de memoria, não poderia esforçar o rapaz a relembrar nada, tinha de ser ele a conseguir organizar as ideias. – Então…?
-Deve ser engano! Dá cá isso, eu entrego lá em baixo no balcão das informações!
– Dizia a mãe enquanto pegava na carta que Zac tinha na mão.
-NÃO… - Puxou ele de novo – A Inês é que me entregou isto! É para mim! Apenas preciso de saber que é a SM! Eu magoei-a… E muito, é o que ela diz aqui! – Zac leu a carta para a mãe, e ela queria-lhe dizer toda a verdade. Mas não podia!
-Bem… Já é tarde, e já jantas-te! Eu vou andando, o teu pai está á minha espera!
-Mãe por favor… Ela era minha namorada, não era?

-Não Zac… Eu não sei quem é essa rapariga! Pergunta á Inês, só ela te pode dar as respostas! – Deu-lhe um beijinho e saiu, deixando-o muito pensativo.
-Tenho de descobrir quem é ela!

************************
Inês e Robert estavam em cima do telhado do colégio, normalmente era o que faziam sempre depois do jantar:
-Que me dizes a este fim-de-semana ir-mos para um hotel?! – Perguntava ele.

-Não sei… Tenho de ver a minha agenda! – Inês começou a mexer no telemóvel – Ah estava a brincar… Agora apanhei-te!
-Então quer dizer que…
-Sim, por mim era na boa…
- Iam-se beijar quando o telemóvel dela começa a tocar.
-Mato quem quer que te esteja a ligar!
-Acho que o Zac já tem problemas suficientes!
– Disse sorrindo – Hey Zac!
-Inês! Boa noite! Olha tenho uma pergunta para te fazer!
-Chuta!
-A carta que me deste… Quem é a SM?
-OMG!
– Prenunciou ela lentamente.
-Que se passa?! – Perguntou Robert.
-O Zac não se lembra da Sónia! – Disse apenas para Rob.
-Hey que mau… Não lhe contes nada, lembra-te do que o Carlisle disse!
-Inês, estás aí?
-Ah, sim… Desculpa! Bem… Eu enganei-me… A carta não era para ti!
– Estava a fazer figas para que tivese sido convincente o suficiente.
-A sério?
-Sim… Desculpa!
-É na boa… Não a queres de volta?
-Podes ficar com ela! Já não a preciso de entregar ao ex namorado da minha… Amiga!
-Ainda bem… Sabes essa tua amiga tem um perfume muito bom!
-Se tu soubesses que isso não é o perfume dela!
-Desculpa?!
-Nada, nada… Boa noite rapaz! As melhoras!
-Obrigado! Boa noite!
Assim que desligaram:
-Como é possível?! Ele não se recorda de ter existido uma SM na sua vida!

-Ela deve de estar a passar muito mal com isto tudo!
-Ah não… Ela está bem! Ela nem quer saber que nós existimos!
-Deve ser estranho não puder estar com a irmã!
-Não é assim muito, visto que depois daquela cena nunca mais nos falámos! É bom ás vezes termos distancia das pessoas de quem gostamos!

**************Londres*****************
-Oh boa… - Disse Sónia ao perceber que afinal as suas aulas só começariam daí a uma hora! – Poderia ter falado mais com ele! – Ao pensar no rapaz de á pouco sorriu e suspirou – Até era giro!
-Olá linda!
-Justin?! Tens de deixar de aparecer assim!
-Porque?! Estavas a pensar em mim, e aqui estou eu!
Disse fazendo uma pose de modelo que a fez rir.
-Pareces… Um… -
Justin não resistiu e deu-lhe um beijo.
Sónia On
Mas que raio estou eu a fazer? A corresponder ao beijo dele? Não, não posso… Mas… Eu tenho de esquecer o passado, e o Justin pode ser uma boa distracção por agora! É isso mesmo…Justin Bieber obrigado por existires!
Sónia Off
-Aquela ali não é a…
-SÓNIA?!
– Gritou Sílvia quando saiu da sua sala de aula com Paulo.
Justin parou o beijo, e reparou que Sónia sorriu.

-Desculpa eu… - Desta vez foi Sónia a beijá-lo.
-OMG! Que fazem vocês os dois aqui?
-Não se vê logo? Estás a dar-lhe puto!
– Gozou Paulo.
-Cala-te! – Sílvia virou-se de novo para os outros dois que sorriam um para o outro. – Vocês os dois agora… Curtem?!
-Eu não “curto” com ele!
- O Justin olhou-a estranhamente e ela sorriu – Somos amigos, e apenas precisávamos de treinar o beijo técnico. – Disse ela mentindo.
-Bem… Vamos ter aula agora de canto! Vemo-nos para o almoço?
-Claro…
-Eu não posso… Tenho de ir tratar de umas coisas!
– Disse Sónia mostrando mais uma vez a sua “veia” de misteriosa.
-Podemos saber onde vais?
-São cenas sem importância!
-Para mim agora tudo o que fazes me importa…
- Disse Justin abraçando-a.
-Somos apenas bons amigos JB… Mas a sério… São cenas com o meu passaporte, eu acho que…
-Ah essas cenas?! Fogo que seca!
– A campainha tocou. – Mas agora vamos á diversão! Até logo malta! – Justin puxou Sónia para a sala enquanto os outros dois seguiram para a sala onde iriam ter aula.
-Olá alunos! Sou o novo professor de dança, canto e representação sou o…
-Professor Cam!
– Sónia saltou do seu lugar e foi abraçá-lo.
-Miúda! Deixas-te o teu reino encantado!
Até os professores achavam estranho.
-Sim, bem… Eu tentei vir seguir o meu sonho!
-Mas L.A é a terra dos sonhos!
-Pois, mas…
-E o teu príncipe, o Zac anda por aqui, tenho de ver se o vejo!

Sónia On
O meu coração deixou mesmo de bater, ou foi apenas mais uma das mil facadas que tenho andado a levar? Recuei uns passos para trás e sentia-me estranha, não, não poderia chorar aqui!
-Ele…
-Eu depois falo com ele!
-Ele traiu-me e por isso acabámos!
– Disse eu rapidamente ao me encostar a uma mesa.
-Oh, desculpa eu não sabia! Desculpa! – Porque será que quando menos queremos falar mais nos lembram dessas coisas? Senti que estava prestes a chorar, mas tentei resistir. Voltei para o meu lugar, e Justin abraçou-me:
-Está tudo bem? – Sussurrou.
-Sim! – Tentei sorrir.
-Sónia… Depois podemos falar no final da aula, não como professor/aluna, mas sim como amigos! Combinado? – Eu e o Cam sempre nos demos bem. Ele sempre foi mais do que um professor, tanto ele como a Anne. Eram nossos amigos, e estavam sempre prontos a ajudar, tenho tantas saudades da professora Anne. Mas ainda bem que ele aqui está!
-Falar sobre o quê? – Perguntei ao olhar para ele.
-Depois vês! Agora vamos começar a aula! – Disse ele enquanto escrevia algo no quadro. – Bem, como estava a dizer vou ser o vosso professor de dança, canto e representação…
-Mas nós já temos um!
– Disse um dos meus colegas. A verdade é que ainda não me tinha dado ao trabalho de os conhecer melhor. Só ao Justin, e foi porque ele pediu transferência para a minha turma! Ele é muito querido!
-Eu sei que já têm um, o professor Channing, mas eu irei trabalhar com ele! Até porque foi ele que me disse que precisavam de mais um professor, e bem… Aqui estou eu! – Cam sentou-se em cima do piano. – Que acham de me mostrarem o que valem? – Todos começaram logo aos gritinhos, e aos risos, cenas de quando se está feliz, mas para mim não era muito bom, quer dizer para os meus ouvidinhos! – Quem quer ser o primeiro ou primeira?
Claro que uma das raparigas foi logo cantar, e deixem-me estar no meu lugar sentadinha e quietinha, quanto menos fala-se melhor! Queria pensar em certas coisas, e não poderia ir cantar! Sabia que se o fizesse tinha de ir tocar guitarra, e bem acho que vocês sabem quem me ensinou a tocar guitarra! Não sabem? Vou dar uma pista, um rapaz de quem quero ter ódio, e quero esquecer para sempre!

Sónia Off
-Hey… És a Sónia, não é? – Perguntou uma rapariga ao sentar-se ao lado de Sónia.
-Sim… E tu?
-Shenae Grimes! Muito prazer!
– Cumprimentou a rapariga a sorrir.
Sónia deixou-se levar e sorriu também – Andas na nossa turma desde o inicio do ano e só andas com o Justin, até chegámos a pensar que…
-Não, eu e ele… Não!
-Eu sei disso!
– Sónia achou piada ao sorriso dela, poderia ser a sua Ash de Londres! Então e és bolseira ou… Rica?!

-Claro a típica pergunta!
– Pensou Sónia.
-Respondes se quiseres…
-Recebi uma bolsa, depois de um dos professores de cá me verem actuar no musical de final de ano em L.A. Mas os meus pais aceitaram pagar tudo, ou seja, tenho uma bolsa mas estou aqui por minha conta!
– Tentou Sónia responder.
-Humm… Pois, eu também estou aqui “por conta própria”. Mas não é nada contra os bolseiros, até á aqui bem giros! – Disse Shenae mordendo o lábio inferior e olhando em volta.
Aquele, por exemplo… - Disse apontando para um rapaz – Curti com ele na noite de Natal! Uma das minhas melhores noites! – Ambas riram. – Pareces simpática, apesar de não falares muito!
-Tu também me pareces simpática, e és “parecida” com uma pessoa que conheço em L.A!
-Sempre sonhei ir estudar para Los Angeles, ou então New York!
-São cidades muito lindas, mas muito movimentadas também! Eu por exemplo…
-Meninas… Menos barulho, por favor!
– Pediu Cam sorrindo. Sónia sorriu para ele e pediu desculpas.
-Falamos melhor lá fora! – Disse Sónia olhando de novo para o colega que cantava.
-Tu e o professor conhecem-se bem? – Meteu-se de novo Shenae com ela.
-Sim, somos amigos!
-Também quero amigos destes!
– Voltaram a rir-se e Cam mais uma vez olhou-as repreendendo-as.

*****************************
-Então continuando a tua história! – Pedia Shenae enquanto estavam na fila do bar.
-Então, como te estava a dizer… Eu sempre morei em L.A, mas nasci aqui, mas sou metade Portuguesa! - Shenae olhou-a confusa,
mais uma vez fê-la relembrar as conversas que tinha com Ash e que muitas das vezes acabavam com olhares daqueles. Sorriu e tentou explicar melhor – Tipo, eu nasci em Londres, porque os meus pais são de cá, mas depois por uns certos motivos fomos para Portugal, aí fiquei com a certidão de nascimento Luso-Descendente, apesar de meu auto-considerar Norte-Americana, porque a minha vida sempre foi passada lá! Agora já percebeste?!
-Ah, sim! Agora sim! Então vemo-nos depois!
-Claro! Até já!
– Sónia foi sentar-se na mesa dos amigos, Taylor, Justin, Sílvia e Paulo, enquanto Shenae foi ter com o seu grupo de amigos.
-Estou a ver que finalmente decidiste conhecer mais pessoas! – Disse logo Paulo.
-Ah que engraçado que o menino anda!
Divertiram-se muito durante o resto da hora de almoço, Sónia tivera de ir falar com Cam, como tinham combinado, mas tirando isso, tudo tinha corrido bem!

***************L.A***************
Era manhã em Los Angeles, no colégio todos estavam a acordar, quer dizer… Quase todos, pois havia alguns alunos que andavam a espalhar folhetos e a colar cartazes pelas paredes limpas do colégio.
-Agora vamos lá ver o que podem eles fazer contra esta nossa “promoção”! – Dizia um dos rapazes ao sorrir para o trabalho que acabavam de fazer. Ouviram paços e apressaram-se a sair dali a correr. Esses paços eram de Ash, que como tinha combinado com Scott irem dar uma volta para se despedirem já estava a pé. Acabava de vir da sua corrida matinal, e depois de ter o duche tomado e de estar devidamente arranjada saia agora do colégio. Até que reparou nas paredes:
-Não pode ser!
Ash estava a olhar seriamente para os cartazes. Eram assim:
– Como é que estes gajos… - Ouviu o seu telemóvel tocar, e sabia que era Scott que já estava á sua espera. Deu uma ultima olhadela ás paredes á sua volta e sentiu-se como se tivesse de fazer alguma coisa mas ao mesmo tempo sabia que não poderia fazer nada, afinal quem quer que tivesse feito aquilo tinha toda a razão! Saiu do colégio para ir levar Scott ao aeroporto.

**************Londres**************
-Who says
Who says you’re not perfect
Who says you’re not worth it
Who says you’re the only one that’s hurting
Trust me
That’s the price of beauty
Who says you’re not pretty
Who says you’re not beautiful
Who says
– Cantarolava Sónia enquanto entrava em casa. Daniela não estaria esta noite em casa, e Sílvia tinha ido sair com Paulo. – Forever Alone! – Disse olhando para a imensa casa que tinha á sua frente. Subiu até ao quarto e mandou as coisas escolares para cima da cama, mas alguma coisa caíra com a força que ela forneceu no gesto anterior. Foi ver o que era. Quando virou o papel para cima reparou que era uma foto. Dela e de Ash! Fechou os olhos e tentou não sorrir… - Tenho tantas saudades vossas! – Voltou a colocar a foto onde deveria de estar, e tirou algo do bolso. O seu passaporte e um bilhete de avião. Não, não era aquele que Daniela lhe tinha dado pelo Natal, mas sim um bilhete para Los Angeles. – Este fim-de-semana! – Pensou ao ver a data da viagem. Ouviu a campainha tocar – Mas do que é que estas gajas se esqueceram agora?! – Desceu as escadas com o seu típico salto igual aos de Alice e foi até á porta. Abriu-a e:
-Olá Princess! – Era Justin
Trouxe o jantar! – Disse dando um beijo da face dela, e entrando pela casa dentro como se fosse simplesmente o dono de tudo. – Ah e tenho um segurança lá fora, só para ter a certeza que não andam por aqui paparazzis!
Sónia olhava para ele completamente sem reacção.

-Justin?! Que fazes aqui? – Perguntou quando finalmente ganhou reacções de novo.
-Vim fazer-te uma visita! – Justin pousou os sacos que trazia nas mãos em cima da mesa de jantar, e começou a tirar coisas lá de dentro. – Trouxe de tudo… - Tirou uma garrafa de alguma coisa, parecia vinho – Até disto trouxe! É dos melhores que há! – Disse sorrindo e virando-se para ela mostrando a garrafa.
-Eu não bebo! – Sónia ainda não estava assim muito bem em si!
-Oh… Eu não sabia! Mas… - Tirou outra garrafa de dentro de outro saco – Tenho sumo! Do teu favorito! - Foi até á cozinha – Hoje sou eu o teu chefe de cozinha! Soube que irias estar sozinha e decidi vir-te animar! – Gritava ele da cozinha.
-Mas eu não…
-Estes ou estes?!
– Interrompia ele saindo da cozinha com uns copos na mão.
-J…
-Estes são melhores… Afinal tem a cor azul… Ah, acho que me lembro de algo relacionado com esta cor… Sim, é a tua favorita!
– Voltou para a cozinha. – Este vai ser o teu melhor jantar de sempre!

Sónia finalmente acordou e foi até á cozinha:
-JUSTIN CHEGA! – Gritou enquanto agarrava nos braços de Justin e o virava para si, não reparando se quer que ele estava com uma faca na mão.

***********************************
O Justin e a Sónia beijaram-se! :o
E mais uma vez Matt atravessa-se no caminho de Sónia!
Será que ela está mesmo destinada a ficar em Londres? Até já encontrou uma nova Ashley!
O que será que se vai passar durante este “jantar” provocado por Justin?
Coitado do Zac! :(
Volterra?! E um grupo rival para a malta de L.A?!
Que acham que irá acontecer no próximo capitulo?!
Espero que comentem e que tenham gostado!
Amanhã, dia 22 de Março, vai ser o dia mais triste para mim desde á 4 ou 5 anos! Não me perguntem porque, mas quero que fique aqui o meu “Happy B-Day” adiantado, sei que não se deve dar os parabéns antes, mas pronto! Já está! Depois de 4/5 anos a sonhar-mos juntas, parece que tudo se perdeu! Sei que cresceste, e é o que eu estou a tentar fazer agora! Espero que ambas sejamos felizes, mesmo que não estejamos na vida uma da outra, irei sempre desejar-te o melhor, espero que faças sempre o mesmo! Love U Princess :)

Vocês sabem que vos adoro, e que me adoram!
XoXo Gossip Sónia

sexta-feira, 18 de março de 2011

Capitulo 65 – “SM?!”

Olá Miúdas mais fixes do Mundo Inteiro! :)
Tudo bem? Espero que sim…
Bem aqui venho eu com mais um capitulo… E neste vão ter uma revelação!
Espero que gostem!
****************************************
-Estás bem? – Perguntou Justin abraçando Sónia.
-Sim… - Respondeu afastando-se – Eu vou andando! – Agarrou nas coisas e encaminhou-se para a porta.
-Espera… Como posso voltar a ver-te novamente!

-Se isso tiver de acontece, acontece! Não somos nós que marcamos o destino, Justin! – Sónia fez-lhe uma festa no rosto e saiu para a sua casa.

***************Umas Semanas Depois****************
-Buh!
-Ai que estúpida!
– Gritou Sílvia deixando cair o monte de folhas que trazia nas mãos, enquanto Sónia ria. – Vê lá se não queres levar!
-Ui estou cheia de medo!
– Ambas riram, e começaram a apanhar as folhas. As semanas anteriores tinham servido para elas manterem uma relação mais cúmplice, tinham-se tornado grandes amigas. Sónia agora tinha novas pessoas na sua vida, e levemente as memórias do passado iam acabando por se tornarem nisso mesmo, apenas coisas do passado. Relembrava algumas vezes a “última” conversa que tinha tido com Ash, e aquilo de o “Zac estar a morrer” continuava presente na sua mente. Era na verdade o que estava sempre na sua mente 24 horas sobre 24 horas, desde o acordar ao adormecer, sempre lá apesar de ela tentar a todo o custo esquecer. A relação com a irmã também não tinha ficado nem melhor nem pior, simplesmente não existia, assim como a de Ash e com os outros amigos. A última vez que tinha visto um amigo de Los Angeles tinha sido no fim-de-semana a seguir a ela ter voltado para Londres. Joe tinha-a ido visitar, tentar convence-la a voltar para ver Zac. Mas ela expulsara-o completamente do “seu novo mundo”! Ela queria começar tudo de novo, esquecer que era vampira, esquecer a antiga Sónia, queria criar uma nova ela e ser feliz num novo mundo, mundo esse que estava cheio de coisas novas e pessoas novas para descobrir e amar. Mas para isso tinha de esquecer tudo, mas mesmo TUDO o que tinha deixado para trás, desde amigos, família, amores, tudo tinha de ficar no passado, onde ela os tinha deixado, onde ela pensava que era lá que eles deveriam de estar, L.A, no passado, era sem dúvida o seu lugar!
-Querem uma nova cheerleader para o vosso “clã”? – Perguntou ao dar uma vista de olhos numa das folhas que estava a apanhar.
-Sim! A Sophi saiu da claque, foi para a Austrália, e por isso precisamos de alguém! – Respondeu Sílvia sorrindo, mas logo o sorriso se foi quando reparou em quem se aproximava por trás de Sónia.
-Olá mana! – Disse Natália ao passar por elas e dando um encontrão a Sílvia.
Sílvia suspirou e voltou a apanhar tudo de novo, agora tinham caído por causa de Natália.
-Eu não acredito como é que duas gémeas podem ser assim, tão diferentes!
-Nem eu! Nós até nos dávamos bem, mas pronto…
-Eu compreendo-te! Eu e a minha irmã também nunca mais voltámos a ser o mesmo!
-Bom, podes dar-me uma ajuda?
-Sim claro!
– Dividiram o monte de folhas pelas duas e cada uma foi afixar os papéis. As raparigas assim que viam o anúncio ficavam histéricas, era uma oportunidade única!
-Finalmente posso fazer a princesa Sílvia cair do seu trono! – Natália dizia isto com fúria enquanto arrancava uma folha e a mandava para o lixo.

*************L.A*************
Era a hora das visitas no hospital em L.A. Os pais de Zac tinham saído para os amigos dele o poderem ir ver.
-Olá Zacky, sei que estás a dormir… Mas olha nós estamos todos aqui! Tirando a Sónia que não pode estar presente!
– Dizia Ash enquanto agarrava na mão de Zac e lhe dava um beijo na testa.
-Ash deixa-te disso, ele não te ouve, e quando acordar ele tem de saber que a Sónia nos dispensou por completou da sua nova vida!
-Que moral tens tu para falar Vanessa? Tu que foste a causa da separação deles, e quem sabe se não foste tu a causa do acidente!
– Joe defendia Sónia com unhas e dentes
Já pensaste que se nunca tivesses dormido com o Zac isto nunca tinha acontecido, visto que ele provavelmente estaria com a Sónia e não andava feito doido pela cidade!
-Quer dizer que agora a culpa é minha?
-E de mais quem haveria de ser?
-Não fui eu que o obriguei a dormir comigo!

-Aposto que o comprimido que meteste na bebida dela era droga! Aposto que não conseguias viver com eles os dois felizes e acabaste por perder a cabeça! Não foi? Admiti que foste tu a culpada disto tudo!
– Continuava Joe acabando por dar um soco na parede.
-Joe calma! – Pediu Demi agarrando o namorado.
Não podes culpar a Van por isto ter acontecido! Ok que ela foi a causa da relação entre a Sónia e o Zac acabar, mas ela não tem culpa de mais nada!
Joe olhou para Demi e deu-lhe um beijo na testa:
-Tens razão… Desculpem, mas isto é tudo muito complicado para mim.
-E para nós também!
– Disseram todos.
-Mas eu sempre fui melhor amigo da Sónia, desde que nos conhecemos no infantário que éramos inseparáveis, mas ela mudou desde aquele maldito dia! Vocês nem imaginam como fiquei quando ela me mandou sair da sua vida quando fui ter com ela a Londres. Aquela miúda que ela era, e nós adorávamos já não é a Sónia de hoje em dia! E tenho a certeza que será muito improvável ela o voltar a ser!
Tudo ficou silencioso, e muito “pesado” entre o grupo de amigos, faltavam apenas 5 minutos para a hora de visita acabar.
-Oh god… - Disse Ash ao sentir a sua mão ser apertada. Olhou para Zac, e todos fizeram o mesmo Ele… Zac?! Zac consegues ouvir-me?
-A… Ashy!

Todos sorriam ao ouvir a voz de Zac, apesar de estar muito fraco ele estava acordado e lembrava-se pelo menos de Ash.
-Zacky, querido… Estás de volta!

-Eu vou chamar um médico!
– Disse Lautner.
-Zac lembraste de nós? Não digas nada, apenas acena sim ou não com a cabeça! – Pediu Ash. E assim Zac o fez, sorriu e acenou em sinal afirmativo! – Ai é tão bom estares de volta! – Ash não resistiu e agarrou-se a ele, apertando-o tanto no seu abraçou que Zac foi obrigado a tossir. –
Upss, desculpa!
-Seja bem-vindo Zachary!
– Disse Carlisle ao vê-lo sorrir com os amigos.
-Obrigado!
-Então e como se sente?
– Perguntou começando a examiná-lo.
-Como se um camião me tivesse passado por cima!
-Mas foi o que te aconteceu meu!
– Disse Kevin.
-Obrigado por me levantares a minha auto-estima, “meu”!
– Aqueles primeiros momentos depois de acordar estavam a ser muito bons, tudo parecia normal com ele. Sentia-se feliz por ter voltado a viver, senti-a melhor.
-O menino ainda tem de ficar cá em observações, talvez daqui a 2 semanas ou isso tenha alta!
-Mas tanto tempo? Para quê? Eu já tou bem!
-Zachary você pode sofrer algumas alterações depois de acidente, apenas queremos ter a certeza que está mesmo bom!
-“Alterações”, como assim?
-Pode ter perdas de memória, ter outros problemas que nós não tenhamos analisado! E já para não falar do pós-operatório.
-Eu fui operado?
-Claro foi! Se visse o seu estado!
-A tua cara de parvo é que ficou igual!
Disse Miley a gozar com ele.
-Ahaha obrigado, vou receber isso como um elogio! – Olhou de novo para o médico –
Mas eu lembro-me de todos, e de tudo!
-Pois, mas pelo sim pelo não fica aqui durante estas duas semanas! Agora descanse! E meninos a visita acabou! Os pais dele devem estar a chegar! Bom dia menino Efron!
– Disse Carlisle a sorrir. –
A tua irmã falou com os vossos pais, e parece que está tudo bem por lá!
-O que? Falaram com ela?
– Perguntaram todos.
-Sim, mas ela não quer falar com ninguém. Apenas ligou para os pais para eles terem a certeza de que tudo estava bem! Agora vamos… Todos a saírem!
– Disse começando a empurrar todos para fora do quarto. Inês ficou para último e deu a carta de Sónia a Zac.
-Isto é o que?
Inês não respondeu, sorriu, deu-lhe um beijo no rosto e saiu para ir ter com os outros. Zac olhou para o envelope. Cheirava bem, um perfume suave e muito doce.
-SM?! – Abriu o envelope e tirou de lá a carta. Desdobrou a folha amarrotada e as primeiras letras estavam ainda com a marca das lágrimas da escritora. Sónia tinha escrito a carta a chorar. Ele começou a lê-la - "Será que o amor realmente existe? Se existe quero encontra-lo porque já me cansei de sofrer por ti, apesar de ainda te amar, mesmo depois de tudo o que fizeste comigo, mas não é aquele amor de antigamente, e sim apenas uma paixão. Mas sinceramente, não aguentaria mais sofrer por ti de novo, como já fiz nas outras vezes, até porque o meu coração já foi destruído por ti em mais de mil pedaços. Quando soube que na verdade me enganavas, quando fingias que me amavas, e enquanto isso eu sofria e me decepcionava contigo muitas vezes. Com o tempo eu sei que te irei esquecer, mesmo que lá no fundo do meu coração, a tua imagem persista em continuar gravada, e ainda tu me continuas a atormentar nos meus pensamentos. Mas eu sei que irei encontrar alguém que realmente me ame, da maneira que um dia eu te amei e tu não soubeste dar valor. Bem que diz o ditado: "só depois de se perder um grande amor, é que se aprende a dar o valor a quem mais te amava;" mas por ti eu não vou mais correr atrás, pois sei que não vale a pena, sofrer ou me decepcionar contigo, porque eu sei que para ti eu sou apenas mais uma que fizeste de tola. Pessoas como tu deveriam sentir na pele como é mau ser enganado por uma pessoa que mais amamos e depois se descobre que era tudo mentira aquele amor que dizia ter. Talvez um dia sofras como eu sofri, pois só sentindo na própria pele saberás, o quanto ou mais, que eu sofri por ti. Fiz muitas loucuras por tua causa, mas aprendi que na verdade, não merecias nem um pingo de tudo o que eu fiz por ti, pois não mereces nem mereceste, todo o meu amor que eu tive por ti. Dei-te o sol, dei-te o mar, para ganhar o teu coração, mas para que adiantou se nunca me amaste? Hoje não quero mais saber de ti, mesmo que lá no fundo do meu coração, ele diga que ainda sonha que me ames e que nós voltemos, mas eu sigo a minha razão, e ela diz que nunca irás mudar. – Parou enquanto ganhava fôlego para continuar a lê-la, e olhou novamente para as iniciais gravadas no envelope, SM, com uma letra bonita e feita por alguém que provavelmente estava a chorar. Tentou juntar as peças, mas nada. Continuou a ler, o que seria a última parte da carta - Às vezes é preciso mudar o que parece não ter solução, deitar tudo abaixo para voltar a construir do zero, bater com a porta e apanhar o último comboio no derradeiro momento e sem olhar para trás, abrir a janela e mandar tudo borda fora, queimar cartas e fotografias, esquecer a voz e o cheiro, as mãos e a cor da pele, apagar a memória sem medo de a perder para sempre, esquecer tudo, cada momento, cada minuto, cada passo e cada palavra, cada promessa e cada desilusão, atirar com tudo para dentro de uma gaveta e deitar a chave fora, ou então pedir a alguém que guarde tudo num cofre e que a seguir esqueça o código. Esquece-me e deixa-me ser feliz, porque contigo nunca fui e não serei feliz. SM. – De novo as iniciais da escritora. Cheirou o papel, e o cheiro era mesmo muito bom. Tentou reconhece-lo, mas nada. Nem uma imagem lhe vinha á cabeça. – Fui eu que magoei esta rapariga?!

*************Londres***************
-Ai Justin… Pára! – Dizia Sónia enquanto tentava fazer o jantar. – Não te deveria ter convidado para vires aqui jantar!
-Hummm… Há não, e porque?
– Perguntava ele abraçando Sónia por trás e pressionando-a contra a bancada da cozinha.
-Porque me estás a distrair… Muito! – Sónia continuava a fazer o jantar, apesar de o corpo de Justin a estar a abraçar e a estar a tentar parar.
-É isso que eu quero fazer! – Disse ele. Sónia virou-se entre os braços do rapaz e ficaram olhos nos olhos.
-Ou te afastas ou serei obrigada a usar a minha arma!
-A sedução? Pensava que já a estavas a usar desde que nascestes!
– Justin aproximou mais o seu rosto da jovem vampira, ela sorria mas num gesto rápido pegou numa faca.
-Não Justin, a minha arma é esta! – Disse, fingindo um olhar de raiva.
-Ok, ok… Rendo-me! – Respondeu afastando-se com as mãos no ar, entrando na brincadeira e fingindo-se assustado. Sentou-se em cima da mesa da cozinha e pegou numa cenoura, começando a come-la.
-Meninos, deixem-se de brincadeiras! – Gritou Daniela da sala ao ouvir o riso dos jovens.
-Estou… Quer dizer, estamos quase a acabar! – Gritou Sónia em resposta. Virou-se de novo para a bancada, e continuou o que estava a fazer. As risadas de Justin atrás dela fizeram-na sorrir – Que foi agora?
-Nada, nada!

-Então porque te estás a rir?
-Porque ficas sexy quando estás a cozinhar á pressa!
Disse mordendo o lábio.
-Ai Justin, só tu! – Sónia levou uma mão á sua franja e afastou-a para o lado fazendo o seu típico gesto – Se as tuas fãs ou os paparazzis te ouvissem agora, acho que eu ficaria morta! – Disse rindo e virando-se para ele de novo. – Obrigada pela ajuda!
-De nada, sempre ás ordens!
– Disse mesmo sabendo que não tinha ajudado nada, e que Sónia apenas estava a ser irónica.
-Danni… Já está pronto! – Disse Sónia.
-Podem trazer… A mesa está posta!
-Levas o…
-Não eu levo isto, tu fizeste tudo e eu não te ajudei, por isso acho melhor ser eu a levar!
– Disse ele sorrindo enquanto tirava o tabuleiro das mãos frias de Sónia e se encaminhava para a sala. Ela contemplava o rapaz que agora era seu melhor amigo, o rapaz que entrara na vida dela quase sem ela perceber depois de uma noite de cantorias e que agora, god… Ela não conseguia viver sem ele! Sorriu e fechou os olhos, mas o que acontecia sempre que ela fazia aquele gesto aconteceu novamente.
-Já saíste da minha vida, porque não sais de uma vez por todas da minha mente e do meu coração?! – Disse suspirando e abrindo os olhos. Foi então até á sala, onde viu uma imagem muito feliz dos amigos, e da prima a divertirem-se.
-Anda! – Disse Justin afastando uma cadeira para ela se sentar. – Acho que te tirei o comer suficiente, acho que já sei mais ou menos o quanto comes e o que gostas! – Justin aproveitava todas as oportunidades para ganhar mais um pedacinho do coração dela.
-Obrigado… Mas não era preciso! – Sónia sentou-se e deu um beijo no rosto suave do rapaz – Eu ainda consigo fazer isso, sozinha! – Olharam-se cúmplices.
-Uhhh… Os meninos estão apaixonados! – Gozaram os outros com eles.
-Calem-se!
-É isso mesmo!
– Concordaram ambos.
A meio do jantar:

-Então e que me dizem a ser a próxima Hellcat! – Disse Sónia como “quem não quer a coisa”.
-O quê? Vais participar nas audições?! – Perguntou Sílvia não escondendo o sorriu de felicidade.
-Estava a pensar seriamente nisso!
-Oh boa! Mais uma gaja boa para ver com os meus amigos!
– Disse Paulo que levou logo uma palmada da sua namorada. – Estava a brincar amor!
-Fazes bem em ir ás audições… Eu até ia mas não tenho jeito nenhum para isso!
– Dizia Taylor enquanto comia a sobremesa.
-A Sónia é uma excelente atleta! – Disse Daniela sorrindo e agarrando na mão da prima mostrando a sua boa energia.
-Bem, não fiquem com tantas expectativas visto que há muito que não treino, e agora raramente corro!
-Mas isso nunca se perde! Acho que podemos dar as boas vindas á nova miúda da claque…
- Sílvia bateu na mesa como se fosse uma bateria e Paulo fez o mesmo – Sónia Montez! – Assobiaram e deram alguns gritos – A multidão aplaude de pé a tua entrada para o estádio… E quando os nossos jogadores estão cansados olham para ti e sorris, mostrando a tua beleza que os encanta e acabamos por ganhar mais um jogo! Ahhh… Ouves os gritos? Ouves os aplausos… Sim Sónia, são para ti!
-Pára com isso… Estás a assustar-me!
– Dizia Sónia olhando-a assustada.
-Mas é o que te vai acontecer! Vamos lá ver se não é verdade! Juntando tudo ficamos com isto: Uma prima actriz e policia famosa, Daniela Ruah, uma talentosa e com grande futuro, Sónia Montez, e por fim, mas não menos importante, um futuro ou já namorado famoso, Justin Bieber! Que rica vida que tens ou vais ter! – Dizia Paulo.
-Eu não ando com o Justin!
-Pois, sim, claro… Só andam aos beijos!
-Eu nunca beijei o Justin!
-Sónia estamos entre amigos…

-EU NÃO ANDO COM O JUSTIN!
– Gritou ela batendo na mesa e saindo em direcção ao quarto.
-Paulo foste longe de mais!
-Desculpem, estava só a brincar!
– Desculpava-se ele.
-Eu vou lá ter com ela!
Disse Daniela saindo em direcção ao quarto da prima, pensando no pior que ela poderia vir a fazer.
************L.A**********
-Estou tão feliz por ele ter acordado! – Dizia Ash enquanto estava abraçada a Scott numa esplanada á beira-mar.
-Eu também! – Beijaram-se, mas Scott parou o beijo – Tenho de ir para Londres!
Ash levantou-se e olhou-o:
-O trabalho não pode esperar?
-Puder pode, mas eu já tirei férias e agora tenho de voltar!
-Eu poderia ir contigo!
– Disse ela sorrindo.
-Puder até podias, mas não quero que percas a tua vida por minha causa. – Disse ele fazendo uma carícia no cabelo e beijando-lhe a testa – Tenho avião amanhã de madrugada!
-Quer dizer que este será o nosso último dia juntos?
-Juntos pessoalmente, mas estaremos sempre juntos em mente! E…
- Scott levantou-se e tirou algo de dentro do bolso do casaco – Isto é para ti!
Ash sorriu com o sorriso mais feliz, e mais brilhante de sempre e abriu a pequena caixa que ele lhe dera.
-Oh, é lindo amor! Amei! – Disse abraçando-o depois de colocar o anel que tivera recebido. – Quem sabe se um dia não iremos casar como o Kevin e a Danielle! – Continuou ela sorrindo.
-Pois… Talvez!
Ash afastou-se e olhou-o tirando o seu sorriso:
-Não queres casar?
-Quem sabe, um dia! Mas agora temos é de aproveitar a vida, ainda somos muito novos para isso!
Disse beijando-a.
********************************
Os outros tinham todos ido para o colégio, quando lá chegaram havia uma barulheira incrível:
-Que se passa?! – Perguntavam a alguns amigos.
-São eles – Diziam apontando para um grupo de alunos que estava no meio do refeitório. – Querem que haja eleições para a presidência da associação de estudante mais cedo, este ano!
-O que? Isso não pode ser!
– Os Jonas, Taylor, Selena, Demi, Miley, Inês e Robert foram ter com os “culpados”.
-Olha olha… Se não são os nossos queridos alunos responsáveis pela associação de estudantes! Então o Zac já acordou? E a Sónia já voltou á sua vidinha de princesa, ou nem por isso? – Perguntava um rapaz, que provavelmente seria o líder.
-Mas que queres tu com isto tudo? – Perguntou Robert.
-Só quero que esta escola tenha o devido respeito que deve ter! E vocês não estão a exercer a vossa posição enquanto lista escolhida para “reinar” aqui na escola! – Dizia o rapaz de novo.
-Então ok… Queres eleições? É o que vais ter! – Acabou Kevin por dizer.
-KEVIN?! – Gritaram os do grupo dele a repreende-lo.
-Que foi? Nós somos sempre eleitos, não vai haver problema!
-Mano chega aqui!
– Disse Nick puxando Kevin – Meu, é assim… Nós podemos ser sempre eleitos, mas é porque o Zac e a Sónia estavam na liderança! Ou seja, eles eram os presidentes, e nós apenas éramos da lista deles! Resumindo: Não votavam em nós mas sim neles os dois! – Explicou Nick fazendo um sorriso estranho.
-Então, e o que têm? Éramos eleitos na mesma!
-Argh… Querido mano, se eles os dois não estão aqui quem é que pode ser os presidentes? Eles eram os mais populares, tu sabes bem as coisas que eles eram aqui… Agora um está no hospital, e a outra nem quer saber se nós ainda estamos vivos, vamos perder as eleições na boa!
-Não vamos nada… Olha eu posso ser um bom presidente!
– Disse ele arranjando melhor o uniforme.
-Yah, yah… Tu?! – Nick desmanchou-se a rir – De certeza que ias fazer um dia especial só com desenhos animados, e doces!
-Um dia não, uma semana! Ou talvez até um mês!

Nick olhou-o e depois percebeu que não havia mesmo como fazer o irmão a perceber que eles iriam perder, por isso desistiu e voltaram para ir ter com os outros.
-O Joe e a Ash podem ser os presidentes na boa! – Disseram eles.
-Ah pois, como se isso fosse possível! Vocês só eram eleitos porque tinham os mais populares na vossa lista, isso agora acabou! Por isso podem dizer adeus aos vossos momentos de gloria! – Disseram os da outra lista a rir.
-Se for por mim nem um voto vocês vão ter! – Diziam alguns alunos que estavam a assistir á discussão deles.
-Estão a ver? Afinal não votavam só por causa da Sónia e do Zac! – Disse Joe sorrindo, virou-se para os restantes alunos – Este ano vamos juntar as nossas forças e vamos fazer deste resto do ano o melhor de sempre!
-YEAH!
– Gritaram todos, causando a irritação no líder do outro grupo.
-Quanto mais alto se sobe, maior é a queda! – Disse um do outro grupo sorrindo para eles. Viraram as costas e foram embora.
-Estes gajos… Mas quem pensam que são eles?!

*************Londres**************
Sónia estava á varanda a apanhar ar fresco, segurando o Iphone apertadamente com as duas mãos, e a tentar não chorar. A noite era a parte mais complicada do dia! E depois do que Paulo dissera ela precisava de pensar… Naquele momento vinham as perguntas á sua cabeça! Perguntas do género: “Terei eu feito a escolha certa?”, “Poderá Zac precisar de mim?”, “Porque é que eu fiquei assim?”, “Eles merecem-me como era?”… Mas por outro lado: “Claro que fiz a escolha certa, estou a seguir o meu sonho!”, “O Zac tem a Vanessa”, “Eles não precisam de mim!”. Fechou os olhos e foi quando sentiu alguém aconchega-la.
-Que se passa?! – Era Daniela. Tinha-lhe acabado de meter um casaco sobre os ombros, e agora abraçava-a depois de lhe beijar o cabelo.
-Será que fiz mesmo a escolha certa? – Perguntou Sónia olhando a maravilhosa cidade que a sua vista deslumbrava.
-Se seguiste o coração de certeza que esta é a escolha certa!
-Mas, e se eu tiver escolhido com a cabeça e não com o coração?
-Tu sabes o que fazes… Essas duvidas não te vieram á mais tempo porque?
– Perguntava Daniela pousando a cabeça num ombro da prima.
-Porque… Por nada!
-Sentes-te insegura? É normal… Temos de fazer muitas escolhas durante a nossa vida, e por vezes o que escolhemos não é o mais acertado! Mas até agora esta tem sido a tua escolha mais acertada! Acho que o coração te disse bem o que fazer!

Ambas sorriram e Sónia olhou-a nos olhos:
-Achas que eu deva dar uma oportunidade ao… ao Justin? - Daniela riu e abraçou-a – Isto não respondeu á minha pergunta!
-Segue o coração e ele nunca te desilude!
-O meu coração ainda continua em L.A!
– Disse Sónia separando-se do abraço e baixando a cabeça.
Justin acabara de ouvir tudo á entrada do quarto de Sónia. Queria entrar, mas não teve coragem, abanou a cabeça e desceu de novo até á sala de jantar, onde apenas estava Sílvia, visto que Taylor e Paulo já tinham ido.

-Vou andando miúda! – Disse pegando no casaco.
-Ok! Até amanhã!
-Até amanhã, há e se não te vir… Boa sorte para a tua procura para a nossa cheer!
-Eu já a encontrei!
– Disse ela piscando um olho para Justin, que assim que saiu foi logo cercado por paparazzis.

************************************
Que me dizem? Gostaram?!
Que acham que vai acontecer a seguir? Zac não se lembra da sua “SM”!
Acham que Sónia irá dar uma oportunidade para Justin mostrar o seu amor?

Sónia Montez, a nova "Menina da Claque"?
Eleições no Colégio em Los Angeles?

Esperem para saber tudo no próximo capitulo! ;)
Quero agradecer ao Tumblr por ter coisas fantásticas, estou a falar da carta que a Sónia escrever para o Zac, como não estava com muita imaginação para escrever cartas de despedida, decidi procurar e encontrei esta. Os créditos vão todos para a autora ou autor!
É tudo por agora!

Vocês sabem que vos adoro, e que me adoram
XoXo Gossip Sónia