terça-feira, 7 de outubro de 2008

Digam se gostam...

Fiz esta música se gostarem digam! Ok?
O titulo é: Posso-te fazer uma pergunta?

Parece que esta é nossa outra vez;
Porque não desses-te que ias partir?
Só queria saber com antecedência,
Para aproveitar todos os últimos momentos contigo.

Tinha-mos tanta coisa para fazer,
Momentos para partilhar; amigos a conhecer
Sonhos em conjunto para realizar.
Mas parece que agora só me lembro de um sonho para realizar;
Esse sonho é que tu não VÁS!

(Refrão)
Tinha milhares de perguntas para te fazer,
Mas não posso gastar os últimos momentos assim,
Só te vou fazer esta pergunta:
Porque me vais abandonar?
Se quiseres não respondas,
Mas nunca te esqueças de mim;
Porque eu “talvez” nunca te esqueça!

Sempre fomos os melhores amigos;
Ás vezes até pensavam noutras coisas a nosso respeito,
Defendias-me quando precisava,
Outras vezes até te metias em alhadas.
Mas quando precisava sabia que podia contar contigo.

E agora com quem vou contar?
Mais uma pergunta que não vai ter resposta
Sei que tenho outros amigos, mas não nenhum
Como tu…
Ainda não foste e já tenho saudades tuas.

(Refrão)
Tinha milhares de perguntas para te fazer,
Mas não posso gastar os últimos momentos assim,
Só te vou fazer esta pergunta:
Porque me vais abandonar?
Se quiseres não respondas,
Mas nunca te esqueças de mim;
Porque eu “talvez” nunca te esqueça!

Sei que apenas vais mudar de escola,
Quer dizer de cidade; Mas isso não vai interferir na nossa amizade…
Pois não? Apenas responde, nem que seja a uma única pergunta.

Agora o mundo para mim vai acabar
Sem ti do meu lado
Ninguém me pode ajudar,
Agora deves ser tu que me queres perguntar:
Porque não te despediste? Porque apenas me mandas esta canção?
Desculpa, e agora sou eu que digo;
Desculpa mas, não sei responder.

(Refrão)
Tinha milhares de perguntas para te fazer,
Mas não posso gastar os últimos momentos assim,
Só te vou fazer esta pergunta:
Porque me vais abandonar?
Se quiseres não respondas,
Mas nunca te esqueças de mim;
Porque eu “talvez” nunca te esqueça!



Tinha milhares de perguntas para te fazer,
Mas não posso gastar os últimos momentos assim,
Só te vou fazer esta pergunta:
Porque me vais abandonar?
Se quiseres não respondas,
Mas nunca te esqueças de mim;
Porque eu nunca, mas mesmo nunca te vou esquecer!

Sem comentários: