segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Capitulo 60 (Especial, Parte 2) – “-Não me toques… Neste momento tenho NOJO de vocês os dois! NOJO!”

Olá, Boa Noite! Tudo bem?
Bem, como já devem ter percebido já há um novo visual no blog, mas como dá para perceber, é apenas um visual “não oficial”, visto que estou a fazer o outro. Mas se acharem este giro, fica este! Vocês é que sabem! E já têm música no blog, vai mudar um pouco conforme está o “ambiente” na fic!
Agora fiquem com a última parte do capitulo especial!
***********************************
Sónia mantinha os olhos fechados á espera que num golpe de força pura Inês a mata-se! Pensou em tudo em apenas segundos, Zac foi a única imagem que lhe veio á cabeça, o sorriso do homem que amava, os olhos azuis dele, eram as únicas coisas que conseguia ver naquele momento. Apenas segundos tinham passado, quando sentiu o gelo sair-lhe na sua cabeça, gelo esse que eram as mãos de Inês… Estaria ela salva? Ou Inês apenas espera o momento certo para o golpe final?
*********************************
-Aqui estás! Entregue menina Vanessa! – Disse Zac ao parar o carro á entrada da casa dos Hudgens e sorrir para Van. Mas ela esperava mais daquela noite, não se queria ficar só por um sorriso.
-Então, e não queres entrar?
Perguntou ela aproximando-se mais dele.
-Oh V, não estiques demasiado a corda! – Zac empurrava Vanessa levemente para longe dele. –
Vá, vai dormir, porque amanhã é o nosso último dia de férias! – Zac destrancou as portas, e esperou que Vanessa saísse.
E foi o que esta fez, mas antes de fechar a porta:
-Vá, só mais um copo! O meu pai tem ali umas bebidas… Humm… - Tentava ela convencer o rapaz.
Zac olhou para o relógio, e depois para Vanessa:
-Ok… Mas só um! – Disse por fim desistindo e tirando o cinto.
Vanessa correu a abrir a porta, e certificou-se de que os pais e a irmã não estavam:

-Boa ainda não voltaram da casa dos avós! – Pensava ela feliz. Ao ver Zac aproximar-se acendeu as luzes – Faça o favor de entrar! – Disse rindo e fazendo uma vénia a Zac.
-Oh girl deixa-te dessas tretas! Vá, só um copo! – Zac entrou e estranhou tudo estar calmo, já não eram horas de andarem a pé mas sabia que a irmã de Vanessa dormia sempre com uma luz acesa, mas a verdade é que apenas a divisão onde eles estavam tinha luz. – Estás sozinha em casa?
-Boa, ele quer outra coisa… Tenho a certeza! Se não, não faria esta pergunta!
– Era o que Vanessa pensava enquanto tirava o casaco e mandava para cima do sofá. – Sim, estou sozinha! Os meus pais e a minha irmã foram passar estas férias com os meus avós, e ainda não voltaram! – Vanessa virou-se de novo para ele, que já se tinha sentado num sofá atrás dela e tirava o seu casaco. – Então e que queres beber?
Perguntou finalmente.
-Bem, não sei… Algo bom, e não muito forte visto que ainda tenho de voltar para casa antes de amanhecer!
-Ok! Vou ver o que arranjo!
– Vanessa antes de ir para a cozinha decidiu colocar música ambiente, para Zac descontrair mais. Assim seria mais fácil ele deixar-se levar. Agora sim poderia ir buscar as bebidas.
Enquanto Vanessa estava na cozinha, Zac tirava a gravata e desapertava a camisa para se sentir mais á vontade. Não tinha segundas intenções, apenas se queria sentir confortável na companhia da amiga.
-Aqui estão elas! – Dizia Vanessa com dois copos nas mãos a balançá-los e a sorrir para Zac. Entregou-lhe o seu copo, e sentou-se ao lado dele. – Então que achas-te da festa?
-Bem…
- Zac tomava um gole da sua bebida, e parecia ser algo não muito forte – A Sónia deu show! Quer dizer, todas deram show! Vocês estavam completamente doidas! – Zac ria ao relembrar da cena.
Não conhecia uma Sónia tão solta… Tão…
-Selvagem!
– Ajudou Vanessa no vocabulário dele.
-Sim, isso…
Vanessa aproveitou o olhar para tentar seduzir Zac.
Ele olhou-a, mas desviou rapidamente o olhar.
-Que estás a fazer Vanessa? Pára de olhar assim para mim! – Disse ele colocando o seu copo na mesinha com um telefone e mais umas coisas que estava ao lado do sofá.
-Desculpa! – Vanessa não resistiu e sentou-se ao colo de Zac. – Mas não consigo resistir! – Vanessa não esperou mais, para ela aquele era o momento certo, sem dúvida!
Beijou Zac.
***********************************
-Desculpa, tenho sido uma parva ultimamente! Inês dissera isto e começara a correr para sair dali. Robert olhava Sónia no chão ainda de olhos fechados, não acreditava no que se tinha passado! Inês por momentos não a matou! Robert baixou-se e aconchegou-a nos seus braços gélidos de vampiro… Sónia tremia por todos os lados, mas abraçou-o fortemente!
-Eu não tive culpa Rob! A sério que não tive!
-Eu sei miúda… A Inês apenas tem ciúmes, mas daqui a pouco tudo está bem!
– Robert olhou para Sónia, e ela continuava ensanguentada. – Vamos, eu levo-te a casa!
-Não, vai procurar a Inês!
-Nem penses, eu levo-te primeiro, e depois vou então procurar a Inês!
Sónia sorriu um pouco,
e Robert fez o mesmo:
-Vamos! – Disse ele ao levantar-se e dar a mão a Sónia ao ajudá-la a levantar-se. Assim que começaram a andar Robert colocou um braço ao redor do corpo de Sónia, para ter a certeza que ela se mantinha ao seu lado.
E assim foram caminhando pelo bosque em direcção á mansão da família de Sónia.
Inês já estava no seu quarto, bateu com as portas por onde tinha passado, e fechou o seu quarto á chave, queria ficar sozinha!

*************No outro dia de Manhã***************
Ashley estava agora a acordar com alguém a fazer-lhe festas no cabelo e no rosto. Sorriu, e abriu lentamente os olhos. Olhou para o seu lado e Scott sorriu também.
-Bom dia Ashley… Chamo-me Scott Speer, muito prazer! – Disse ele fazendo-a rir.
-Oh God… - Ash colocou as mãos na cabeça, pois sentia uma grande dor – Bebi de mais, não foi?
-Sim… Mas ainda bem que isso aconteceu!
-Porque?
-Porque acabei de conhecer a melhor miúda de todos os tempos!
– Ambos sorriram, mas ela lembrou-se que tinha algo planeado para aquela manhã! Apressou-se a olhar para o seu relógio que permanecia no seu pulso, e deu um pequeno grito, que teve logo de calar visto não aguentar aquelas dores horríveis de cabeça.
-Passa-se alguma coisa?
-Bem…
- Ash começou a puxar um lençol e enrolou-se nele – Tecnicamente tenho um “encontro” com a minha melhor amiga, que já se deve estar a passar… Visto que combinámos encontrarmo-nos no Starbucks ás 10 horas e já são praticamente 11! – Ash começou a andar em direcção ao que ela pensava ser a casa de banho, mas foi parar a um roupeiro. Olhou para Scott:
-Porta á direita na sala! – Disse ele continuando na cama a rir.
-Obrigado!

********************************
Desesperadamente, Sónia olhava para o relógio pela milésima vez daquele dia, passavam exactamente 45 minutos da hora combinada… E nem sinal da Tisdale.
Bebeu o seu último gole de café e mordiscou metade do seu pequeno-almoço.
-Desculpe… Se faz favor! – Chamou Sónia educadamente o empregado.
-Diga menina!

-Poderia fazer a conta?
-Claro… Volto já!
Enquanto o empregado foi fazer a conta, Sónia olhava para a janela. L.A parecia estar calma hoje!
-Ou muito me engano ou este dia ainda vá mudar radicalmente! – Pensava, quando foi interrompida. – Oh, obrigado! – Sónia pagou e saiu do café. Olhou á sua volta, e não via Ash. Tentou ligar para cada uma das suas amigas enquanto seguia caminho.
Mas nada…
-Experimenta ir a casa da Van! Ela pode ter dormido lá, visto que estava com uma bebedeira que nem se aguentava de pé! – Disse uma das amigas delas.
-Ok… Obrigado! – Sónia desligou e foi então para casa de Vanessa.

***********************
Inês já estava no ginásio privado que havia na mansão! Teria de descarregar aquelas más energias…
Enquanto pedalava um pouco recordava o que se tinha passado na madrugada anterior…

***************FlashBack*************
-Se eu sou actriz, pensa antes no que tu és! – Ripostou Sónia num momento inesperado. Inês olhou-a finalmente nos olhos, e com um toque de raiva dentro de si, levantou-se rapidamente e começou a andar apressadamente na direcção de Sónia.
-Miúda que vais fazer?! – Gritou Robert ao agarrar em Inês já mesmo quando esta última tinha acabado de dar um estalo na irmã.
Sónia permaneceu com o rosto virado para o lado que Inês lhe tinha mandado com o estalo! Um silêncio inoportuno era o que estava no ar entre aqueles três. Robert agarrava Inês, que quando se apercebeu do que tinha feito levou as mãos á cabeça. Foi quando um choro se começou a ouvir. Sónia não se aguentava mais, desistiu de se mostrar forte, desistiu de ser a “actriz” que Inês dissera que ela era, deixou-se cair no chão sem forças á frente dos outros dois. As suas mãos estavam completamente cheias de sangue, visto que os curativos tinham saído! Inês apressou-se a baixar-se e levantou a face de Sónia para si. Tinha a marca perfeita da sua mão na cara de Sónia, e os arranhões das suas unhas também lá estavam. Sónia estava marcada, não só no coração, mas também no corpo! Robert não queria intervir, mas por momentos, poderia jurar, que pensava que Inês quereria matar Sónia, pela força que Inês exerceu nas suas mãos tanto no estalo como na força de faze-la olhar para si, sabia que Inês queria matar a irmã.
-Sim MÁTA-ME! Faz o que queres… Faz isso visto que é o teu desejo desde sempre! MÁTA-ME! – Dizia Sónia olhando Inês nos olhos, ambas tinham os olhos de outras cores, como sempre acontecia quando algo estava diferente nelas! Inês tinha os olhos de um verde intenso, já Sónia tinha os olhos praticamente laranja! – Se eu sou uma fraca, e a qualquer ataque dos nossos inimigos posso morrer, para quê estares a deixar-me viver? Para quê estares a dar-me oportunidade? Sou uma fraca Inês, sou uma Fraca! E por isso mereço que me mates, visto que te faço sofrer tanto enquanto estou viva! MÁTA-ME DO QUE ESTÁS Á ESPERA! – Disse Sónia mostrando os últimos momentos de energia que ainda lhe restava. Inês abriu mais as mãos e colocou-as á volta do pescoço de Sónia, iria sem dúvida matá-la! Robert não disse nada, assistia a tudo muito incrédulo!
Sónia fechou os olhos e disse, o que ela pensava serem as suas últimas palavras:
-Amo-te Zac, e… Adoro-te Ash e Mana!
************Fim de FlashBack*************
-Como pude eu fazer uma coisa destas? Ela é minha irmã acima de tudo! – Pensava. Levantou-se e foi até ao saco de box que na maioria das vezes era usado por Emmett, começou a descarregar lá toda a sua energia!
********************************
A campainha da casa dos Hudgens tocava:
-Espero que já não estejam a dormir! – Pensava Sónia. Repentinamente abriram a porta. Era Vanessa, apenas em roupa interior – Upss… Parece que vim cedo de mais!
-Sónia?!
– Vanessa parecia estar em estado de choque. Afinal tinha Zac no seu sofá apenas em boxers.
-Sim, eu mesma… A Ash não está por aqui?
-Humm… Bem…
- Ouviu-se alguém a espreguiçar-se. – Não, não está! – Tentou Vanessa abafar o som. Sónia era vampira, conseguia ouvir melhor do que os simples humanos.
-Há, ok… Já percebi!
Sónia sorriu para uma das suas melhores amigas – Estás acompanhada!
-Sim… Mas, não é nada de mais!
-Pois, pois… Vê-se pelo que tens vestido! Deve ter sido uma grande…
-Vanessa diz-me que não aconteceu o que eu peço que aconteceu!
– Pedia Zac ao aparecer atrás de Vanessa sem reparar em Sónia.
-Noite! – Concluiu Sónia a sua frase. Estava completamente perplexa! O sorriso doce que tinha na sua face de anjo desapareceu – Zac?
Sónia olhava seriamente para ambos, não estava a acreditar no que os seus olhos viam. O seu namorado e uma das suas melhores amigas tinham dormido juntos!
****************************
Ash ainda vinha a secar o cabelo com a toalha e já Scott estava arranjado. Ash sorriu e foi até ele, estendendo-lhe uma mão:
-Ashley Tisdale! – Disse sorrindo.

Scott apertou-lhe a mão, cedendo aquela brincadeira.
-Scott Speer… - Ambos agora sorriam
-Então… Scott podes levar-me até ao Starbucks?
-Sim, claro! Mas primeiro… Quero isto!
– Ele beijou-a – Sei que só nos conhecemos á umas horas, mas eu gostei muito de estar contigo!
-Oh… Não digas isso… Fazes-me ficar envergonhada!
-Assim é que ficas fofa! Vá, vamos!
***************************
-Como foram capazes de me fazer uma coisa destas? COMO?
-Sónia, não é nada do que…

-Do que estou a pensar?! Eu sei essa frase de cor e salteada! Quem me dera que isso agora, neste momento, fosse verdade!
– Sónia começava a ficar desesperada, não sabia bem no que pensar… Afinal estaria ela sozinha no mundo?
-Amor… Princesa…
-
Zac tentava aproximar-se Sónia, tentava tocar-lhe.
-Não me toques… Neste momento tenho NOJO de vocês os dois! NOJO! – Gritava Sónia.
-Sónia, desculpa… Desculpa! – Dizia Vanessa tentando aproximar-se como Zac.
-Tu também não me toques… - Zac e Van olhavam-na completamente arrependidos, Sónia abanou a cabeça – Nunca mais me dirijam a palavra! Esqueçam que eu existo para vocês! – Disse ela saindo a correr.
-SÓNIA! – Ainda gritou Zac ao correr até ao portão da casa de Vanessa, mas não via mais a rapariga que até á bem pouco tempo era a sua miúda.
Deu um soco no portão e começou a chorar. – Era para isto que ontem me querias dar um copo, não era?
-Não Zac… Aconteceu! Eu ainda te amo! E isto tudo aconteceu sem intenção!
-Pois, bem… Se querias ter sexo com o teu ex, pois parabéns acabaste de o conseguir! Mas vais ter dois bónus…
- Zac entrou e começou a vestir-se – Primeiro, acabaste de perder uma das tuas melhores amigas… - Pegou na chave do carro e enquanto entrava – Segundo, acabaste de perder um amigo! Fui!
Disse saindo a alta velocidade tentando encontrar Sónia.
************************************
E então? Gostaram? Coitada da Sónia, tem passado por muito…
E agora que acham que vai acontecer?
Algo muitooo mau se vai passar com o Zac, não digo mais nada! :p
Vou deixar-vos aqui um excerto de um dos próximos capítulos:
“Foram questões de segundos! Tudo aconteceu em segundos… Uma buzina soou bastante alto, e quando retomou o olhar á estrada, já estava a ir para debaixo de um camião. Sangue, e pedaços de metal e de vidros começaram a voar por todo o lado. O carro ficara desfeito…”
Ai ai, e agora? Que se irá passar?
Espero que estejam a gostar! Nos próximos capítulos, muita coisa se irá passar!
Bem, falando de outras coisas, ontem foi a noite dos Óscares, a minha noite favorita e mais esperada de todo o ano! E AMEI! A Anne (Uma das personagens desta Fic) estava linda, e até apresenta bem! Já para não falar do lindo James Franco! :p Fiz figas, e a minha grande aposta foi comprida, a Natalie “Linda” Portman foi a vencedora na categoria de Melhor Actriz! Yeah!!! Fiquei tão feliz, que chorei com ela! Mas não gostei do Discurso do Rei ter ganho o Óscar para melhor filme, deveria ter sido o Black Swan, não acham?
Um dia serei eu a estar lá, a fazer o meu discurso já treinado e feito desde á muitos anos atrás, e depois os meus fãs choraram comigo nesse dia! É O MEU SONHO!
Bem, vou deixar-me de conversas, para me irem deixar muitos e lindos comentários!
Ok?
Acho que é só!
Voçês sabem que me adoram e que vos adoro
XoXo Gossip Sónia

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Capítulo 60 (Especial, Parte 1) - "Sim MÁTA-ME! Faz o que queres… Faz isso visto que é o teu desejo desde sempre!"

Olá Leituras Mais Fixes do Mundo! :)
Ok… Acho que posso dizer que tou feliz!
Bem… Ontem, sim, ontem visto que já passa da Meia-Noite, foi Dia Dos Namorados, e tive uma grande inspiração… O que deu neste especial! Ok… Têm duas partes, e aqui está a primeira! :D
Eu sei que já deveria ter mudado o visual do blog, como disse no capitulo anterior, mas em principio já estará mudado quando postar a segunda parte!
Bem, este capitulo vai ser um pouco… Triste, será a palavra certa? Principalmente para a personagem principal! :S
Mas acho que vão gostar deste especial! :P
Aqui está ele…
***************************************************
Inês On
Por favor, não me vão dizer que ela está mesmo a chorar! Olhei novamente para Sónia que tentava a todo o custo esconder as lágrimas que escorriam pelo seu rosto… Apeteceu-me ir abraçá-la, acreditam?! Mas não posso… Não posso fazer isso, afinal ela roubou-me TUDO!
-Deixa de ser actriz e volta para a vida real! – Disse eu finalmente. – É claro que foste tu, claro que a culpa é tua!
-Mas que mal te fiz eu? Foi uma coisa assim tão grave?
-Simplesmente nascestes!
– Mostrei-me chateada, mas por dentro sentia-me estranha.
Como se um pedaço do meu coração estivesse a cair!
Inês Off
Sónia On
O quê? Ela disse que… Ela… Não pode ser! Ela odeia-me mesmo! Senti-me como se milhares de facas me estivessem a espetar!
Sónia Off
-Se eu sou actriz, pensa antes no que tu és! – Ripostou Sónia num momento inesperado. Inês olhou-a finalmente nos olhos, e com um toque de raiva dentro de si, levantou-se rapidamente e começou a andar apressadamente na direcção de Sónia.
-Miúda que vais fazer?!
Gritou Robert ao agarrar em Inês já mesmo quando esta última tinha acabado de dar um estalo na irmã.
Sónia permaneceu com o rosto virado para o lado que Inês lhe tinha mandado com o estalo!
Um silencio inoportuno era o que estava no ar entre aqueles três. Robert agarrava Inês, que quando se apercebeu do que tinha feito levou as mãos á cabeça. Foi quando um choro se começou a ouvir. Sónia não se aguentava mais, desistiu de se mostrar forte, desistiu de ser a “actriz” que Inês dissera que ela era, deixou-se cair no chão sem forças á frente dos outros dois. As suas mãos estavam completamente cheias de sangue, visto que os curativos tinham saído! Inês apressou-se a baixar-se e levantou a face de Sónia para si. Tinha a marca perfeita da sua mão na cara de Sónia, e os arranhões das suas unhas também lá estavam. Sónia estava marcada, não só no coração, mas também no corpo! Robert não queria intervir, mas por momentos, poderia jurar, que pensava que Inês quereria matar Sónia, pela força que Inês exerceu nas suas mãos tanto no estalo como na força de faze-la olhar para si, sabia que Inês queria matar a irmã.
-Sim MÁTA-ME! Faz o que queres… Faz isso visto que é o teu desejo desde sempre! MÁTA-ME! – Dizia Sónia olhando Inês nos olhos, ambas tinham os olhos de outras cores, como sempre acontecia quando algo estava diferente nelas! Inês tinha os olhos de um verde intenso, já Sónia tinha os olhos praticamente laranja! – Se eu sou uma fraca, e a qualquer ataque dos nossos inimigos posso morrer, para quê estares a deixar-me viver? Para quê estares a dar-me oportunidade? Sou uma fraca Inês, sou uma Fraca! E por isso mereço que me mates, visto que te faço sofrer tanto enquanto estou viva! MÁTA-ME DO QUE ESTÁS Á ESPERA!
Disse Sónia mostrando os últimos momentos de energia que ainda lhe restava.
Inês abriu mais as mãos e colocou-as á volta do pescoço de Sónia, iria sem dúvida matá-la! Robert não disse nada,
assistia a tudo muito incrédulo!
Sónia fechou os olhos e disse, o que ela pensava serem as suas últimas palavras:

-Amo-te Zac, e… Adoro-te Ash e Mana!

*********************************
Isabella sentia-se muito estranha:
-Não me estou a sentir nada bem!
Todos os que estavam na mansão rodearam a mãe das manas:
-São elas…
Alice estava a ter uma visão!
-Jasper! – Chamou Alice
Um papel, rápido! – Jasper entregou-lhe uma folha e uma caneta. Alice desenhou algo e no final Carlisle e Thomas viram-no com atenção.
-Oh não!
-Que se passa? São elas? É a Sónia e a Inês?
Isabella levantou-se e tirou a folha das mãos do marido – Não acredito!
Alice tinha tido a visão de Inês a matar Sónia! Mas como sempre as suas visões só dão apenas sugestões, tudo pode mudar, até mesmo o que acontece nas suas visões!

**********************************
Inês tinha mudado a cor dos seus olhos que agora estavam vermelhos, a sua cabeça estava a pensar mais do que o coração! O coração lutava contra a sua mente, e dizia-lhe para não matar a sua irmã, a miúda que sempre a adorara, e que adorava acima de tudo! Mas a sua mente dizia para a matar, para tirar a vida á única pessoa que a impedira de viver a sua vida e de viver num “reino” á sua maneira! Teria de escolher ela entre o coração e a cabeça!
****************************
-Alguém quer boleia? – Perguntava Zac, um dos que permanecia sempre nas festas até ser quase de manhã!
-Já?
Perguntou Vanessa, que estava habituada a curtir sempre também até á última.
-Sim V, já é muito tarde, amanhã tenho de ir apanhar umas ondas e será o nosso último dia de férias!
-Ya pois é… Amanhã já é Domingo!
– Vanessa dizia isto aproximando-se de Zac, já tinha bebido isso é verdade, mas mais uma vez mostrava que ainda sentia algo pelo seu ex-namorado! – Bem, acho que vou aceitar a tua boleia! Disse sorrindo, enquanto passava uma mão sobre o peito de Zac.
-Ok… Vem ter ao carro! – Zac não tinha percebido a “indirecta” de Van, ou então fizera para não perceber!

-Não passa de hoje Zac! Não passa de hoje que ficas de novo meu! – Dizia Vanessa enquanto pegava nas suas coisas – Sou muito amiga da Sónia, mas preciso de sentir o Zac de novo! – Dizia ela bebendo uma última bebida e mandando o copo para o chão, acabando por se partir!
Depois saiu em direcção ao carro de Zac, que já a esperava com uma certa pressa.
************************************************
E então? Que me têm a dizer? Gostaram? Sim, ou não? Digam tudo no comentário…
E agora que acham que se vai passar a seguir?
-Vanessa e Zac irão mesmo dormir juntos?
-E Inês irá matar Sónia?
-Ash e Scott? Onde andam os meninos?
Depois deste especial, será o regresso ás aulas, ou seja a Sónia irá para Londres e as outras personagens irão voltar todas!
Gostava que me dessem uma ajuda, tipo têm de dizer dois actores, uma mulher e um homem, para fazer de pais das manas Montez! Pode ser? Não se podem esquecer que eles serão vampiros, e que têm de ser mais ao menos da idade do Carlisle e da Esme!
Querem saber uma novidade?
Então, para além de novo visual… Vão existir novos personagens! Irão aparecer mais em Londres, mas pronto irá tudo mudar um pouco! Mas acho que vão gostar…
Não se esqueçam… Querem deixar-me feliz? E querem saber o que se passa a seguir? É tão fácil! Basta carregares ali em baixo, e deixares um comentário! :D
Obrigado por leres…
Kiss, Love & Peace
Voçês sabem que me adoram e que eu vos adoro!
XoXo Gossip Girl
By: Sónissima

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Capitulo 59

Olá… Boa Noite!!! Tudo bem? Espero que sim… Queria avisar que se entrarem aqui, e o blog estiver um pouco… “Estranho”… Bem, não se preocupei! Sou eu que vou tentar mudar o visual, e mais umas coisas… Tanto neste como no meu blog do sapo!
Agora sobre o capitulo, hoje vai ter muitaaaaa emoção! Acreditem! Depois quando lerem digam lá se eu não tinha razão!
Agora vou deixar-me de conversas e aqui fica o capitulo!

********************************

E assim começa um novo ano!
-Sónia… Podemos ter uma conversa? – Daniela puxou Sónia para um canto – Diz-me que não te drogaste, nem bebeste!
-Han? Eu? Ahahah Não…
-
Daniela fez ar de “Não sabes mentir” – Bem, bebi um pouco… Mas nada de mais!
-E bebeste… Bem tu sabes do que falo!
-Sim… Antes de sair de casa!
-BOA SONIA MONTEZ! BOA!
– Daniela parecia irritada. – Vai-te despedir…
-Porque?

-Porque? Ainda perguntas? Olha bem para as misturas que fizeste… - Daniela olhou em volta, Scott não estava lá, nem Ash! Reparou que Inês estava a dançar com os amigos, também não se tinha de preocupar com ela. Pegou no casaco – Já podemos ir?
-Claro…



*************************
Já passava das 3 da manhã, a festa continuava, ou dizendo melhor, estava quase a acabar:
-Inês, podes chegar aqui uns minutinhos?
-Claro Zac!
Afastaram-se do grupo de amigos:
-A tua irmã?
-Pensava que ela estava contigo!
-Não… A ultima vez que a vi foi quando me foi desejar bom ano novo, depois a Daniela foi falar com ela, e agora não sei!
-Hum… Bem a Daniela toma conta dela!
– Disse Inês não se mostrando nada preocupada, e foi de novo aproveitar os últimos minutos de festa.
***********************
Sónia estava de novo a ter mais uma crise das dela! Quem a manda misturar coisas que não deve? Estava no quarto, sozinha, e tinha tudo o que precisava para sentir o que queria! Começou por mandar tudo ao chão, e aí começou logo a chorar, não aguentava aquilo de novo! Os olhos voltavam a estar vermelhos, e os caninos afiadíssimos! Olhou em volta para o quarto quase destruído, e conseguiu ver o que desejava! Algo cortante! Correu até lá, mas tropeçou e acabou por cair… Para além de estar a ter uma crise de Vampira Recem-Criada, estava bêbada, o que não ajudava em nada! Rastejou até á tesoura que viu á pouco, e levou-a até aos pulsos…
*****************************
-Que estás a fazer? – Perguntava Inês ao ver a imagem de Sónia prestes a cortar-se! – Não o faças de novo!
-O que?
– Robert parava de dançar e ficou a olhar para ela.
-Nada… Nada! – Inês tentou a ligação mental delas, á muito que não o faziam… Estavam muito distantes ultimamente, praticamente já não se “conheciam”. - Fuck! – Inês tentou de novo, mas não conseguiu! Tudo por causa da relação que antes era forte, e agora já nem por isso!
*****************************
Sónia escorria sangue dos dois pulsos, e sorria! Aquilo sim, a fazia feliz! Passados uns 10 minutos, apercebeu-se finalmente do que fizera, de novo:
-OMG… Não pode ter acontecido de novo! Andava tão bem! – Sónia foi até á cama, deitou-se e pegou no Iphone, a imagem do ecrã era dela com os amigos na praia, antes de tudo começar a correr mal! – Porque eu? Porque? – Sónia percorreu a lista de contactos, e sem perceber parou no P… Prince Charming! Não hesitou, e pressionou o “Chamar”.
***********************
O Iphone de Zac tocou, e ele apressou-se a atender.
-Sónia? Amor… - Ouviu-a a chorar – Que se passa? Onde estás? Estou preocupado!
-Picture perfect memories,
Scattered all around the floor.
Reaching for the phone 'cause
I can't fight it anymore.
And I wonder if I ever cross your mind
For me it happens all the time.
Disse Sónia a cantar. Zac correu para a rua, enquanto Sónia cantava de novo:
-It's a quarter after one,
I'm all alone and I need you now.
Said I wouldn't call
but I lost all control and I need you now.
And I don't know how I can do without,
I just need you now.
– Enquanto cantava chorava, ao tentar limpar as lágrimas passou uma mão pela face, e deixou sangue a escorrer-lhe.
-Another shot of whisky,
can't stop looking at the door.
Wishing you'd come sweeping
in the way you did before.
And I wonder if I ever cross your mind.
For me it happens all the time.
– Começou Zac a cantar, enquanto se aproximava de um banco onde eles costumavam namorar nos intervalos e nos tempos livres.Ela sorriu ao ouvi-lo - It's a quarter after one,
I'm a little drunk,
And I need you now.
Said I wouldn't call
but I lost all control and I need you now.
And I don't know how I can do without,
I just need you now.
Ambos sorriram, ao reparar que juntos, sim juntos, é que ambos estavam bem!
-Yes, I'd rather hurt than feel nothing at all. – Agora cantavam em sintonia, enquanto Sónia se levantava e encaminhava-se até ao espelho.





Quando se olhou não queria acreditar, tinha-se transformado na Sónia sem coração de á uns tempos atrás! Começou a chorar de novo:
-It's a quarter after one,
I'm all alone and I need you now.
And I said I wouldn't call
but I'm a little drunk and I need you now.
And I don't know how I can do without,
I just need you now,
I just need you now.
Oh, baby I need you now.
(A música que eles cataram é esta) Zac olhou para a estrela mais brilhante que havia no céu, enquanto Sónia fazia o mesmo.Ambos poderiam jurar que se viam um ao outro na estrela.
-Queres que eu vá ter contigo? – Perguntou Zac finalmente.
-Não… - Sónia chorava já menos – Apenas precisava de te ouvir…
-Já ouviste! Precisas de mais alguma coisa?
– Zac estava tão apaixonado, sorria que nem um tolo, e nem sabia como se deveria de sentar tal eram os nervos de apenas estar ao telemóvel com ela.
-Não… Acho que só de saber que precisas de mim, já me ajudaste! Já me deste tudo o que precisava!
-Então… Ok! Vou desligar e ir para casa!
-Sim, claro!
-Então… Beijos… Amo-te!
– Disse ele.
-Eu amo-te muito mais! Disse ela a rir – Beijos!
E Zac desligou… Sónia encostou-se á janela, e ficou a pensar em tudo! Como poderiam eles estar assim tão apaixonados? Sempre se odiaram, desde sempre… E de um ano para o outro, tudo tinha mudado! Sónia sorriu, e percebeu que agora era a relação com a irmã que não estava nada bem! Mas quando se está apaixonada não se pensa em mais nada… Voltou a deitar-se,
e nem quis saber dos pulsos que continuavam a escorrer sangue, deixou-se dormir uns minutinhos depois!
Ás 4 da manhã, uma hora depois de Sónia se deixar dormir
(Nota: Os vampiros não dormem, apenas Sónia e Inês dormem, visto que apesar de serem vampiras continuam com os mesmos hábitos dos humanos, são vampiras especiais!), alguém abriu a porta da mansão apressadamente:
-A Sónia?

-Olá menina Inês!
– Diziam os pais.
-Olá… A minha irmã? Não me ouviram?
-Está no quarto!
-Sozinha?
-Claro… Ela não tem medo!
– Gozou Emmett!
Inês correu para o quarto, seguida por todos os que estavam na sala:
-Viram? Era isto que eu temia! – Disse ao abrir a porta, e ver Sónia completamente encharcada em sangue, e com o quarto praticamente destruído!
-Oh… Filha?! – Os pais das manas Montez, correram a acordá-la.
-Han? Que se passa? – Perguntava ela ensonada.
-Estás bem? Que te passou pela cabeça? – Sónia levantou-se rapidamente e lembrou-se de tudo, tinha uma terrível dor de cabeça.
-Oh, boa! Eu bebi de mais…
-Bebeste? Mas és uma criancinha ou és o que?
– Gritava Thomas, o pai.
-Calma… Só bebi uma garrafa, mais nada!
-Como se para fazer estes estranhas uma garrafa não chega-se! Misturas-te com o sangue, e deu nisto!
– Desta vez era a Isabella, a mãe.
-Mãe, desculpa… Não foi por… - Foi quando ela levantou as mãos que os cortes foram descobertos.
-Não pode! – Diziam os Cullen sem acreditarem no que viam.
-Pensávamos que o sangue era daquele que bebemos!
-Voltaste a cortar-te! Tu és doida!
-Peço desculpa… Sei que não devia!
-A culpa foi minha!
– Disse Inês levantando uma mão e aparecendo de trás dos irmãos Cullen. – Eu poderia ter impedido que isto acontece-se, se não me tivesse só importado comigo e não tivesse ficado na festa durante tanto tempo! A culpa é minha… Mas não aguentava nem mais um minuto se ela continuasse sempre, e sempre, a interromper a minha vida, e que no fim fosse sempre ela a especial, que fosse sempre ela o centro das atenções! – Thomas não aguentou e deu um estalo em Inês!
-Ah! – Disseram todos de espanto.
-Porque me bateu pai? Porque?
Dizia Inês já praticamente a chorar. – Eu não merecia isto!
-Pois não! Não merecias a irmã que tens! Ela merece, e tem de ser a Princesa, ela foi a escolhida! Não tu! E tens de perceber isso… Tu não és tão valiosa quanto ela!
– Inês chorava ao ouvir aquelas palavras. Sónia mantinha a cabeça baixa, não se queria meter na conversa. Estava sentada com a mãe na cama,
enquanto Daniela lhe fazia um curativo nos pulsos.
Inês olhou furiosa para Sónia:

-ESTÁS FELIZ? ISTO TUDO PORQUE TU NASCESTE! TUDO ISTO PORQUE ME ROUBASTE TUDO O QUE EU TINHA, E O QUE IRIA TER SE NÃO NASCESSES! – Inês saiu do quarto de Sónia, e ouviu-se a porta da entrada a bater.
-MANA! – Gritou Sónia, saltou pela janela e tentou perceber onde Inês estaria.
-Sónia, não vás! Ela precisa de tempo! – Diziam os outros do quarto de Sónia. Mas ela nem ligou, correu a procurar a irmã.
-Desta vez não podemos culpar a Sónia! A Inês tem toda a culpa de ter acontecido o que aconteceu! – Disse Carlisle, enquanto pegava num fio que estava no chão – Deve de ser de uma delas.

Isabella pegou no fio, e sorriu:
-Era o fio que elas têm desde crianças! A Sónia tem metade, e esta era a metade da Inês! – Isabella mostrou-se muito triste – Elas não podem estar assim tão distantes!


***************************

Inês tinha ido a correr para a clareira, onde normalmente ia com a irmã, nenhum humano normal já tinha ido lá, era o cantinho especial para os Vampiros! Inês estava chorar, chorava de dor, de raiva, de tudo… Até que foi abraçada.
-SÓNIA DESAPARECE! Vai para Londres, para sempre!
-Sou eu!
– Era Robert.
-Rob! – Inês virou-se e abraçou-o com todas as forças. – A culpa foi minha!
-Shiuuu…
- Robert sentou-se e sentou Inês ao seu lado, ela aninhou-se nos seus braços, e ele beijou-lhe a testa.
A culpa não é de nenhuma de vós! Apenas têm de perceber o ponto de vista uma da outra!
-Oh Deus, o meu fio? – Perguntava ela aflita, ao perceber que o fio não estava no seu pescoço.
-Que fio?
-O nosso!
– Ela referia-se ao fio de “manas” que ambas tinham.
-Deves ter deixado em casa!
-Robert diz que gostas de mim! Por favor!
Pediu ela olhando-o nos olhos.
-Amo-te! Disse ele dando-lhe um doce beijo.

Sónia via tudo a uns metros de distancia, também estava a chorar, não percebia o que tinha mudado! Queria voltar a ser ela a abraçar a irmã, e não o Robert! Queria que fosse a irmã a tratar dela, não a Daniela e os outros! Queria sorrir com a irmã, queria brincar a voltar a ter Inês de volta!

-Inês… - Ganhou finalmente coragem para falar, mas as palavras pareciam presas na sua boca – Podemos falar?! – Tentou mostrar-se um pouco normal, apesar de estar a chorar.
-Não temos mais nada que falar! Vai para o teu castelo e reina em paz! – Disse Inês continuando sem se mexer!
-Por favor Inês! Lembra-te de tudo o que passámos juntas, lembra-te de toda a nossa vida juntas!
Inês finalmente virou-se para trás, e Sónia não esperava por isso não teve tempo de limpar as lágrimas que escorriam dos seus olhos,
que agora estavam azuis.
Aquela imagem de Sónia, tocou no coração de Inês:
-Fogo, diz-me apenas o que te fiz! Diz-me o porque de estarmos assim, diz-me porque eu não percebo! Quando fui para Londres tudo estava bem, agora isto?! – Sónia aproximou-se mais
Que fiz? Fui eu? Se fui, desculpa… Mas diz-me alguma coisa!

*****************************************************

E então? Eu tinha ou não razão? Foi ou não foi um capitulo cheio de emoção? E não fim, ficaram com curiosidade? Bem, eu sei que este não foi dos melhores capitulos, e que preferem coisas mais romanticas, e assim… Mas esta semana não deu mesmo! Com as consultas de fisioterapia chego a casa muito muito tarde, e quase nunca tenho tempo de vir para aqui! Sonya, my girl, desculpa lá, mas eu vou tentar mandar “aquilo” o mais depressa possivel, amanhã se conseguir! Pode ser?
Bem, tirando esse aparte, espero que tenham gostado!

Sobre a Fic:
-Que acham que vai agora acontecer?
-Será que Inês vai mudar? Ou vai fazer mais alguma coisa á irmã?
-Ash e Scott? Desapareceram depois do beijo, que será que se passou?
-Gostaram da parte da Sónia e do Zac ao telemóvel?
-Sei que algumas pessoas, bem quase todas, as que lêem a minha fic são Team Zanessa, mas espero que gostem do parzinho principal!

Acho que as perguntas são só estas, por hoje! :)
Eu peço muitas desculpas por os outros personagens não aparecem muito neste últimos capítulos, mas daqui a mais um ou dois vão voltar a aparecer, visto que as férias acabam e começa as aulas de novo! Muita coisa depois vai mudar!
Como já disse ando a trabalhar nos visuais dos meus blogs, e isso ainda me rouba mais tempo, mas depois espero que fique bom e que gostem! :D Gosto muito, muito, mutio dos vossos comentarios, e um grande OBRIGADO por comentarem!
Bem, acho que é tudo por agora!

Beijos Love & Peace
Vocês sabem que me adoram e que eu vos adoro!
XoXo Gossip Sónia