segunda-feira, 25 de abril de 2011

Capitulo 72 – “Zachary Efron… Muito prazer!”

Boa tarde lindas!
Tudo bem? Espero que sim! :D
Bem, hoje não vou falar muito porque acho que querem saber quem era o tal, certo?
Por isso aqui fica…
Espero que gostem!
***********Capitulo 72 – “Zachary Efron… Muito prazer!”**************
-Não faz mal… Estás bem? – Sónia nem queria acreditar na voz que ouvia. A voz mais doce mas ao mesmo tempo mais sexy que já lhe tinha passado pelos ouvidos. Era ele!
-Oh meu deus… - Foi apenas o que ela conseguiu dizer ainda no chão. Zac levantou-se, a coxiar e agarrado á parede e esticou-lhe uma mão.
-Deixa-me ajudar-te! –
Disse sorrindo. Sónia estava petrificada, ele estava mais lindo do que nunca, apesar de estar com a roupa do hospital, os olhos mais azuis e brilhantes do que nunca, o cabelo com um ligeiro toque mais adulto, Zac estava mais perfeito do que os deuses! Mas ela enquanto via o rapaz sorrir-lhe, ao mesmo tempo começou a ver as imagens daquela manhã trágica! Via Zac e Vanessa apenas em roupa interior, depois de terem tido uma noite… Sónia abanou a cabeça, queria tirar aquelas imagens da sua visão. Num ápice levantou-se sem se quer agarrar na mão dele. – Estás mesmo bem? Não te magoaste… Bates-te com a cabeça na parede! – Zac olhava-a com o típico olhar protector. Tentou ler-lhe os pensamentos como da primeira vez que tiveram juntos, mas novamente não conseguia terminar o que começara. Uma tremenda dor de cabeça foi apenas o que ganhou!
-Au! – Disse levando as mãos á cabeça.
-Eu disse… Deveria ter-me deixado ajuda-la menina! – Zac agarrou finalmente na mão de Sónia – Está gelada!
-Ele já nem se lembra do toque da minha pele! –
Pensava Sónia olhando nos olhos.
-Vamos… Eu ajudo-a a ir até ao gabinete do meu médico!
-Não, eu estou bem! – Disse ela conseguindo finalmente tirar o seu olhar do dele. – Obrigado pela preocupação…
-Eu ainda sou cavalheiro… Apesar de estas roupas não me favorecerem! – Ambos riram. Sónia olhou-o nos olhos mais uma vez – Zachary Efron… Muito prazer! – Disse ele estendendo-lhe uma mão.
-Prazer! – Disse Sónia sorrindo e apertando-lhe a mão.
-E tu…?
-Ah miúda… Pensávamos que tinhas morrido! – Interromperam Justin e o Thomas.
-Está tudo bem?
-Sim J… Fui eu que sem crer fui contra ele… Mas já está tudo bem!
Thomas olhavam para Sónia para tentar perceber se ela estava a usar alguns dos seus poderes para fazer Zac recordar-se dela, mas não, Sónia não tinha essas intenções, por enquanto!
-Dr. Montez… Ela bateu com a cabeça! – Repetia Zac completamente preocupado – Ela pode ter feito algum traumatismo craniano… Ela pode estar muito magoada!
-Pai eu estou bem!
-Pai?!
-Menino Zac, deveria de estar em repouso, ou então já não tem alta segunda-feira! – Thomas disse, tentando a todo o custo que Zac não percebesse coisas que não eram indicadas.
-Nós vamos andado… Foi um prazer Zac! – Disse ela despedindo-se de Zac e do Pai, entrando com Justin para um elevador.
-Espero ver-te em breve! – Ainda gritou Zac. Thomas riu e deu-lhe um leve estalo. – Ela é sua filha, Thomas?
-Sim! Vamos, eu levo-te até ao quarto!
Pelo caminho
-Como se chama? A miúda… - Perguntava Zac antes de se deitar de novo.
-Qual miúda?
-A sua filha, aquela em quem eu fui bater!
-Ah, Sónia…
-Sónia… - Zac ficou pensativo, por momentos poderia jurar que a vira antes. Thomas não ligou, sabia que ele não se iria relembrar de nada – É linda!
-Obrigado… Agora deite-se e descanse!
Quando Thomas ia a sair:
-Pode dar-me o número dela? Conte-me coisas sobre ela! – Pedia Zac.
-Ela não vive em Los Angeles! Estuda artes em Londres, só vem cá de vez em quando, por isso não há motivos para te dar o número dela!
-Quer dizer que ela é irmã da Inês?
-Claro que é Efron! Mas vá, a minha vida não é só responder-te a perguntas! Até logo!
Assim que Thomas saiu do quarto, Zac foi até á janela. Ela estava a sair do hospital com Justin, e olhou para cima, encarando a janela onde Zac estava. Zac acenou-lhe e sorriu, enquanto ela continha as lágrimas e era encaminhada para dentro do carro de Justin.
*****************************
-Não fiques assim Miley… Amanhã ainda a vais ver! – Dizia Nick enquanto abraçava a namorada.
Andavam os dois a dar um passeio por L.A, tinham o resto da manhã para estarem os dois juntos visto que Miley só iria para casa dos pais ao inicio da tarde.
-Ela já não quer saber de nós…
-Não digas isso Smiley… Sabes bem que isso não é verdade!
-Não? Então porque é que nem nos ligas, nem se quer se interessa para saber se nós tamos bem ou não? – Miley parou e olhou Nick nos olhos.
-Hey, hey… Que é isso? – Dizia ele enquanto a abraçava – Sabes que os horarios são diferentes, sabes que a disponibilidade dela agora não é a mesma…

-Mas Nick, ela sempre fora uma das minhas melhores amigas… Lembro-me que antes de nos juntar-mos ao grupo dos “populares” ela sempre esteve connosco ignorando ser popular ou não! Quando eu me mudei para cá ela foi uma das que me deu a mão, e agora é estranho não puder mais contar com ela!
-Mas tu podes sempre contar com ela! E mesmo que não seja com ela, sabes que eu vou estar sempre aqui! Ao teu lado para sempre Miley! – Concluiu ele beijando-a.
**************************
-Então filha, sempre vais de fim-de-semana com o Robert? – Perguntava Isabella a Inês.
-Sim… Em principio… Já só iremos aproveitar o dia de amanhã, mas sempre é melhor do que nada! – Respondeu Inês enquanto fazia as malas.
Isabella sentou-se na cama da filha e olhou-a sorrindo:
-Estás mesmo apaixonado por ele!
Inês sorriu e sentou-se ao lado da mãe:
-Acho que sim! Ele é fantástico!
-Espero que não te enganes… Eu gosto muito do rapaz, o Robert é um excelente vampiro, e parece ser um bom namorado!
-E é! Sabe mãe, ele é o único rapaz com quem eu me vejo daqui a muitos anos casada e com filhos!
-Inês – Isabella mexeu-se um pouco desconfortável com aquele desabafo dela – Tu sabes que como és vampira não podes ter filhos!
-Eu sei isso tudo, mas…
-E quando atingires os 20 anos vais deixar de mudar o teu corpo, ficarás como estiveres para sempre!
-Eu sei mãe, mas eu quero mesmo ser feliz com o Robert! Então porque é que você e o pai me tiveram a mim e á Sónia, visto que também são vampiros?
-Bem, ele era vampiro, eu não!
-Como assim? Um amor impossível?
-Digamos que… Sim, é verdade!
-Humm, muito me conta! – Gozou Inês dando um pequeno encontrão á mãe – Mas eu também só irei ser vampira á seria quando atingir os meus 20 anos, ainda posso ter filhos até lá!
-Inês Montez! Tu tens 18 anos… Não penses em disparates agora!
-Eu quero ser feliz com ele! Se tu foste com o pai, porque não posso eu ser com o Rob?

-Porque eram tempos diferentes, visto o que aconteceu com a Sónia?
-Mas o Zac não era vampiro, ele não pertence á nossa natureza, agora o Robert, ele é o par perfeito para mim! Mãe nós nascemos para ficar juntos! – Levantou-se e sorriu para Isabella – Ele no outro dia pediu-me em casamento na brincadeira claro, mas ele foi muito querido!
-Ai Inês, eu nem sei o que te diga… Tu és doida, só pode! – Isabella deixou a filha sozinha no quarto enquanto pensava no que tinha acabado de ouvir. Inês estava mesmo decidida a ficar com Robert para sempre, e o sempre deles não era um sempre qualquer!
************************
-Sabes, estive a pensar e acho que vou aceitar o convite do Scott! – Dizia Justin enquanto comia um gelado com Sónia num dos cafés mais conhecidos de L.A
-Que convite?
-Aquele de eu gravar um CD, melhor dizendo um EP!
-A serio? Isso seria… Muito bom para ti, um novo passo na tua carreira! – Dizia Sónia abraçando-o.
-Eu sei, é o máximo! Tipo andei a pensar bue, e acho que é um bom risco a correr!
-Eu também acho! A editora onde o Scott trabalha é uma das melhores do mundo, já lançaram bastantes vozes conhecidas, e acho que tu serás o próximo!
-Ah, obrigado! Eu não sou assim tão bom!

-Não é o que as tuas fãs dizem… - Sónia reparou num grupo de raparigas uns aninhos mais novas que eles e leu-lhes os pensamentos. Teve de se conter para não rir! – Tenho a certeza que por elas estavas na cama de cada uma! – Disse no fim de ler-lhes as mentes.
-Ás vezes metes-me medo! – Disse rindo. – Parece que consegues ler mentes… És bue estranha, mas eu gosto disso!
-Sim Justin, continua a atirar-te a mim que eu gosto!
****************************
E então? Gostaram?
Um tal de Zachary Efron… Era esse que esperam ser?
Espero que sim! :p
E hoje ficaram a saber mais uma coisa sobre as manas Montez!
E agora que acham que vai acontecer?
Ideias?
Espero que tenham gostado! :D
É tudo por agora!
Voçês sabem que me adoram e que eu vos adoro!
XoXo Gossip Sonny

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Capitulo 71 – “O número 14 estava sempre lá!”

Hey guys!
What’s up?
Bem, aqui venho em com um novo capitulo…
Aqui vai… Espero que gostem!
Desculpem por nao ter as tipicas minhas cores! :s
**************Capitulo 71 – “O número 14 estava sempre lá!”***************
Justin e Sónia acabavam de chegar a Venice Beach, como ele tinha pedido. Era sem dúvida um local lindo! Mas para Sónia era um local com muitas recordações, a verdade é que aquela praia era a dela e a dos amigos!
-Isto é lindo! – Dizia ele batendo com a porta do carro e subindo para um pequeno muro que havia a dividia a areia da praia da zona urbana de L.A. – Tira-me uma foto! – Sónia sorriu, e levou a mão á bolsa com a máquina fotográfica que tinha trazido.
-Sorri! – Pediu-lhe ela. E assim Justin o fez.
-Bora! – Justin agarrou na mão de Sónia e ambos correram até á beira-mar. – Ah, que bom que é este ar! – Dizia ele respirando fundo a maresia que se sentia no ar.
Sónia sorria enquanto tentava colocar a máquina novamente na bolsinha:
-Vamos dar uma volta?!
-Claro! – Justin começou a caminhar ao lado a Sónia. Tirou os seus ténis, enquanto Sónia caminhava ainda calçada, Justin tirou-os com a intenção de molhar os pés. – Isto é maravilhoso!
-É a minha cidade e basta! – Sónia mostrava-se orgulhosa por estar a mostrar-lhe a sua cidade. Foi quando começou a sentir uma mão a roçar na sua. Justin estava-lhe a tentar causar sensações, mas o coração agora quase gelado dela não estava preparado para assumir uma nova paixão! Continuou a olhar o infinito á sua frente, quando Justin deu um novo passo, deu a mão a Sónia. Ela sorriu, e deixou-se estar. Pelo canto do olho reparou que ele sorria também.
-Deveria ter-te pedido para vir contigo… Mas quis fazer-te uma surpresa!
-É na boa! Acho que precisava de um amigo de Londres para me voltar a levar para lá!
Justin começava a entrelaçar os seus dedos nos dela, e começou a balançar as mãos, aproximando-se mais dela.
-Eu gosto mesmo muito de ti! – Dizia ele sorrindo, continuando sem a olhar.
-Eu também JB! – Sónia olhou-o sorrindo também. É claro que com ele não sentia as mesmas coisas que sentia quando estava com Zac… Lá estava novamente Zac na sua mente! Tinha-o de esquecer! E Justin certamente seria uma grande distracção…
-Ali é o famoso hospital de L.A, não é? – Justin reparava num grande edifício situado do outro lado da rua. – Vamos lá dentro!
Sónia não percebera o grande deslumbramento de Justin por hospitais, talvez por ele ter partido uma perna á pouco tempo e ter conhecido uma enfermeira de jeito é que ele gostava de hospitais, ou tinha sempre a segunda hipótese, ele só queria conhecer todo o que pudesse e mais alguma coisa das cidades que visitava.
-Sim… Queres ir dar uma volta lá por dentro?
-Não podemos…
-Claro que podemos… O meu pai e o meu tio são dois dos médicos mais famosos de L.A, devem de estar em serviço, e diga-se de passagem que não sou nenhuma desconhecida no hospital! – Disse ela rindo – Vá, vamos!
-Espera! – Justin fê-la olhar para ele, e assim tirou-lhe uma foto. – Agora sim, podemos ir!
***************************
Na casa dos Cullen todos se estavam a divertir, já estavam todos em casa, menos Thomas e Carlisle que tal como Sónia previa tinham voltado ao trabalho.
-Bem, está a ser um grande dia, mas é melhor irmos andando… A Sónia ainda deve de demorar! – Dizia Kevin levantando-se.
-Desculpem meninos… Pensávamos que ela não demoraria! - Dizia Esme.
-Nós compreendemos! Nem a avisámos de que viríamos cá! Obrigado pelo lanche senhora Cullen e senhor Montez! – Agradeceu Ashley pegando no seu casaco.
-Voltei quando quiserem!
-São sempre bem-vindos! – O grupo saiu e caminhou até onde tinham deixado os carros.
-É pena não a termos visto hoje! – Miley parecia desiludida.
-Deixa, ainda temos o dia todo de amanhã!
*******************************
Sónia e Justin entravam no hospital, ainda de mãos dadas e assim que foram notados, Sónia não passou mais despercebida:
-Menina Montez! Pensava que estava em Londres! – Dizia uma empregada da recepção enquanto ia até ela e a cumprimentava.
-Olá! Vim fazer uma visitinha! – Disse ela sorrindo. – O meu pai e o meu tio, estão por aí?
-Sim… Chegaram á umas horas atrás! Foram a casa!
-Eu sei, eu tive com eles, mas vim fazer uma visitinha! – Sónia sentiu os olhos das empregadas que falavam com ela irem para Justin que estava a tirar fotos a tudo o quanto podia – É o Justin!

-Nós sabemos menina… Apenas não sabíamos era que ele era seu namorado!
-A menina tem um namorado famoso agora?! – As duas empregadas mostravam um sorriso maroto, enquanto Sónia ficou congelada quando avistou duas pessoas suas muito conhecidas ao fim do corredor.
-Ham, não… Somos amigos! Só isso!
Sonia On
Os senhores Efron! Sim, são eles mesmos! Pensava que o Zac não estava neste hospital, oh pois que estúpida que eu sou, é claro que ele estava aqui. É o melhor hospital, e mais famoso de L.A, já para não falar que o Carlisle e o meu pai disseram que eram os médicos dele, por isso era normal que ele estivesse aqui. Que parva que eu sou!
-Sónia, olá minha querida! – Era impressionante a simpatia de Starla, a mãe de Zac. Talvez ela só estivesse assim comigo, porque ainda não sabia que eu e ele tínhamos acabado e que eu, bem, talvez eu tenha sido a causa do acidente! Senti os braços dela á volta do meu corpo. Á muito tempo que não recebi abraços de familiares de amigos meus, mas este até me soube muito bem!
-Olá Senhora Efron! – Não me sentia á vontade para a chamar pelo nome principal, afinal eu só tinha estado com ela umas 4 ou 5 vezes, nada demais.
-Vieste ver o Zachary?
-Ele está no quarto no 114… Segundo andar! – Os pais dele eram sempre muito prestáveis, mas desta vez preferia não ter recebido esta informação! 114, o 14 estava lá, ou seja o nosso número da sorte, 14, o dia em que nos aproximámos, 14 dias depois começámos a andar… O número 14 estava sempre lá!
-Obrigado, mas não… Quer dizer, eu não vinha visitar o Zac, até porque ele não se lembra de mim, não valia de nada, vim com um amigo meu visitar o meu pai e o meu tio! – Conseguia ouvir os pensamentos de toda a gente ali á minha volta, Justin pensava em tirar a melhor fotografia possível, outros pensavam em ir comer, outros estavam com medo do familiar internado morre-se, eles, os pais de Zachary estavam triste por Zac não se recordar de mim. Isso tocou-me! Não consegui resistir e abracei-a, tentando ser o mais querida possível.
-Oh querida nós pensámos que estava tudo bem! Pensávamos que finalmente ele tinha crescido e encontrado alguém de jeito, tinha logo de lhe acontecer aquilo!
Se vocês soubessem o que ele me fez… Mas bem, SM vamos esquecer isso por um momento!
-É verdade senhora Efron… Mas talvez tenha sido um sinal – Disse ainda nos braços dela.
-Um sinal? – Ouvi o pai de Zac dizer.
-Sim! – Afastei-me de Starla, e olhei-os fingindo um sorriso – Talvez a nossa historia estivesse a ser apenas um erro, e o acidente serviu para finalmente percebermos que não nos devíamos ter envolvido como nos envolvemos! – Foi impossível não perder o meu sorriso. – Mas bem, vou ter com o meu pai!
-Claro linda! – Despedimo-nos e eu fui até ao Justin que continuava a tirar fotos, não sei bem ao quê, mas acho que ele me tinha estado a vigiar com câmara!
-Queres ir conhecer dois dos homens da minha vida? – Perguntei sorrindo.
-Claro! – Justin e eu fomos até ao consultório do meu pai, passaríamos depois pelo do meu tio. Bati ás duas portas, mas não estava lá ninguém. Alguém falou atrás de nós:
-Menina Montez, o seu tio e o seu pai estão lá em cima! Se quiser eu levo-vos lá! – Disse uma enfermeira olhando para nós, enquanto ia com umas folhas nas mãos.
Justin aceitou logo, e quando dei por mim já estávamos no elevador a subir para o segundo piso.
Sónia off
Sónia ia com algum receio de encontrar Zac no corredor, começou a olhar para tudo quanto era quarto, tentava sentir o cheiro de Zac, mas haviam muitas coisas misturadas, não era fácil reconhecer um cheiro em particular.
Finalmente, e sem encontrar pessoas “indesejadas” chegaram onde o pai de Sónia estava.
-Estou a ver que o menino já está melhor… Ossos muito bons! – Ouviram Thomas dizer para um menino que parecia ter feito uma entorse. – Para a próxima vez, vê melhor se não caís a jogar futebol!
-Obrigado Dr Montez! – O menino saiu com a mãe, e Sónia e Justin entraram.
-Olá daddy! – Disse ela indo dar-lhe um abraço.
-Querida, que surpresa agradável! – Olhou Justin por cima do ombro de Sónia e sussurrou-lhe – Quem é aquele?
-É o Justin! – Respondeu-lhe afastando-se e ficando a olhar para o rapaz. – Justin, este é o meu pai, o doutor Thomas Montez! – Disse sorrindo e apontando para o pai.
-Senhor Montez, é um prazer conhece-lo! – Justin tinha a mão a tremer quando cumprimento Thomas, que riu do estado dele.
-Tira o senhor, e trata-me por Thomas!
-Eu vou á casa de banho, ficas bem?
-Vai descansada, que o rapaz não foge! – Thomas sorriu para Justin, enquanto Sónia saiu da sala – Então, como vai a tua carreira?
-Bem…
-E a tua… “amizade” com a Sónia?
-Bem… - Respondeu novamente Justin sem tirar os olhos do chão.
-Oh rapaz, não fiques assim tão nervoso! Espera… Não a vais pedir em casamento pois não?
-Ah claro que não! – Agora sim, Thomas tinha conseguido despertar Justin para a realidade.
No corredor
Sónia ia quase a chegar á casa de banho, quando numa “esquina” de dentro do hospital alguém foi contra a ela.
-Upss, desculpa! Não era minha intenção! – Disse ela sem olhar para a pessoa que estava caída á sua frente com as canadianas ao seu lado.
*******************************
E então? Gostaram? Espero que sim…
Que acham que vai acontecer a seguir?
Quem acham que era a pessoa que foi contra a Sónia?
Como correrá o último dia de Sónia em L.A?
Esperem para ver todo nos próximos capítulos!
Mais outra coisa, muito obrigado pelos comentários que tenho recebido, e um “Olá” especial ás novas leitoras!
É tudo por agora! :D
Voçês sabem que me adoram, e que eu vos adoro!
Xoxo Gossip Sónia

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Capitulo 70 - “Tenho tido uns sonhos muitooo estranhos!”

Olá Miúdas!
Desculpem a demora, mas eu tenho andado a fazer “pesquisas” para conseguir fazer uns capítulos ainda melhores!
Férias! Espero que tenham umas boas férias!
Sabem, agora tenho um livro chamado “Guia Oficial Ilustrado da Saga Twilight”! Já sabem que essa saga é a minha maior inspiração, e tenho de agradecer á Stephenie Meyer por me ter deixado este gosto por vampiros, lobisomens e pela leitura e escrita! Mas como estava a dizer, comprei o livro ontem e já devorei quase todo, explica tudo o que sempre quisemos saber sobre a saga, e bem… Aquilo tem me dado tantas ideias, quero começar a mostrar-vos as minhas ideias! :D
Agora aqui fica mais um capitulo…
Espero que gostem e comentem muito! :)

************************************************************
Zac acordara sobressaltado na clínica! Acabava de ter um sonho, estava com uma bela rapariga, morena, apenas uns centímetros mais baixa que ele, estavam ambos de mãos dadas, e andavam a passear por L.A. Até que o sol a bater na pele da rapariga, a faz brilhar como diamante! Olhou para os seus olhos, e estavam vermelhos, olhou para a sua boca e as suas presas estavam grandes, era vampira!
A verdade é que já não era a primeira vez que tinha este sonho! Desde á umas semanas que este era o único sonho que tinha, desde que tinha sido internado que esta miúda não lhe saia dos sonhos! A única coisa que não conseguia ver era o seu rosto!
-Porque não consigo perceber quem és? – Perguntava-se ele sentando-se e metendo as mãos na cabeça – Agora já não bastava sonhar com uma miúda que não me diz nada, que também sonho agora com vampiros? Oh por favor!
-Menino Zachary! Posso? – Era uma enfermeira.
-Claro!
-Aqui está o seu pequeno-almoço! – Disse colocando o tabuleiro no colo do rapaz – Então, como se sente hoje?
-Muito melhor… Só de pensar que irei para casa depois de amanhã fico logo 100% bom!
-Oh menino sabe que tem de ter cuidado nos próximos tempos!
-Sim, eu sei… - Dizia ele começando a comer.
-Ah, e o doutor Carlisle quer que você use as canadianas por uma semana!
-O quê? Pensava que já estava livre!
-Menino Efron, já deveria de saber que como partiu uma perna tinha de andar de canadianas!
-Eu odeio muletas!
-Pense que é apenas durante uma semana! Depois disso está livre como você quer! – Dizia ela enquanto revistava as maquinas perto dele.
-Enfermeira, os medicamentos que ando a tomar fazem ter alucinações nos sonhos?
-Ahaha menino Zachary! Claro que não! Que disparate é isso?
-É que… - Zac começou a falar mais baixinho – Tenho tido uns sonhos muitooo estranhos!
-Não quero saber desses sonhos que os rapazes da sua idade têm! Cale-se e coma! – A enfermeira começava a achar que ele iria falar de outro tipo de sonhos, e por isso decidiu acabar com a conversa. Mas ele não queria deixar aquilo assim:
-Espere… Não é nada disso que está a pensar! – Ela virou-se para ele – É que… Não diga que estou maluco, mas eu tenho sonhado com uma rapariga. Mas esta noite ela estava diferente…
-Já sabia que eram desses tipos de sonhos… Eu te…
-Não… Deixe-me acabar! – Ela assentiu com a cabeça e sentou-se ao lado dele – Como estava a dizer ela hoje estava diferente, ela hoje era… Vampira!
Um momento de silencio permaneceu entre eles, até que uma gargalhada da Enfermeira invadiu o quarto. Zac olhou-a seriamente:
-Estou louco não é?
-Não, claro que não! É normal sonhar com coisas sobrenaturais, já todos nós sonhamos um dia que tínhamos um namorado ou namorada vampiro! Vá… - Levantou-se e começou a caminhar para sair do quarto – Agora alimente-se, e lembre-se, não está louco… Apenas não existem vampiros!
************************
-ESTOU EM CASA! – Gritou Sónia ao abrir a porta da mansão dos Cullen e Montez.
-Não é preciso gritares… Nós ouvimos muitooo bem! – Dizia Emmett ao descer as escadas com Rosalie.
-Antes de tu abrires a porta já nós sabíamos que estavas a chegar! - Disse desta vez Rosalie cumprimentando-a com Emmett.
-Sónia! – Alice dizia com a sua doce voz enquanto a abraçava também – Tínhamos tantas saudades!
-Eu sei… Mas… - Tentou enganá-los com uma cara triste, mas olhou novamente para a família que estava já toda á sua frente e mostrou um grande sorriso - Agora estou aqui por um fim-de-semana inteiro!
-Que bom filha! Sempre é melhor do que nada!
-A mana? Já deveria de estar em casa…
-Não, ela e o Robert este fim-de-semana tiraram umas “férias” juntos, e vão passá-lo juntos!
-Algo que eu não queria permitir, mas tive de deixar pois ninguém se calava aqui em casa com o “Thomas és muito conservador”! E por isso tive de permitir uma coisa dessas! – Dizia agora o pai dela cruzando os braços.
Todos riram, incluindo Sónia que espreitou por cima do ombro de Alice e reparou em Jasper, muito distante dela como sempre:
-Olá Jasper! Já sou como vocês… Já não tens de temer pela minha vida! – Disse ela metendo as mãos no bolsos de trás das calças e sorrindo.
-Bom dia Sónia! Eu sei, mas prefiro manter as velhas rotinas! – Mostrou um pequeno sorriso – Mas é um prazer rever-te novamente!
-Igualmente Jas!
A porta atrás deles abriu-se e as atenções viraram-se para lá. Era Carlisle que chegava agora do seu turno da noite no hospital.
-Ah… Bom-dia Princesa Sónia! – Cumprimentou-a ele sorrindo e brincado com ela. – Estou a ver que decidiu regressar ao reinado por uns dias!
-Ah ah ah… Muito engraçado Carlisle! – Deram os típicos dois beijos e ficaram-se a olhar.
-O Zac vai ter alta segunda-feira!
-Que tenho eu a ver com isso? – Disse ela friamente. – Não tenho nada a ver com ele! Para mim morreu! Agora, com licença, vou colocar as minhas malas lá em cima e dar uma volta por aí! – Sónia subiu as escadas para o seu quarto.
-Não deverias ter dito aquilo Carlisle!
-Eu sei Esme… Mas ela precisava de saber!
No quarto
Sónia On
Eu posso continuar a fingir se quiser, mas isto vai acabar por ser descoberto de qualquer maneira! Posso continuar a ser fria em relação a ele, mas daqui a pouco tempo todos vão perceber o quanto sofro por dentro! Assim que abri a porta do meu quarto, uma foto do Zac estava á minha frente.
Mas porquê é que eu não te tirei da parede antes de ir para Londres?
Sónia Off
Num impulso de fúria, Sónia correr para a foto e tirou-a da parede, rasgando-a depois!
*********************************
No colégio todos estavam ao portão á espera da ordem para poderem sair para o fim-de-semana, até que Inês aparece histérica de mãos dadas com Robert.
-Hey Loirinha que se passa? – Perguntavam os amigos assim que a viram chegar com um grande sorriso.
-Adivinhem quem está cá em L.A?
-Os McFly?! – Perguntaram logo as raparigas.
-Não! – Respondeu Inês revirando os olhos – A Sónia!
-O quê?
-A nossa miúda?! – Perguntavam os amigos, com uma certa alegria no olhar e na voz.
-Yah! Parece que está este fim-de-semana por estes lados! – Olhou para Robert – Parece que temos de passar por minha casa antes de irmos!
-É na boa! Até porque também já tenho saudades dela!
-Podemos ir convosco?
-Por mim é na boa!
-Os teus pais e tios não se vão chatear?
-Bem, se tiverem cuidado para não haver sangue por lá espalhado é na boa! – Pensava ela – Na boa! Eles não se vão chatear com nada! Amam ter a casa cheia!
Robert riu ao perceber o que Inês queria dizer com aquilo, mas não disse nada.
-Vamos?!
-Claro!
O grupo seguiu para casa das manas Montez assim que o director deu a ordem de saída. Mal sabiam eles que iriam estar numa casa cheia de vampiros!
**************************
Sónia já tinha colocado as malas no quarto, e agora ia dar uma volta:
-Vou dar uma volta pela cidade… Volto daqui a pouco! – Disse pegando nas chaves, mas foi interrompida de sair pela velocidade da sua mãe. – Eu sei que deveria de ficar em casa… Mas, vá lá… Só uma volta por L.A, volto daqui a… Meia hora, uma hora! Ok?!
-Acabaste de chegar… Precisas de descansar, passar tempo com a família, vá deixa a tua volta para depois! – Pedia Isabella com o seu sorriso tipicamente doce de vampira.
-Mãe eu preciso de “provar” novamente estes cheiros que desde á uns meses sinto falta! Vá lá… - Abraçou-a – Temos a eternidade para estarmos juntos!
-Isso é chantagem da baixa! – Isabella afastou Sónia dos seus braços e riu. – Diverte-te!
-Obrigado mãe! – Desta vez foi mesmo para sair. Iria encontrar-se com Justin para irem fazer umas compras e dar uma volta, o que certamente iria adiar o encontro dela com os amigos!
*****************************
-Sónia! – Justin reparou na rapariga que se aproximava dele depois de sair de um autocarro. – Sempre a horas!
-Quando se tem por habito não ser atrasada, não há como negar um facto de queremos sempre estar a horas! – Abraçaram-se, e Justin olhou-a fixamente – Que foi?!
-Ficas diferente quando estás cá! – Sónia sorriu-lhe – Os teus olhos brilham ainda mais!
-Aww, não digas isso! Vá, onde queres ir?
-Não sei… Vamos dar uma volta pelos arredores! Gostava de ir a Venice Beach… E claro ao típico sinal de Hollywood! – Dizia enquanto entravam no carro que ele tinha alugado visto que dos dois era ele quem tinha a carta. – Basta me dizes onde fica, e eu conduzo!
-Ás tuas ordens!
**********************************
-Nunca tinha vindo até á vossa casa! – Dizia Selena á entrada da mansão dos Cullen.
-Diz antes que nunca ninguémcá veio! – Disse Kevin espreitando entre as grades que protegiam a casa dos invasores.
-Pois… - Inês estava a colocar o código no portão. Assim que o abriu os olhos dos amigos ficaram deslumbrados com a riqueza que havia depois das “muralhas” á sua volta! – Entrem! – Disse sem perceber como os amigos estavam espantados – Vá! Demoram muito? Sigam o Robert, ele sabe onde se metem os carros! Eu vou avisar a minha família de que trago visitas! – Inês começou a afastar-se por entre as árvores e os arbustos que haviam no jardim á volta da mansão, e rapidamente se deixou de ver.
-UAU! – Disseram eles depois de Inês já não se ver. – Têm a certeza que isto não é de um filme?
Robert não dizia nada, apenas entrou novamente no seu carro e seguiu para o estacionamento que a casa tinha ao lado. Os outros fizeram o mesmo, mas assim que estacionaram, Taylor ficou tenso.
-Que se passa? – Perguntou Selena agarrando no braço do namorado.
-Eu… Não posso entrar! Tenho de ir embora… Lembrei-me que tinha um recado para fazer ao meu pai! – Taylor parecia estar a arranjar uma desculpa.
-Mas nós vamos visitar a Sónia!
-Eu falo com ela depois! – Taylor enfiou-se o mais rapidamente no carro e saiu a alta velocidade. Parecia que estava a fugir de algo.
-Que namorado estranho arranjaste tu, Selly!
Robert poderia adivinhar o porquê daquilo ter acontecido, mas não disse nada, preferiu manter-se calado e esperar por provas para depois poder dizer aos Cullen o que ele achava.
-Vamos?! – Robert abriu a porta, e entrou com os amigos.
-Sejam bem-vindos! – Disseram Esme e Isabella com um sorriso cativante.
-A Sónia saiu… Mas a minha mãe diz que ela deve voltar dentro de uma hora ou isso assim! Querem esperar? – Perguntava Inês colocando o casaco nos cabides do hall.
-Sim… Se não estivermos a incomodar!
-Claro que não… Fiquem á vontade! – Disse Isabella que continuava ao lado de Esme.
-Nós vamos para a cozinha, se quiserem alguma coisa chamem! – Esme e Isabella saíram para a cozinha, não tinham nada para fazer lá, mas não poderiam dizer que tinham de ir caçar. Carlisle e Thomas tinham voltado para o hospital depois de uma simples visita para dar um beijo a Sónia, já Emmett, Alice, Jasper e Rosalie tinham ido caçar, voltariam mais tarde. Os visitantes não estavam assim tão em perigo, apenas tinham 4 vampiros dentro do mesmo espaço. Mas vampiros esses que não seriam capaz de matar um ser humano!
*****************************************************************************************

E então, gostaram?!
Que acham que vai acontecer a seguir?
Era Sónia encontrar os amigos, ou Justin irá impedir que isso aconteça?
Zac estará mesmo louco depois daqueles sonhos?
O que será que Robert descobriu sobre Taylor?
Fiquem atentos, tudo nos próximos capítulos!
Vocês sabem que me adoram e que vos adoro!
Xoxo Gossip Sónia

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Capitulo 69 – “Hey Shawty!”

Olá Olá! Desculpem só postar agora… Eu sei que “faltei” ao post de sexta-feira, mas bem o blogger não me tem ajudado em nada! :s Como já deu para perceber está tudo completamente desordenado! DESCULPEM! Mas vou deixar-me de conversas, e passar ao que importa… Aqui fica o capitulo! Espero que gostem! *************Capitulo 69 – “Hey Shawty!”*****************
-Meninas sabem o que tem de fazer… Uma coreografia com alguns saltos, algumas acrobacias… O básico das Cheerleards – Dizia a treinadora da claque. – Só uma de vocês será apurada! Espero que não desanimem, porque se é disto que realmente gostam devem de voltar a tentar, talvez numa outra altura! – Fez uma pausa e olhou á sua volta, praticamente todas as raparigas estavam ansiosas para mostrarem o que valiam, apenas Sónia não estava a tomar grande atenção! – E afinal esta é uma das melhores escolas de arte do mundo! Comparada com muitas escolas de New York e de Los Angeles… - Sónia assim que ouviu o nome da sua cidade sentiu o coração acelerar – Esta é uma das melhores! Por favor façam-me ficar ainda mais orgulhosa de vos treinar! No final da treinadora falar bateram palmas, e a música começou a ouvir-se. -Vamos lá… 1, 2… 1, 2… Agora para aqui, não não… Era para a esquerda… Argh que nervos! – Pensava Sónia enquanto tentava recordar os paços que tinha treinado na semana anterior. -Aquela ali parece não perceber muito disto! Espera… É a tua amiga não é Sílvia?! – Perguntava uma das raparigas da claque. -Sim… Mas ela é bue boa, que se passa agora? Todas as raparigas, menos Sónia, estavam a dar um show.
Sónia On

Mas o que é que estás a fazer? Deverias de estar concentrada! Ok… Se elas conseguem, eu também consigo! Basta só “visualizar” na minha mente, e depois transmitir para o meu corpo! Oh Bolas… Não é assim! Vamos lá… Tenho de conseguir safar-me, de certeza que não irei entrar mas, fogo, é apenas dançar e não é assim muito complicado! E até sou boa a Física! Ok, uma última tentativa! Como é que era mesmo aquela cena que eu, a Inês e a Ash fazíamos?! Ah sim… Deixa cá ver! Esquerda, salto, direita! Yah, é isso! Vamos lá mostrar quem somos Sónia Montez!

Sónia Off
-Ah agora sim, aquela é a minha miúda! – Dizia Sílvia toda feliz batendo palmas ao salto que Sónia acabara de fazer!
***********************************
-Hey meu! Tudo?! – Cumprimentavam uns rapazes ao chegarem perto de Paulo. -Yah… - Paulo estava concentrado nas raparigas que estavam a fazer a audição. -Quem é aquela?! Nunca tinha reparado nela! -É uma amiga minha… Chama-se Sónia! E é bueee gira! -Mano, tens de me apresentar mais amigas tuas! – Diziam a rir. -Só mais um salto e de certeza que já passas-te! Agora vê lá se não te partes quando colocares os pés no chão! Dizia Justin baixinho fazendo figas para que a audição de Sónia corre-se bem.
**************L.A**************
-Ah que belo filme que nos arranjaste para ver Kev! -Era mesmo bom! – Diziam enquanto saiam do quarto dos Jonas. -Temos de fazer isto mais vezes. – Kevin olhou para o corredor que dividia os quartos e reparou em Alex e o grupinho dele. -Olha olha… Os futuros falhados todos juntos! – Disse Alex batendo palmas e passando por eles. -Quanto mais alto se sobe, maior é a queda! Disse Joe querendo partir para cima dele. -Hey, calma aí Jonas! Guarda mas é bem a tua Lovato… - Aproximou-se de Demi e fez-lhe uma festa na face, mas ela afastou-se – Ou então até sem ela ficas! -Seu… -Meninos está tudo bem?! – Perguntava o segurança que andava a fazer a ronda – Já passa muito da hora do recolher! -Nós sabemos senhor guarda… Mas tivemos a ver um filme e perdemos a noção do tempo! – Desculpava-se Ash sorrindo. -Ok, desta vez passa! Vão lá então! -Pettyfer mal espero pela hora de te ver perder esse teu sorriso de palhaço! – Dizia Joe enquanto se despedia de Demi e entrava com os irmãos no quarto. -Vanessa! – Alex tinha algo em mente quando a chamou depois de apenas ela estar á porta do seu quarto. Vanessa vira-se rapidamente para ele, e sorri – Estás muito bonita esta noite! -O… Obrigada! – Mexeu no cabelo – Mas eu estou como sempre, até mais cansada do que o habitual! Até amanhã! – Disse entrando no quarto e fechado a porta. -Eras uma boa “arma” para nós! – Pensava Alex enquanto ia para o seu quarto.
**************Londres***************
A audição tinha acabado, na segunda-feira seguinte os resultados iriam sair, e agora já quase ninguém se encontrava na escola. -Foste fantástica! -Já passaste! – Diziam Sílvia e Justin enquanto caminhavam para casa delas. -Não digam isso… Viram bem a minha figurinha no inicio? Que horror! – Sónia procurava algo na sua mochila, parecia quase desesperada – Não acredito! -Que foi? O que perdeste agora? -O meu Iphone! – Respondeu parecendo desesperada quando “saiu” de dentro da mala. Os outros olharam-na com ar de gozo. – Que foi? Era novo! -Claro, mais um para a colecção dos “Perdidos da Sónia Montez!” Sabes quantos Iphones, Blackberry’s e sei lá mais o quê é que já perdeste desde que aqui estás? – Sílvia falava com ela com as mãos na cintura – Fazendo as contas, se perdes um todas as semanas já deves ter perdido uns mil! -Hey não exageres! Não sou assim tão distraída! – Sónia olhou para o lado – Pronto, ok… Talvez até me esteja a tornar numa cabeça no ar! Mas não vamos exagerar… Não perdi mil aparelhos electrónicos! -Claro que não… Mas uns 50 ou mais já devem ter ir! -Lá isso é verdade! – Acrescentou Justin – Lembraste na semana passada? Quando andávamos a correr de manhã? Lembraste de quando chegaste a casa não saberes do teu Iphone novo? -JUSTIN BIEBER?! Era suposto estares do meu lado não contra mim! Lembraste do que usaste esta manhã? -O teu chuveiro! -Pois, isso mesmo! E sabes o que nunca mais irás usar por não me teres defendido? – Perguntava ela tentando usar o seu olhar ameaçador! -Não irei usar mais? Ah sim, não irei usar mais esta camisa! Faz-me parecer um estúpido, e faz bueee calor! Dizia ele gozando, enquanto Sílvia ria. -Olhem nem vale a pena! – Sónia começou a andar novamente. -Hey espera aí Miss Cabeça No Ar!
********************************
O tempo passou, e Sónia iria ter o voo para L.A dentro de uma hora. As malas estavam feitas, e tudo pronto para ela voltar. Menos ela, claro! -Ainda te apanhei em casa! – Dizia Daniela ao entrar em casa e vê-la a olhar-se ao espelho – Que se passa? Vais perder o voo! -E não seria esse o melhor remédio? -Se não querias ir para que é que compraste o bilhete? – Perguntava Daniela enquanto colocava as chaves na mesinha da entrada. -Porque… - Sónia suspirou – Ok! Acho melhor ir! -Eu levo-te lá! Pelo caminho nenhuma falou, Daniela sabia que era melhor não interromper os pensamentos agitados de Sónia, e por isso deixou-se estar caladinha enquanto conduzia. Quando lá chegaram, Sónia foi tratar das coisas que faltavam enquanto que Daniela trazia as malas, e assim se foi passado: -Está na hora! Vê o que fazes miúda! – Dizia Daniela abraçando-a. -Já pareces a minha mãe! Fogo Danni, acalma-te! -Tens razão, mas é que temos andado tão próximas que já quase penso que és minha filha ou irmã mais nova! – Dizia Daniela a rir. -Vá… Vou andando! – Sónia pegou nas malas – Toma tu conta de ti, e vê se tratas bem dos teus colegas bons das filmagens! -Ahaha um dia irei levar-te lá para os conheceres! -Ok, mas para isso preciso de ver a minha família para depois voltar em grande! -E… Não vais ver mais ninguém? -Não! – Sónia afastou-se dela – Eu não quero ver mais ninguém, e isto será apenas uma viagem de dois dias, ou seja não quero desperdiçar o meu tempo! Vou lá vejo a minha família estou com eles, e depois volto! Só isso! -Uma viagem fantasma queres tu dizer, não é? – Sónia não disse nada, limitou-se a começar a ir para o local de embarque – Porque não fazes uma visita ao colégio! Tenho a certeza que eles iriam amar ver-te! Ou então… -Não! Não irei ver os meus amigos, muito menos o Zac! Não quero ter mais nada a ver com eles! Agora adeus! – Sónia cada vez estava mais fria, a sua mascara estava a ficar mais pessoal, e parece que agora não era apenas um disfarce para esconder quem ela era, parece que agora aquela era mesmo a nova Sónia. Quando já estava sentada, sentiu o cheiro de alguém conhecido! -Não acredito! – Virou-se para trás e – Justin Drew Bieber! Há quanto tempo! – Dizia ela ironicamente. -Hey Shawty! Justin deu-lhe um beijo ao que Sónia lhe respondeu com um encontrão. -Nós não andamos! Não tens o direito de me beijar! -Desculpa… Foi mais forte do que eu! Estava a pensar que… -Justin faz-me um favor! -Todos os que quiseres! -Para a próxima não penses! – Disse ela fingindo um sorriso.
**************L.A*************
Inês estava a dormir quando foi subitamente “puxada” para a mente de alguém! Como seria de esperar, era a irmã, claro! -Fogo! – Pensava ela… - Que fazes tu dentro de um avião? -Vou para L.A! Não digas nada a ninguém! Chego quando for de manhã! E levo um passageiro comigo! Como já deves ter reparado claro! – Inês como estava a “viver” no corpo e mente de Sónia naquele instante, conseguiu ver Justin. Estava com os fones nos ouvidos e fazia de conta que o assento da frente era a sua bateria. – É o Justin Bieber! É famoso aqui! -E aqui também já o começa a ser! Há miudinhas no colégio que são loucas por ele! – Respondeu Inês revirando os olhos ao relembrar as miúdas mais novinhas quando ouviam músicas do Justin. – Então, é teu namorado? -Não… Achas? -Poderia ser… Se até vem contigo a L.A, pensava que o querias apresentar aos pais! -Não, eu não quero nada com rapazes nos próximos tempos! Ainda ando meio traumatizada! -Já sabes das últimas, não sabes? Aquilo do Zac não se recordar de ti… -Nem continues! Eu apenas te “liguei” mentalmente porque queria ter a certeza se ainda estávamos ligadas por algo! -Parece que sim… -Agora vou dormir… Ver se este gajo aqui ao lado não me chateia mais! Até amanhã! Sónia estava prestes a “desligar” o “telefonema mental” quando: -Eu sei que não falámos de nada depois daquela nossa noite, mas… Está no tempo certo do meu pedido de desculpas! -Eu sei que estás arrependida, não te esqueças que apesar de tudo continuamos ligadas! -Eu sei, mas porque é que nunca mais falaste connosco? A Ash tem andado diferente, o Joe nem se fala, e bem a Miley, nem sabes ela tem “desprezado” completamente a Vanessa! Todos eles, quer dizer tos NÓS precisamos de estar contigo! Aquelas palavras da irmã já lhe faziam falta á muito tempo, mas ela não queria mesmo dar parte fraca, tinha de cumprir o que prometeu a ela própria, iria ser apenas uma viagem fantasma, passava os dois dias com a família, falava-lhes na carta que tinha recebido de Volterra, e pronto… Assim se passava o fim-de-semana! Mas agora com aquelas palavras de Inês, ela sentia-se insegura, como se algo a tivesse a puxar para o lado “errado da estrada”, como se algo lhe estivesse a dizer que deveria MESMO de ir ver os amigos e de ir, visitar Zac. Abanou a cabeça, como se quisesse expulsar Inês e tirar aqueles pensamentos da sua mente: -Pronto… Já percebi! Vou continuar a dormir… Espero bem que penses no que vais fazer! – Disse Inês acabando por sair-lhe da mente. Sónia olhou pela janela, o céu escuro da noite era a única coisa que se via: -Estás bem? – Perguntou Justin colocando uma mão num ombro dela, e tirando os fones dos ouvidos. -Sim… - Virou-se para ele e mostrou-lhe um sorriso tímido – Acho que vou ficar melhor quando pisar novamente terra! -Ok! Sabes que eu me preocupo muito contigo, apesar de não me ligares nenhuma! – Justin voltou a recostar-se no banco e olhou para o tecto do avião sorrindo enquanto fechava os olhos. Parece que naquele momento um click fez-se e ela percebeu que não andava a agir decentemente com aquele belo rapaz que estava a seu lado, e que provavelmente deixara tudo para a acompanhar naquela viagem! Sentia-se como uma estúpida, por nunca lhe ter dado o devido valor, mas a verdade é que tinha muito tempo para o mostrar, e até poderia começar agora: -Justin, que estás a ouvir? – Decidiu ela dizer enquanto lhe tirava um fone e metia-o no seu ouvido. -Ham, nada, nada… Apenas uma… -És tu a cantar! – Interrompeu-o ela. -Bem, sim! É uma das minhas músicas! – Percebeu que ela estava a gostar, e a começar a apanhar a letra. – Gostas? -Yah, é boa! Foste tu que escreveste a letra? -Sim! Não tinha nada para fazer, e pronto… Veio-me isso á ideia! - Your world is my world And my fight is your fight My breath is your breath And your heart and now I've got – Cantava Sónia abanando o corpo ao som da música. Justin riu, mas limitou-se a contemplar a silhueta da bela rapariga á sua frente. O tempo foi passando, e com umas horinhas de sono e outras de diversão lá se passou a viagem! Aterraram no aeroporto LAX, e por isso estavam “legalmente” em L.A naquele momento! Justin assim que saiu do avião colocou os seus óculos de sol roxos, e fez o típico gesto ao cabelo. Já Sónia nem um sorriso mostrou. -De volta á minha cidade dos sonhos, onde vou viver um pesadelo sempre que aqui aparecer! – Pensava quando uma brisa leve lhe passou pelos cabelos e o seu cheiro amoroso e doce foi parar a Justin. -Novo perfume? – Perguntou-lhe virando-se para trás. -Não, apenas novo amaciador! – Respondeu-lhe tentando sorrir. -Vá, vamos lá! – Justin deu-lhe a mão ajudando-a a descer as escadas do avião, mostrando ser muito cavalheiro. Depois abraçou-a e assim entraram no aeroporto! Sónia iria voltar á sua cidade, e iria reencontrar os seus velhos amigos. Algo ali, naquela cidade, estava destinado a acontecer na vida de Sónia, não só na dela mas de todos os amigos e conhecidos, e para já esse destino poderia estar agora a fazer-se ouvir mais alto e por isso Sónia sentia que tinha de fazer aquela viagem!
*****************Continua...********************

E então? Gostaram? Quero comentários, sim? Como sempre, claro! Obrigado por comentarem, e espero que gostem, apenas dou o meu melhor e meto a minha criatividade em jogo! :) E então que acham que iria acontecer durante este fim-de-semana em L.A? Será que o destino decidiu dar uma segunda oportunidade a Sónia e á sua vida deixada em L.A? Parece que as manas Montez voltaram a ter a “ligação privada” delas! E apesar disto tudo, irá Sónia conseguir entrar na claque? Esperem para ver nos próximos capítulos! ;)

Vocês sabem que me adoram e que eu VOS AMO! XoXo Gossip Sónia