sexta-feira, 18 de março de 2011

Capitulo 65 – “SM?!”

Olá Miúdas mais fixes do Mundo Inteiro! :)
Tudo bem? Espero que sim…
Bem aqui venho eu com mais um capitulo… E neste vão ter uma revelação!
Espero que gostem!
****************************************
-Estás bem? – Perguntou Justin abraçando Sónia.
-Sim… - Respondeu afastando-se – Eu vou andando! – Agarrou nas coisas e encaminhou-se para a porta.
-Espera… Como posso voltar a ver-te novamente!

-Se isso tiver de acontece, acontece! Não somos nós que marcamos o destino, Justin! – Sónia fez-lhe uma festa no rosto e saiu para a sua casa.

***************Umas Semanas Depois****************
-Buh!
-Ai que estúpida!
– Gritou Sílvia deixando cair o monte de folhas que trazia nas mãos, enquanto Sónia ria. – Vê lá se não queres levar!
-Ui estou cheia de medo!
– Ambas riram, e começaram a apanhar as folhas. As semanas anteriores tinham servido para elas manterem uma relação mais cúmplice, tinham-se tornado grandes amigas. Sónia agora tinha novas pessoas na sua vida, e levemente as memórias do passado iam acabando por se tornarem nisso mesmo, apenas coisas do passado. Relembrava algumas vezes a “última” conversa que tinha tido com Ash, e aquilo de o “Zac estar a morrer” continuava presente na sua mente. Era na verdade o que estava sempre na sua mente 24 horas sobre 24 horas, desde o acordar ao adormecer, sempre lá apesar de ela tentar a todo o custo esquecer. A relação com a irmã também não tinha ficado nem melhor nem pior, simplesmente não existia, assim como a de Ash e com os outros amigos. A última vez que tinha visto um amigo de Los Angeles tinha sido no fim-de-semana a seguir a ela ter voltado para Londres. Joe tinha-a ido visitar, tentar convence-la a voltar para ver Zac. Mas ela expulsara-o completamente do “seu novo mundo”! Ela queria começar tudo de novo, esquecer que era vampira, esquecer a antiga Sónia, queria criar uma nova ela e ser feliz num novo mundo, mundo esse que estava cheio de coisas novas e pessoas novas para descobrir e amar. Mas para isso tinha de esquecer tudo, mas mesmo TUDO o que tinha deixado para trás, desde amigos, família, amores, tudo tinha de ficar no passado, onde ela os tinha deixado, onde ela pensava que era lá que eles deveriam de estar, L.A, no passado, era sem dúvida o seu lugar!
-Querem uma nova cheerleader para o vosso “clã”? – Perguntou ao dar uma vista de olhos numa das folhas que estava a apanhar.
-Sim! A Sophi saiu da claque, foi para a Austrália, e por isso precisamos de alguém! – Respondeu Sílvia sorrindo, mas logo o sorriso se foi quando reparou em quem se aproximava por trás de Sónia.
-Olá mana! – Disse Natália ao passar por elas e dando um encontrão a Sílvia.
Sílvia suspirou e voltou a apanhar tudo de novo, agora tinham caído por causa de Natália.
-Eu não acredito como é que duas gémeas podem ser assim, tão diferentes!
-Nem eu! Nós até nos dávamos bem, mas pronto…
-Eu compreendo-te! Eu e a minha irmã também nunca mais voltámos a ser o mesmo!
-Bom, podes dar-me uma ajuda?
-Sim claro!
– Dividiram o monte de folhas pelas duas e cada uma foi afixar os papéis. As raparigas assim que viam o anúncio ficavam histéricas, era uma oportunidade única!
-Finalmente posso fazer a princesa Sílvia cair do seu trono! – Natália dizia isto com fúria enquanto arrancava uma folha e a mandava para o lixo.

*************L.A*************
Era a hora das visitas no hospital em L.A. Os pais de Zac tinham saído para os amigos dele o poderem ir ver.
-Olá Zacky, sei que estás a dormir… Mas olha nós estamos todos aqui! Tirando a Sónia que não pode estar presente!
– Dizia Ash enquanto agarrava na mão de Zac e lhe dava um beijo na testa.
-Ash deixa-te disso, ele não te ouve, e quando acordar ele tem de saber que a Sónia nos dispensou por completou da sua nova vida!
-Que moral tens tu para falar Vanessa? Tu que foste a causa da separação deles, e quem sabe se não foste tu a causa do acidente!
– Joe defendia Sónia com unhas e dentes
Já pensaste que se nunca tivesses dormido com o Zac isto nunca tinha acontecido, visto que ele provavelmente estaria com a Sónia e não andava feito doido pela cidade!
-Quer dizer que agora a culpa é minha?
-E de mais quem haveria de ser?
-Não fui eu que o obriguei a dormir comigo!

-Aposto que o comprimido que meteste na bebida dela era droga! Aposto que não conseguias viver com eles os dois felizes e acabaste por perder a cabeça! Não foi? Admiti que foste tu a culpada disto tudo!
– Continuava Joe acabando por dar um soco na parede.
-Joe calma! – Pediu Demi agarrando o namorado.
Não podes culpar a Van por isto ter acontecido! Ok que ela foi a causa da relação entre a Sónia e o Zac acabar, mas ela não tem culpa de mais nada!
Joe olhou para Demi e deu-lhe um beijo na testa:
-Tens razão… Desculpem, mas isto é tudo muito complicado para mim.
-E para nós também!
– Disseram todos.
-Mas eu sempre fui melhor amigo da Sónia, desde que nos conhecemos no infantário que éramos inseparáveis, mas ela mudou desde aquele maldito dia! Vocês nem imaginam como fiquei quando ela me mandou sair da sua vida quando fui ter com ela a Londres. Aquela miúda que ela era, e nós adorávamos já não é a Sónia de hoje em dia! E tenho a certeza que será muito improvável ela o voltar a ser!
Tudo ficou silencioso, e muito “pesado” entre o grupo de amigos, faltavam apenas 5 minutos para a hora de visita acabar.
-Oh god… - Disse Ash ao sentir a sua mão ser apertada. Olhou para Zac, e todos fizeram o mesmo Ele… Zac?! Zac consegues ouvir-me?
-A… Ashy!

Todos sorriam ao ouvir a voz de Zac, apesar de estar muito fraco ele estava acordado e lembrava-se pelo menos de Ash.
-Zacky, querido… Estás de volta!

-Eu vou chamar um médico!
– Disse Lautner.
-Zac lembraste de nós? Não digas nada, apenas acena sim ou não com a cabeça! – Pediu Ash. E assim Zac o fez, sorriu e acenou em sinal afirmativo! – Ai é tão bom estares de volta! – Ash não resistiu e agarrou-se a ele, apertando-o tanto no seu abraçou que Zac foi obrigado a tossir. –
Upss, desculpa!
-Seja bem-vindo Zachary!
– Disse Carlisle ao vê-lo sorrir com os amigos.
-Obrigado!
-Então e como se sente?
– Perguntou começando a examiná-lo.
-Como se um camião me tivesse passado por cima!
-Mas foi o que te aconteceu meu!
– Disse Kevin.
-Obrigado por me levantares a minha auto-estima, “meu”!
– Aqueles primeiros momentos depois de acordar estavam a ser muito bons, tudo parecia normal com ele. Sentia-se feliz por ter voltado a viver, senti-a melhor.
-O menino ainda tem de ficar cá em observações, talvez daqui a 2 semanas ou isso tenha alta!
-Mas tanto tempo? Para quê? Eu já tou bem!
-Zachary você pode sofrer algumas alterações depois de acidente, apenas queremos ter a certeza que está mesmo bom!
-“Alterações”, como assim?
-Pode ter perdas de memória, ter outros problemas que nós não tenhamos analisado! E já para não falar do pós-operatório.
-Eu fui operado?
-Claro foi! Se visse o seu estado!
-A tua cara de parvo é que ficou igual!
Disse Miley a gozar com ele.
-Ahaha obrigado, vou receber isso como um elogio! – Olhou de novo para o médico –
Mas eu lembro-me de todos, e de tudo!
-Pois, mas pelo sim pelo não fica aqui durante estas duas semanas! Agora descanse! E meninos a visita acabou! Os pais dele devem estar a chegar! Bom dia menino Efron!
– Disse Carlisle a sorrir. –
A tua irmã falou com os vossos pais, e parece que está tudo bem por lá!
-O que? Falaram com ela?
– Perguntaram todos.
-Sim, mas ela não quer falar com ninguém. Apenas ligou para os pais para eles terem a certeza de que tudo estava bem! Agora vamos… Todos a saírem!
– Disse começando a empurrar todos para fora do quarto. Inês ficou para último e deu a carta de Sónia a Zac.
-Isto é o que?
Inês não respondeu, sorriu, deu-lhe um beijo no rosto e saiu para ir ter com os outros. Zac olhou para o envelope. Cheirava bem, um perfume suave e muito doce.
-SM?! – Abriu o envelope e tirou de lá a carta. Desdobrou a folha amarrotada e as primeiras letras estavam ainda com a marca das lágrimas da escritora. Sónia tinha escrito a carta a chorar. Ele começou a lê-la - "Será que o amor realmente existe? Se existe quero encontra-lo porque já me cansei de sofrer por ti, apesar de ainda te amar, mesmo depois de tudo o que fizeste comigo, mas não é aquele amor de antigamente, e sim apenas uma paixão. Mas sinceramente, não aguentaria mais sofrer por ti de novo, como já fiz nas outras vezes, até porque o meu coração já foi destruído por ti em mais de mil pedaços. Quando soube que na verdade me enganavas, quando fingias que me amavas, e enquanto isso eu sofria e me decepcionava contigo muitas vezes. Com o tempo eu sei que te irei esquecer, mesmo que lá no fundo do meu coração, a tua imagem persista em continuar gravada, e ainda tu me continuas a atormentar nos meus pensamentos. Mas eu sei que irei encontrar alguém que realmente me ame, da maneira que um dia eu te amei e tu não soubeste dar valor. Bem que diz o ditado: "só depois de se perder um grande amor, é que se aprende a dar o valor a quem mais te amava;" mas por ti eu não vou mais correr atrás, pois sei que não vale a pena, sofrer ou me decepcionar contigo, porque eu sei que para ti eu sou apenas mais uma que fizeste de tola. Pessoas como tu deveriam sentir na pele como é mau ser enganado por uma pessoa que mais amamos e depois se descobre que era tudo mentira aquele amor que dizia ter. Talvez um dia sofras como eu sofri, pois só sentindo na própria pele saberás, o quanto ou mais, que eu sofri por ti. Fiz muitas loucuras por tua causa, mas aprendi que na verdade, não merecias nem um pingo de tudo o que eu fiz por ti, pois não mereces nem mereceste, todo o meu amor que eu tive por ti. Dei-te o sol, dei-te o mar, para ganhar o teu coração, mas para que adiantou se nunca me amaste? Hoje não quero mais saber de ti, mesmo que lá no fundo do meu coração, ele diga que ainda sonha que me ames e que nós voltemos, mas eu sigo a minha razão, e ela diz que nunca irás mudar. – Parou enquanto ganhava fôlego para continuar a lê-la, e olhou novamente para as iniciais gravadas no envelope, SM, com uma letra bonita e feita por alguém que provavelmente estava a chorar. Tentou juntar as peças, mas nada. Continuou a ler, o que seria a última parte da carta - Às vezes é preciso mudar o que parece não ter solução, deitar tudo abaixo para voltar a construir do zero, bater com a porta e apanhar o último comboio no derradeiro momento e sem olhar para trás, abrir a janela e mandar tudo borda fora, queimar cartas e fotografias, esquecer a voz e o cheiro, as mãos e a cor da pele, apagar a memória sem medo de a perder para sempre, esquecer tudo, cada momento, cada minuto, cada passo e cada palavra, cada promessa e cada desilusão, atirar com tudo para dentro de uma gaveta e deitar a chave fora, ou então pedir a alguém que guarde tudo num cofre e que a seguir esqueça o código. Esquece-me e deixa-me ser feliz, porque contigo nunca fui e não serei feliz. SM. – De novo as iniciais da escritora. Cheirou o papel, e o cheiro era mesmo muito bom. Tentou reconhece-lo, mas nada. Nem uma imagem lhe vinha á cabeça. – Fui eu que magoei esta rapariga?!

*************Londres***************
-Ai Justin… Pára! – Dizia Sónia enquanto tentava fazer o jantar. – Não te deveria ter convidado para vires aqui jantar!
-Hummm… Há não, e porque?
– Perguntava ele abraçando Sónia por trás e pressionando-a contra a bancada da cozinha.
-Porque me estás a distrair… Muito! – Sónia continuava a fazer o jantar, apesar de o corpo de Justin a estar a abraçar e a estar a tentar parar.
-É isso que eu quero fazer! – Disse ele. Sónia virou-se entre os braços do rapaz e ficaram olhos nos olhos.
-Ou te afastas ou serei obrigada a usar a minha arma!
-A sedução? Pensava que já a estavas a usar desde que nascestes!
– Justin aproximou mais o seu rosto da jovem vampira, ela sorria mas num gesto rápido pegou numa faca.
-Não Justin, a minha arma é esta! – Disse, fingindo um olhar de raiva.
-Ok, ok… Rendo-me! – Respondeu afastando-se com as mãos no ar, entrando na brincadeira e fingindo-se assustado. Sentou-se em cima da mesa da cozinha e pegou numa cenoura, começando a come-la.
-Meninos, deixem-se de brincadeiras! – Gritou Daniela da sala ao ouvir o riso dos jovens.
-Estou… Quer dizer, estamos quase a acabar! – Gritou Sónia em resposta. Virou-se de novo para a bancada, e continuou o que estava a fazer. As risadas de Justin atrás dela fizeram-na sorrir – Que foi agora?
-Nada, nada!

-Então porque te estás a rir?
-Porque ficas sexy quando estás a cozinhar á pressa!
Disse mordendo o lábio.
-Ai Justin, só tu! – Sónia levou uma mão á sua franja e afastou-a para o lado fazendo o seu típico gesto – Se as tuas fãs ou os paparazzis te ouvissem agora, acho que eu ficaria morta! – Disse rindo e virando-se para ele de novo. – Obrigada pela ajuda!
-De nada, sempre ás ordens!
– Disse mesmo sabendo que não tinha ajudado nada, e que Sónia apenas estava a ser irónica.
-Danni… Já está pronto! – Disse Sónia.
-Podem trazer… A mesa está posta!
-Levas o…
-Não eu levo isto, tu fizeste tudo e eu não te ajudei, por isso acho melhor ser eu a levar!
– Disse ele sorrindo enquanto tirava o tabuleiro das mãos frias de Sónia e se encaminhava para a sala. Ela contemplava o rapaz que agora era seu melhor amigo, o rapaz que entrara na vida dela quase sem ela perceber depois de uma noite de cantorias e que agora, god… Ela não conseguia viver sem ele! Sorriu e fechou os olhos, mas o que acontecia sempre que ela fazia aquele gesto aconteceu novamente.
-Já saíste da minha vida, porque não sais de uma vez por todas da minha mente e do meu coração?! – Disse suspirando e abrindo os olhos. Foi então até á sala, onde viu uma imagem muito feliz dos amigos, e da prima a divertirem-se.
-Anda! – Disse Justin afastando uma cadeira para ela se sentar. – Acho que te tirei o comer suficiente, acho que já sei mais ou menos o quanto comes e o que gostas! – Justin aproveitava todas as oportunidades para ganhar mais um pedacinho do coração dela.
-Obrigado… Mas não era preciso! – Sónia sentou-se e deu um beijo no rosto suave do rapaz – Eu ainda consigo fazer isso, sozinha! – Olharam-se cúmplices.
-Uhhh… Os meninos estão apaixonados! – Gozaram os outros com eles.
-Calem-se!
-É isso mesmo!
– Concordaram ambos.
A meio do jantar:

-Então e que me dizem a ser a próxima Hellcat! – Disse Sónia como “quem não quer a coisa”.
-O quê? Vais participar nas audições?! – Perguntou Sílvia não escondendo o sorriu de felicidade.
-Estava a pensar seriamente nisso!
-Oh boa! Mais uma gaja boa para ver com os meus amigos!
– Disse Paulo que levou logo uma palmada da sua namorada. – Estava a brincar amor!
-Fazes bem em ir ás audições… Eu até ia mas não tenho jeito nenhum para isso!
– Dizia Taylor enquanto comia a sobremesa.
-A Sónia é uma excelente atleta! – Disse Daniela sorrindo e agarrando na mão da prima mostrando a sua boa energia.
-Bem, não fiquem com tantas expectativas visto que há muito que não treino, e agora raramente corro!
-Mas isso nunca se perde! Acho que podemos dar as boas vindas á nova miúda da claque…
- Sílvia bateu na mesa como se fosse uma bateria e Paulo fez o mesmo – Sónia Montez! – Assobiaram e deram alguns gritos – A multidão aplaude de pé a tua entrada para o estádio… E quando os nossos jogadores estão cansados olham para ti e sorris, mostrando a tua beleza que os encanta e acabamos por ganhar mais um jogo! Ahhh… Ouves os gritos? Ouves os aplausos… Sim Sónia, são para ti!
-Pára com isso… Estás a assustar-me!
– Dizia Sónia olhando-a assustada.
-Mas é o que te vai acontecer! Vamos lá ver se não é verdade! Juntando tudo ficamos com isto: Uma prima actriz e policia famosa, Daniela Ruah, uma talentosa e com grande futuro, Sónia Montez, e por fim, mas não menos importante, um futuro ou já namorado famoso, Justin Bieber! Que rica vida que tens ou vais ter! – Dizia Paulo.
-Eu não ando com o Justin!
-Pois, sim, claro… Só andam aos beijos!
-Eu nunca beijei o Justin!
-Sónia estamos entre amigos…

-EU NÃO ANDO COM O JUSTIN!
– Gritou ela batendo na mesa e saindo em direcção ao quarto.
-Paulo foste longe de mais!
-Desculpem, estava só a brincar!
– Desculpava-se ele.
-Eu vou lá ter com ela!
Disse Daniela saindo em direcção ao quarto da prima, pensando no pior que ela poderia vir a fazer.
************L.A**********
-Estou tão feliz por ele ter acordado! – Dizia Ash enquanto estava abraçada a Scott numa esplanada á beira-mar.
-Eu também! – Beijaram-se, mas Scott parou o beijo – Tenho de ir para Londres!
Ash levantou-se e olhou-o:
-O trabalho não pode esperar?
-Puder pode, mas eu já tirei férias e agora tenho de voltar!
-Eu poderia ir contigo!
– Disse ela sorrindo.
-Puder até podias, mas não quero que percas a tua vida por minha causa. – Disse ele fazendo uma carícia no cabelo e beijando-lhe a testa – Tenho avião amanhã de madrugada!
-Quer dizer que este será o nosso último dia juntos?
-Juntos pessoalmente, mas estaremos sempre juntos em mente! E…
- Scott levantou-se e tirou algo de dentro do bolso do casaco – Isto é para ti!
Ash sorriu com o sorriso mais feliz, e mais brilhante de sempre e abriu a pequena caixa que ele lhe dera.
-Oh, é lindo amor! Amei! – Disse abraçando-o depois de colocar o anel que tivera recebido. – Quem sabe se um dia não iremos casar como o Kevin e a Danielle! – Continuou ela sorrindo.
-Pois… Talvez!
Ash afastou-se e olhou-o tirando o seu sorriso:
-Não queres casar?
-Quem sabe, um dia! Mas agora temos é de aproveitar a vida, ainda somos muito novos para isso!
Disse beijando-a.
********************************
Os outros tinham todos ido para o colégio, quando lá chegaram havia uma barulheira incrível:
-Que se passa?! – Perguntavam a alguns amigos.
-São eles – Diziam apontando para um grupo de alunos que estava no meio do refeitório. – Querem que haja eleições para a presidência da associação de estudante mais cedo, este ano!
-O que? Isso não pode ser!
– Os Jonas, Taylor, Selena, Demi, Miley, Inês e Robert foram ter com os “culpados”.
-Olha olha… Se não são os nossos queridos alunos responsáveis pela associação de estudantes! Então o Zac já acordou? E a Sónia já voltou á sua vidinha de princesa, ou nem por isso? – Perguntava um rapaz, que provavelmente seria o líder.
-Mas que queres tu com isto tudo? – Perguntou Robert.
-Só quero que esta escola tenha o devido respeito que deve ter! E vocês não estão a exercer a vossa posição enquanto lista escolhida para “reinar” aqui na escola! – Dizia o rapaz de novo.
-Então ok… Queres eleições? É o que vais ter! – Acabou Kevin por dizer.
-KEVIN?! – Gritaram os do grupo dele a repreende-lo.
-Que foi? Nós somos sempre eleitos, não vai haver problema!
-Mano chega aqui!
– Disse Nick puxando Kevin – Meu, é assim… Nós podemos ser sempre eleitos, mas é porque o Zac e a Sónia estavam na liderança! Ou seja, eles eram os presidentes, e nós apenas éramos da lista deles! Resumindo: Não votavam em nós mas sim neles os dois! – Explicou Nick fazendo um sorriso estranho.
-Então, e o que têm? Éramos eleitos na mesma!
-Argh… Querido mano, se eles os dois não estão aqui quem é que pode ser os presidentes? Eles eram os mais populares, tu sabes bem as coisas que eles eram aqui… Agora um está no hospital, e a outra nem quer saber se nós ainda estamos vivos, vamos perder as eleições na boa!
-Não vamos nada… Olha eu posso ser um bom presidente!
– Disse ele arranjando melhor o uniforme.
-Yah, yah… Tu?! – Nick desmanchou-se a rir – De certeza que ias fazer um dia especial só com desenhos animados, e doces!
-Um dia não, uma semana! Ou talvez até um mês!

Nick olhou-o e depois percebeu que não havia mesmo como fazer o irmão a perceber que eles iriam perder, por isso desistiu e voltaram para ir ter com os outros.
-O Joe e a Ash podem ser os presidentes na boa! – Disseram eles.
-Ah pois, como se isso fosse possível! Vocês só eram eleitos porque tinham os mais populares na vossa lista, isso agora acabou! Por isso podem dizer adeus aos vossos momentos de gloria! – Disseram os da outra lista a rir.
-Se for por mim nem um voto vocês vão ter! – Diziam alguns alunos que estavam a assistir á discussão deles.
-Estão a ver? Afinal não votavam só por causa da Sónia e do Zac! – Disse Joe sorrindo, virou-se para os restantes alunos – Este ano vamos juntar as nossas forças e vamos fazer deste resto do ano o melhor de sempre!
-YEAH!
– Gritaram todos, causando a irritação no líder do outro grupo.
-Quanto mais alto se sobe, maior é a queda! – Disse um do outro grupo sorrindo para eles. Viraram as costas e foram embora.
-Estes gajos… Mas quem pensam que são eles?!

*************Londres**************
Sónia estava á varanda a apanhar ar fresco, segurando o Iphone apertadamente com as duas mãos, e a tentar não chorar. A noite era a parte mais complicada do dia! E depois do que Paulo dissera ela precisava de pensar… Naquele momento vinham as perguntas á sua cabeça! Perguntas do género: “Terei eu feito a escolha certa?”, “Poderá Zac precisar de mim?”, “Porque é que eu fiquei assim?”, “Eles merecem-me como era?”… Mas por outro lado: “Claro que fiz a escolha certa, estou a seguir o meu sonho!”, “O Zac tem a Vanessa”, “Eles não precisam de mim!”. Fechou os olhos e foi quando sentiu alguém aconchega-la.
-Que se passa?! – Era Daniela. Tinha-lhe acabado de meter um casaco sobre os ombros, e agora abraçava-a depois de lhe beijar o cabelo.
-Será que fiz mesmo a escolha certa? – Perguntou Sónia olhando a maravilhosa cidade que a sua vista deslumbrava.
-Se seguiste o coração de certeza que esta é a escolha certa!
-Mas, e se eu tiver escolhido com a cabeça e não com o coração?
-Tu sabes o que fazes… Essas duvidas não te vieram á mais tempo porque?
– Perguntava Daniela pousando a cabeça num ombro da prima.
-Porque… Por nada!
-Sentes-te insegura? É normal… Temos de fazer muitas escolhas durante a nossa vida, e por vezes o que escolhemos não é o mais acertado! Mas até agora esta tem sido a tua escolha mais acertada! Acho que o coração te disse bem o que fazer!

Ambas sorriram e Sónia olhou-a nos olhos:
-Achas que eu deva dar uma oportunidade ao… ao Justin? - Daniela riu e abraçou-a – Isto não respondeu á minha pergunta!
-Segue o coração e ele nunca te desilude!
-O meu coração ainda continua em L.A!
– Disse Sónia separando-se do abraço e baixando a cabeça.
Justin acabara de ouvir tudo á entrada do quarto de Sónia. Queria entrar, mas não teve coragem, abanou a cabeça e desceu de novo até á sala de jantar, onde apenas estava Sílvia, visto que Taylor e Paulo já tinham ido.

-Vou andando miúda! – Disse pegando no casaco.
-Ok! Até amanhã!
-Até amanhã, há e se não te vir… Boa sorte para a tua procura para a nossa cheer!
-Eu já a encontrei!
– Disse ela piscando um olho para Justin, que assim que saiu foi logo cercado por paparazzis.

************************************
Que me dizem? Gostaram?!
Que acham que vai acontecer a seguir? Zac não se lembra da sua “SM”!
Acham que Sónia irá dar uma oportunidade para Justin mostrar o seu amor?

Sónia Montez, a nova "Menina da Claque"?
Eleições no Colégio em Los Angeles?

Esperem para saber tudo no próximo capitulo! ;)
Quero agradecer ao Tumblr por ter coisas fantásticas, estou a falar da carta que a Sónia escrever para o Zac, como não estava com muita imaginação para escrever cartas de despedida, decidi procurar e encontrei esta. Os créditos vão todos para a autora ou autor!
É tudo por agora!

Vocês sabem que vos adoro, e que me adoram
XoXo Gossip Sónia

10 comentários:

-dianna, disse...

What the... como é que o Zac não se pode lembrar?! o-o

Yes, Sonia uma Hellcat xD

LINDO :D

Sonya*-* disse...

Olá lindaaa
OMG OMG OMG não acredito o Zac não se lembra da sua sonia como é isso possível logo o seu grande amor :p
Como a sónia vai reagir quando souber que ele já não se lembra dela :O
Ahahahahah esse Justin é só rir não me digas que a sonia vai na cantiga dele??? Ahhaha
A Sónia como cheerleder vamos lá ver se não tira o lugar de capitã da Sílvia acho que a partir daí já não se darão bem ahahha
O joe tão fofo a defender a sua melhor amiga assim é que é, mas mesmo assim tenho pena da Vanessa :s
A carta era tão triste ( estava linda parabéns a esse individuo) mas msm assim se o zac não tivesse perdido a memoria ficaria com ocoração despedaçado
Bem chega de escrever quero mais capítulos
Bjinhoss linda

Inês disse...

Olá!!
Adorei!!!
O Zac n se lembra :/
Bjs

Joana [Ashley-Miley] disse...

adorei!! o zac nao se lembra.. omg!
quero mais xD
beijinhos

New - Vida de Famoso é um Problema disse...

Ameeey, posta logoo
xoxoxoxo =)

Joana [Ashley-Miley] disse...

Ola, o site Ashley-Miley mudou finalmente de visual, devido aos problemas que tivemos com o layout decidimos encomendar.
Deixa a tua opinião,
www.ashley-miley.pt.la

A EQUIPA.

@ MissLiss disse...

O zac não se lembra . xD
Adorei querida (:

Fic The Climb disse...

Nao acredito que o Zac nao se lembre da Soniaa :(

(As minhas personagens preferidas sao a Miley (Claro xD) e a Sónia !

AMEI, AMEI, AMEI, AMEI, AMEI, AMEI MUITO, MUITO, MUITOO

Mas, quero maisss *-* To muito ansiosa, deus queira que o proximo cap. seja tao grande como este :P


Mais uma vez, muito obrigada por comentares sempre o meu blog . E amei muito o cap. .

*.* Kisses

Joana [Ashley-Miley] disse...

Obrigada querida :D

Biia Jonas disse...

OMG Zac não se lembra de Sonia :O
Acho que ela deve ou dar uma chance ao Justin ou voltar logo a L.A!
Posta logo
Beijonas